Compartilhe essa profissão nas suas redes sociais

Facebook

Twitter

WhatsApp

Copiar link

Guia de Carreiras

Quer saber tudo sobre aquela profissão que você está de olho ou até mesmo descobrir qual carreira é sua cara? Bora lá!

Todas as profissões

Administração de Empresas - 4 anos de formação

Administração de Empresas

4 anos de formação

Em alta

Análise e Desenvolvimento de Sistemas - 3 anos de formação

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

3 anos de formação

Em alta

Ciência da Computação - 4 anos de formação

Ciência da Computação

4 anos de formação

Em alta

Ciências Contábeis - 4 anos de formação

Ciências Contábeis

4 anos de formação

Em alta

Direito - 5 anos de formação

Direito

5 anos de formação

Em alta

Educação Física - 4 anos de formação

Educação Física

4 anos de formação

Em alta

Enfermagem - 4 anos de formação

Enfermagem

4 anos de formação

Em alta

Engenharia Civil - 5 anos de formação

Engenharia Civil

5 anos de formação

Em alta

Engenharia da Computação - 5 anos de formação

Engenharia da Computação

5 anos de formação

Em alta

Fisioterapia - 5 anos de formação

Fisioterapia

5 anos de formação

Em alta

Gestão Comercial - 4 anos de formação

Gestão Comercial

4 anos de formação

Em alta

Jogos Digitais - 2 anos de formação

Jogos Digitais

2 anos de formação

Em alta

Logística - 4 anos de formação

Logística

4 anos de formação

Em alta

Medicina - 6 anos de formação

Medicina

6 anos de formação

Em alta

Nutrição - 4 anos de formação

Nutrição

4 anos de formação

Em alta

Pedagogia - 4 anos de formação

Pedagogia

4 anos de formação

Em alta

Propaganda e Marketing - 4 anos de formação

Propaganda e Marketing

4 anos de formação

Em alta

Psicologia - 5 anos de formação

Psicologia

5 anos de formação

Em alta

Recursos Humanos - 4 anos de formação

Recursos Humanos

4 anos de formação

Em alta

Sistema da Informação - 5 anos de formação

Sistema da Informação

5 anos de formação

Em alta

As 5 profissões mais procuradas

Aqui você encontra as profissões mais procuradas do Guia de Carreiras do Descomplica.

Administração de Empresas - 4 anos de formação

Administração de Empresas

4 anos de formação

Análise e Desenvolvimento de Sistemas - 3 anos de formação

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

3 anos de formação

Ciência da Computação - 4 anos de formação

Ciência da Computação

4 anos de formação

Jogos Digitais - 2 anos de formação

Jogos Digitais

2 anos de formação

Direito - 5 anos de formação

Direito

5 anos de formação

Saiba como escolher uma profissão com o Guia de Carreiras

A gente sabe que a escolha da profissão pode ser um grande desafio na vida de muitas pessoas e, pensando nisso, criamos o Guia de Carreiras para facilitar o processo. Ele mostra, de forma objetiva, os tópicos mais importantes de cada profissão para você escolher a sua. Chegou a hora de colocar a mão na massa do seu futuro!

Estudante da Descomplica

Sentiu falta de alguma profissão?

Conta pra gente! Em breve ela pode aparecer por aqui :)

Dúvidas frequentes

Se você tem dúvidas sobre como se preparar para o mercado de trabalho, é importante saber que é preciso investir constantemente em capacitação e qualificação. Essas são as palavras-chaves neste processo, especialmente diante de novos desafios trazidos com a pandemia.

Outras ações que podem te ajudar a se preparar para esta nova realidade no mercado de trabalho são:

1. Invista em uma graduação

Cursar uma faculdade é parte fundamental do processo de entrada no mercado de trabalho. É a partir dali que você começa a adquirir conhecimentos gerais em relação à área em que deseja atuar. A faculdade é o ponto de partida para uma boa preparação para o mercado de trabalho.

2. Faça cursos de atualização

Esse tipo de curso é ideal para um profissional se preparar melhor para o mercado de trabalho. Neles, você aprimora seus conhecimentos em temas recentes e fica por dentro das novidades da sua área.

3. Aposte no desenvolvimento de sua experiência

Além dos cursos, que enriquecem o seu currículo, é importante desenvolver sua experiência, já que muitas vagas exigem candidatos que já tenham um nível de familiaridade em determinados assuntos.

Se você ainda não trabalha, mas quer começar a desenvolver sua experiência, busque as ferramentas que são mais utilizadas em seu futuro ambiente de trabalho e estude-as até entendê-las e adquirir conhecimento suficiente a respeito delas.

4. Aprenda um novo idioma

Este é um grande diferencial para quem deseja estar bem preparado para o mercado de trabalho.

5. Faça uma pós-graduação

O curso de pós-graduação prepara o profissional em termos de carreira, networking e experiência. Atualmente, há diversos cursos de pós-graduação disponíveis, incluindo os online, que ajudam a preparar melhor a sua carreira.

No momento de escolher uma graduação, é importante considerar diversos aspectos, incluindo o salário. Afinal de contas, o lado financeiro tem grande impacto na vida das pessoas, não é mesmo?

Se você deseja saber qual profissão ganha mais dinheiro no Brasil, vale a pena saber que a Medicina é uma área altamente valorizada. Além dela, Engenharia tem salários expressivos no início de carreira, em diferentes áreas de atuação.

O mercado de TI também segue promissor, com salários altos para profissionais que consigam se diferenciar e ocupar cargos gerenciais.

As profissões que pagam mais no Brasil são Medicina, Engenharia, Direito, Administração/ Finanças, Tecnologia da Informação e Marketing/ Vendas.

É claro que o salário do profissional depende muito dele também, dos cursos de especialização que ele fizer, de sua capacidade técnica e emocional, além de complementos como pós-graduação, por exemplo.

Quando chegam ao Ensino Médio, a maioria dos estudantes tem dúvidas sobre qual é a melhor profissão a seguir. Isso é totalmente normal, já que se trata de um momento decisivo para a carreira.

Neste momento de escolher qual carreira seguir, é importante manter a calma e seguir algumas dicas de especialistas para fazer uma boa escolha e não decidir sob pressão.

A primeira dica para saber como escolher uma profissão é apostar no autoconhecimento. Esta é uma prática voltada para o conhecimento de si mesmo, entendendo seus pontos fortes e fracos. Quando você se conhece melhor, sabe o que funcionaria para você e quais são as carreiras que não combinam com o seu perfil.

Vale, ainda, pedir ajuda a pessoas próximas para que elas digam o que mais chama atenção em sua personalidade para saber como saber qual carreira seguir.

Feito isso, pesquise sobre o mercado de trabalho e veja a situação das áreas com as quais você se identifica. Quais são os cursos disponíveis? Como é a grade curricular deles? Quais são as diferenças entre eles?

O teste vocacional pode ser interessante caso você esteja com muita dúvida sobre qual profissão escolher. Ele vai te ajudar a descobrir suas habilidades e áreas com as quais tem mais afinidade.

Qual profissão mais combina com você? Esta é uma pergunta que muitos estudantes não sabem responder e, por isso, é importante conhecer algumas dicas sobre como descobrir minha profissão.

Há um passo a passo interessante para quem precisa saber como escolher sua carreira. Olha só:

1. Entenda quem é você

O primeiro passo para saber qual carreira profissional seguir é saber quem você é. Qual é seu objetivo de vida? Como você se enxerga daqui a alguns anos? Sua carreira precisa combinar com a sua personalidade e seus interesses. Coloque tudo no papel.

2. Identifique seus gostos e interesses

O que te deixa feliz no dia a dia? Você gosta de sair ou mais de ficar em casa? Gosta de qual tipo de comida? Pratica esportes? Parece bobo, mas isso também pode ser útil para ajudar a descobrir qual carreira seguir.

3. Mapeie suas habilidades

O que você faz de melhor pode ser um grande indicativo de qual carreira seguir. Preste atenção em como você se comporta, por exemplo, em um trabalho em equipe: você gosta de liderar o grupo e dividir as tarefas? Gosta de ajudar um colega a executar suas atividades?

Amigos e familiares podem te ajudar a descobrir isso e, a partir dessa descoberta, você faz uma lista com opções de carreira.

4. Faça um teste vocacional

Tá na dúvida sobre qual carreira profissional seguir? Algumas faculdades oferecem orientação vocacional gratuitamente. Você também pode procurar por clínicas de psicologia especializadas neste tipo de orientação.

5. Pesquise o mercado de trabalho

Como está a situação da profissão que você pretende seguir? O mercado está aquecido ou saturado? Vale a pena conhecer o cenário antes de decidir qual carreira seguir.

Embora não exista uma fórmula para descobrir qual profissão escolher, seguir essas dicas pode ajudar a tomar a melhor decisão!

Pode acontecer de, depois de anos trabalhando na mesma profissão, você não se sinta mais interessado naquela carreira ou descubra uma antiga paixão que pode virar carreira. Se você quer saber como mudar de profissão, queremos dizer que você não está sozinho!

Quer saber o que é uma transição de carreira? Esse movimento, feito por cada vez mais profissionais, é a mudança de uma carreira por diversos motivos, que podem ir desde a busca por melhores salários e condições de vida até a busca por novas oportunidades e desafios.

Para mudar de carreira, é essencial fazer alguns movimentos, que incluem:

  • Curso de extensão ou pós-graduação, que pode ser online ou presencial;
  • Domínio do inglês ou outro idioma que seja importante para a nova área;
  • Investimento na parte técnica com certificações ou treinamentos;
  • Networking com gestores da área;
  • Persistência para não desistir no início da nova carreira.

Vale, ainda, conversar com recrutadores para entender quais são os melhores movimentos para mudar de carreira. Às vezes, é melhor dar um passo para trás para avançar novamente. Em alguns casos, atuar como autônomo também pode ser o melhor caminho!

Cursar uma graduação é um passo importante na vida de qualquer pessoa. Por isso mesmo, é fundamental saber como escolher a faculdade certa para você, tanto no que diz respeito ao curso quanto à instituição em si.

Quem gosta, por exemplo, de Matemática e Física, pode optar por cursos da área de Exatas, como Engenharia Civil, Estatística e Ciência da Computação. Quem prefere Linguagens e é mais de Humanas, pode escolher Jornalismo, Direito, Psicologia ou Administração. Há, também, a área de Ciências Biológicas, que tem tudo a ver com Química e Biologia e abrange cursos como Medicina ou Enfermagem.

No momento de saber como escolher a faculdade, vale a pena considerar alguns pontos:

  • Oportunidades em termos de empregabilidade e renda que cada curso oferece;
  • Seus gostos e habilidades pessoais.

Feito isso, é hora de escolher a instituição em que você cursará o Ensino Superior. Os cursos do tipo bacharelado costumam ter duração mais longa (entre 4 e 6 anos) e dão ao aluno uma formação mais generalista, ao passo que os cursos tecnológicos são mais breves, com duração de dois a três anos. Licenciaturas são voltadas ao ensino e costumam durar de três a quatro anos também. São a escolha certa para quem deseja ser professor.

A hora de escolher a melhor faculdade deve considerar outros pontos, como a avaliação da instituição no Ministério da Educação (MEC) e a avaliação geral de seus cursos. É muito importante saber se a organização é reconhecida e bem vista no mercado de trabalho antes de se matricular.

Qual é a faculdade mais procurada no mercado de trabalho?

Você quer saber qual faculdade está em alta no mercado de trabalho? Segundo uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto Semesp, com apoio da empresa Simplicity, Medicina é o curso que mais gera oportunidades de trabalho.

O estudo, denominado Pesquisa de Empregabilidade do Brasil, apresenta o nível de empregabilidade das carreiras por área e foi realizado com a participação voluntária de 9.228 egressos, no ano de 2020.

Quer saber qual é a faculdade mais procurada no mercado de trabalho? Então confira o top 10 da pesquisa!

  1. Medicina: 100%
  2. Engenharia de Computação: 97,4%
  3. Ciência da Computação: 93,2%
  4. Enfermagem: 92,5%
  5. Fisioterapia: 91,3%
  6. Biomedicina: 90,4%
  7. Sistemas de Informação: 89,9%
  8. Geografia: 88,3%
  9. Contabilidade: 87,4%
  10. Economia: 87%

Os cursos que compõem a lista são, em sua maioria, das áreas de saúde e tecnologia. O estudo mostra, ainda, que 61,4% dos formandos de instituições de ensino privadas e 65,2% dos egressos de instituições públicas estão empregados e atuam na área de sua formação.

Nem sempre é possível se formar e já conseguir uma boa oportunidade de trabalho. Por isso mesmo, é importante saber como encarar esses desafios e entrar no mercado de trabalho após a faculdade.

Atualmente, a graduação não é mais suficiente para o sucesso de uma carreira. Então, é preciso apostar nos diferenciais para se destacar em meio aos concorrentes e conquistar uma boa vaga. Olha só as nossas dicas:

1. Invista na sua capacitação

Bons profissionais devem estar constantemente investindo em educação e se capacitando cada vez mais. Se você acabou de se formar, que tal fazer uma pós-graduação? Existem diversas opções de cursos de especialização, inclusive online. Antes de escolher uma, avalie a aceitação delas no mercado de trabalho para agregar valor ao seu currículo.

Lembre-se, ainda, de que as habilidades comportamentais estão sendo mais exigidas pelas empresas. Que tal exercitar e melhorar suas habilidades emocionais?

2. Participe de eventos

Faculdades, instituições públicas e empresas estão frequentemente realizando simpósios, palestras e treinamentos abertos ao público. Ali, você adquire novos conhecimentos, tem contato com ricas experiências de trabalho e pode conhecer pessoas influentes na sua área. Palestras também são muito legais e podem trazer boas oportunidades.

3. Invista em marketing pessoal

Tenha iniciativa para potencializar o seu marketing pessoal. Expandir sua rede de contatos é um passo interessante. Não tenha medo de entrar em contato e pedir indicações, especialmente para professores e ex-colegas de faculdade.

4. Crie um bom currículo

A análise do seu currículo profissional costuma ser a primeira etapa de um processo seletivo. Por isso, ele deve ser atraente, objetivo e bem feito. Coloque as informações relevantes sobre sua formação e organize as experiências e cursos por ordem, começando pelo mais recente. Destaque o que vai chamar a atenção do recrutador e evite “encher linguiça”.

5. Aproveite as oportunidades

Começar uma carreira pode significar ir além de um emprego formal. Que tal ser freelancer por um tempo? Ou, então, fazer cursos e se especializar enquanto a vaga não chega? O trabalho voluntário também é uma opção interessante em algumas profissões.

Saber como entrar no mercado de trabalho requer entender a sua área e onde estão as oportunidades. Faça uma pesquisa sobre isso e invista onde houver mais chances!

Qual será a profissão do futuro? Aquela em que você pode investir agora para colher frutos nos próximos anos. Super bem remunerada, reconhecida e cheia de oportunidades?

É claro que esta pergunta é bastante difícil de responder e não existe resposta com 100% de precisão, mas uma estimativa do Center for the Future of Work, da Cognizant Technology Solutions, indica algumas tendências.

Olha só as 5 possibilidades de profissão de futuro que o relatório indica! Ele se baseia em macro tendências atuais em diversas áreas:

1. Detetive de dados

Com o aumento do uso de dados e da Inteligência Artificial, o assunto Big Data está mais quente do que nunca. Este profissional será uma espécie de investigador do que os dados realmente estão mostrando. Para se tornar um detetive de dados, é preciso conhecer bem as áreas de Finanças, Matemática e Ciências de Dados.

2. Facilitador de TI

Este profissional do futuro explora tendências digitais e cria uma plataforma para que os usuários construam seus próprios ambientes colaborativos. É preciso ter formação em TI, Ciências da Computação, Engenharia ou Administração de Empresas.

3. Oficial de ética de sourcing

Ele investiga, acompanha e negocia acordos de bens e serviços para garantir que gastos indiretos da empresa estejam alinhados aos padrões de ética dos stakeholders. É importante ter conhecimento em negócios, leis, gestão pública ou filosofia, além de habilidades para trabalhar em grupo.

4. Gestor de desenvolvimento de negócios de inteligência artificial

Parece até coisa de ficção científica, mas esta profissão do futuro define, desenvolve e implementa programas para acelerar vendas e negócios de Inteligência Artificial (IA). É importante ter experiência em plataformas de IA, machine learning e computação em nuvem.

5. Mestre de edging computing

Este profissional cria, mantém e protege o ambiente de edge computing, ou computação na “borda”. Para trabalhar na área, é preciso ter experiência em segurança e protocolo de internet das coisas, além de habilidade para projetar ambientes de computação em nuvem.

Tem dúvidas sobre a diferença entre carreira e profissão? É importante entender bem o que é cada termo para não se confundir.

Olha só:

Carreira profissional é a trajetória que você percorre durante a vida profissional. Em uma carreira, o profissional pode transitar por diversos cargos e empresas, adquirindo conhecimentos e habilidades para crescer profissionalmente.

Profissão, por outro lado, é o que você estuda. Muitas pessoas escolhem uma profissão e têm uma carreira totalmente diferente, sabia? Na hora de prestar o vestibular, você escolhe o curso que quer fazer e, consequentemente, a profissão que pretende ter. Sua profissão pode ser Médico, Jornalista, Advogado, etc.