• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como aprender interpretação de texto para o Enem?

Você provavelmente já percebeu que errou uma ou mais questões bobinhas em provas porque não entendeu bem o que o enunciado pedia. Ou, ainda, não prestou atenção no que estava escrito ali e já foi logo respondendo, né não?

Isso acontece muito, migues, e, pra evitar que você diga depois “socooorro, como eu errei isso?”, é fundamental aprender interpretação de texto para o Enem e usar algumas dicas de como identificar exatamente o que a questão pede. 

Quando você investe em interpretação de texto, tem muito mais chances de levar um notão na prova de Linguagens do Enem e não corre o risco de ficar pistola porque perdeu nota de bobeira!

Se liga nas dicas que os professores do Descomplica separaram pra que você arrase no Enem e mande muito na interpretação!

Como melhorar suas habilidades de interpretação de texto

Existem algumas dicas que ajudam o aluno a mandar bem na interpretação de texto e não se confundir com enunciados. Lembre-se de que, quando a prova do Enem é elaborada, as questões têm um objetivo claro, que sempre está destacado no texto.

Falta de atenção ou pressa para fazer a prova podem fazer com que, muitas vezes, você perca um termo importante ou não preste atenção ao verbo de comando, que mostra o que precisa ser feito.

Então, se liga nesses macetes pra melhorar suas habilidades de interpretação de texto!

Dica 1 – Identifique o verbo de comando

O enunciado da questão tem palavras mais restritivas ou genéricas?

Essa é a primeira análise que você precisa fazer assim que ler a pergunta. Depois, é fundamental identificar o verbo de comando, que é aquele indicativo do que você precisa fazer.

Uma recomendação é achar o verbo de comando e marcá-lo. O que o exercício está pedindo? A partir dessa compreensão, você tem mais clareza e segurança pra responder o exercício.

Dica 2 – Selecione as palavras mais significativas

Muitos alunos erram questões porque nem entenderam o que estavam lendo e o que a banca queria de fato. Aprenda a ler o que a banca quer que você faça e, pra isso, é essencial ter calma. 

A recomendação é pegar a caneta e grifar, sublinhar e destacar o que a banca deseja. Marque as palavras mais significativas pra te orientar no momento de responder a questão. 

Dica 3 – Faça uma leitura seletiva

Não basta ler; é preciso entender o que a questão espera de você. Selecionados os termos importantes e o verbo de comando, releia a pergunta para entender de fato o que ela pede.

Analisar, responder, compreender, destacar… Quais são verbos importantes no enunciado? É preciso identificá-los para que não haja erros de interpretação.

Dica 4 – Reconheça o que está sendo cobrado

O que a banca quer precisa estar bem nítido na sua cabeça. Então, depois que você ler o enunciado, anotar as palavras-chaves e o principal verbo de comando, é hora de compreender de fato o que a pergunta quer.

As questões do Enem têm cinco opções de resposta. Geralmente, você elimina logo de cara uma ou duas, ficando em dúvida entre três ou duas. 

Pra entender a resposta certa, é fundamental encontrar uma palavrinha mais restritiva ou genérica presente no texto

Repare se não há advérbios no enunciado, como principalmente, majoritariamente ou algo do tipo. Às vezes, o texto mostra uma opção que até faz sentido, mas não está totalmente de acordo com o que foi pedido no texto, então é importante identificar esses pontos pra chegar à resposta ideal, sacou? 

Dica 5 – Vá além da interpretação só de texto

As perguntas do Enem não trazem só texto, como você sabe. Há, também, tabelas, gráficos, charges, fotos, etc. Então, é preciso saber quais ingredientes você deve ter para analisar um texto verbal e um não verbal.

O verbal tem palavras, mas o outro traz símbolos e imagens que também precisam ser interpretados. A prova do Enem não tem só poema, contos ou fragmentos de textos jornalísticos, então é preciso ir além na hora de estudar.

Uma dica, aqui, é olhar as provas anteriores do Enem e identificar as habilidades que precisam ser desenvolvidas pra interpretar esse tipo de conteúdo sem texto. 

Resolver uns exercícios desse tipo aqui no Descomplica pode te ajudar nesse treino!

Dica 6 – Identifique as vozes do texto

Quando você lê um texto, a pergunta que precisa ser feita é: quem fala? O narrador é um eu lírico, cronista, voz de dentro ou de fora?

Analise verbos e pronomes para identificar a voz que fala no texto. Com essa análise, você também pode interpretar os textos do Enem com maior facilidade.

O Descomplica é seu parceiro nos estudos para o Enem, lembra? Então, pra não te deixar na mão, temos provas anteriores do exame pra você treinar, além das aulas de preparação para o Enem. Dá uma olhada em tudo o que temos e aproveite pra arrebentar na prova!