Blog Descomplica

Conheça a importância de uma boa gestão de negócios!

Neste artigo, a gente te mostra tudo sobre gestão de negócios e pessoas, o que faz um gestor e suas vantagens. Acesse agora mesmo!
porDescomplica| 14/10/2021
Imagem de pessoas em uma reunião para ilustrar artigo sobre gestão de negócios

Compartilhe

No mundo empresarial, é muito comum ouvirmos falar em gestão. Por isso, entender o que é e como funciona a gestão de negócios pode ser o caminho pra atingir seus objetivos e se preparar pro que o mercado reserva.

A gestão de negócios é responsável por colocar em prática as principais metas de uma empresa. Sendo assim, é uma atividade que compreende organização, planejamento e execução de um modelo de negócio estruturado.

Além disso, essa atividade requer dos gestores uma postura de liderança. Dessa forma, será possível aproveitar o melhor do potencial de cada profissional, de todos os setores empresariais. 

Portanto, é um ramo específico, dentro do campo da Administração de Empresas, mas não se trata da mesma coisa. Em síntese, compreende toda a atividade empresarial. 

Neste artigo, a gente te explica tudo sobre o que é gestão de negócios, qual a sua importância, o que faz um gestor e como se especializar nesse ramo. Bora lá?

O que é gestão de negócios?

Em termos gerais, diz respeito às atividades que buscam concretizar os objetivos primordiais de uma empresa. Desse modo, a gestão de negócios permite que a máquina empresarial opere. Portanto, é um ramo que tem como objetivos:

  • elaborar um planejamento estratégico;
  • gerir a logística, processos e pessoas;
  • auxiliar as equipes de marketing;
  • acompanhar o setor de contabilidade;
  • proporcionar a inovação das atividades empresariais.

Nesse sentido, os gestores estão em uma posição de liderança, visto que esses profissionais mantêm a grande rede empresarial conectada de forma harmônica.

Dedicar-se à gestão de negócios significa empenhar-se pra realizar as metas e objetivos de modo eficaz, com produtividade e lucratividade.

Ainda, podemos definir como um conjunto de ações que engloba ativos financeiros, estruturais e humanos na companhia, com a finalidade de crescer e otimizar os resultados.

Embora muitos associam o cargo a uma função de grande alcance dentro da empresa, ela pode se destinar aos micros e específicos departamentos como finanças, marketing, vendas, logística e Recursos Humanos.

Por isso, se você busca um gerenciamento mais completo pra suas atividades, é importante conhecer e aplicar esse conceito na sua rotina comercial.

Qual a importância da gestão de negócios?

A principal importância é gerar lucros e se manter ativo. O motivo é claro: um levantamento feito pelo SEBRAE, mostrou que cerca de 29% dos MEIs e 21,6% das MEs e EPPs fecham as portas após 5 anos de existência.

Sabemos que o mercado está cada vez mais competitivo, com constantes mudanças tecnológicas, sociais e econômicas. Por isso a necessidade de uma boa gestão de negócios é inegável pra não falir.

É preciso manter um acompanhamento constante das ações, pra acertar na tomada de decisão, ter um impacto positivo em toda a organização e não enfrentar obstáculos pra crescer.

Geralmente, empresas sem uma boa gestão tem dificuldades com suas finanças, levando a outros problemas, como negativações e até perda da credibilidade da marca.

Nesse cenário, a gestão é indicada pra empresas de todos os tamanhos, independentemente do seu segmento de atuação. Isso porque, não é algo exclusivo pra um setor, mas sim pra todos que administram.

Se você tem uma pequena ou média empresa, não se engane com a falta da necessidade de gerir. Muitos microempreendedores pensam que sua administração é simples e sem preocupações, mas não é bem assim.

Os pequenos negócios também devem ter a certeza que todas as áreas estejam funcionando perfeitamente. Por isso, devem cuidar da sua gestão.

Desse modo, é possível identificar qual rumo a empresa seguirá, garantindo que os processos sejam definidos e permitindo que a rotina permaneça organizada.

Além disso, é possível buscar diferenciais, estabelecer metas conforme ameaças e oportunidades e alcançar a autoridade na área em que atua. Tudo isso através de análises constantes de dados gerados diariamente.

Até mesmo diante de uma crise sanitária e econômica, como aconteceu em 2020, uma empresa bem gerida pode superar as dificuldades e se manter forte no mercado por muito tempo.

Quais as vantagens da gestão de negócios para a sua empresa?

A gestão de negócios proporciona inúmeras vantagens pra sua empresa. Dentre elas, abaixo destacamos as principais, pra você entender a sua real necessidade!

Controle do tempo

Como a gestão de negócios não é focada em apenas vender cada vez mais, é possível conquistar resultados mais expressivos usando os recursos que já existem na organização.

Dessa forma, não há desperdício de tempo ou retrabalhos devido a automatização. Os colaboradores atuam em atividades mais analíticas, ganhando tempo e eficiência.

Integração entre os departamentos

Por focar na máxima eficiência, a integração entre as áreas é indispensável. Todos precisam trabalhar em pol dos objetivos da empresa, com uma visão ampla e detalhada em torno das suas próprias conquistas e dos outros.

O propósito é o obter sucesso com o cliente. Portanto, todos os colaboradores sabem das etapas anteriores e das próximas, pra entender quando é a sua vez e se preparar com o melhor.

Reduz gastos

Conhecer a fundo cada ação e as finanças ajuda a reduzir gastos desnecessários, o que colabora pro equilíbrio da balança econômica da empresa.

Por outro lado, a gestão de negócios consegue diminuir os custos de produção e marketing sem afetar a qualidade dos serviços prestados ou impactar negativamente sua imagem.

Rapidez na tomada de decisões

Uma vez que a gestão oferece o controle dos dados e métricas sobre os processos empresariais é possível tomar decisões mais rápidas e certas com relação aos investimentos, às criações de soluções, entre outras atividades.

O impacto disso é refletido na qualidade dos produtos ou serviços ofertados e na melhoria contínua da estratégia do negócio.

Otimização do processo produtivo

Essa prática permite que a empresa mantenha o seu processo produtivo mais otimizado. Isso porque gerencia os colaboradores, indicando treinamentos e capacitações necessárias, a fim de alcançar as metas estabelecidas mais rapidamente.

Assim, é possível potencializar os resultados, já que as pessoas envolvidas nos projetos estarão mais preparadas. Consequentemente, a empresa se torna mais competitiva, se posicionando como referência em seu segmento de mercado.

Aumento da produtividade

Justamente por otimizar o processo produtivo e defini-lo muito bem, um dos principais ganhos é o aumento da produtividade entre a equipe.

O ambiente de trabalho fica mais estratégico e bem alinhado, o que leva a motivação necessária pra elevar a performance dos colaboradores e, por consequência, do negócio.

Ganho de percepção de valor

Por fim, todos esses benefícios em conjunto garantem melhores entregas aos clientes, melhorando a sua experiência de compra e, assim, aumentando a percepção de valor que ele tem da sua marca.

Esse ganho ajuda a se tornar autoridade no seu setor e ainda a ser indicado pra amigos e familiares, mantendo os lucros mensais e garantindo fidelizações.

Melhora a comunicação

A falha na comunicação interna é um dos maiores problemas há muito tempo. Se você transmite uma mensagem sobre uma conduta que precisa ser feita agora, mas ela não chega aos responsáveis, o não cumprimento dela pode gerar prejuízo.

Com uma boa gestão, esse cenário dificilmente ocorre, pois é mantido um diálogo claro e que alcance em todos os departamentos da empresa simultaneamente.

Qual o papel do gestor de negócios?

O gestor de negócios é aquele profissional que deve conhecer a fundo a rotina de cada setor da empresa. Sendo assim, seu papel vai além de administrar as atividades. 

Esse profissional busca o máximo de eficiência e produtividade dos demais profissionais. Portanto, o gestor assume a posição de líder, de quem deve incentivar e buscar o melhor das equipes. 

Sendo assim, é o gestor quem propicia a inovação, fazendo com que a empresa se desenvolva. Esse profissional implementa as principais mudanças, na busca pela modernização dos processos empresariais. 

Da mesma forma, também se encarrega de consolidar uma cultura organizacional voltada pro desenvolvimento. Em síntese, é capaz de identificar as maiores qualidades de cada profissional, trazendo-as pra rotina de trabalho em busca do desenvolvimento empresarial.

Além da liderança, ser esse trabalhador pode ser desafiador, pois exige um perfil que inclui outras características, como:

  • flexibilidade pra trabalhar em diferentes cenários;
  • visão estratégica;
  • atualização do mercado;
  • organização;
  • boa comunicação pra dar e receber feedbacks;
  • habilidade de negociação;
  • capacidade de delegar tarefas;
  • criatividade;
  • proatividade pra antever situações e identificar oportunidades;
  • bom relacionamento interpessoal;
  • resiliência pra conseguir realizar um bom trabalho em um ambiente de pressão.

Embora a gestão não seja uma habilidade — mas reúna um conjunto delas —, administradores, diretores, gerentes, sócios e empreendedores precisam ter a real capacidade de conduzir as ações diárias no negócio.

Nesse caso, é indispensável desenvolver todas essas aptidões pra ser um bom gestor, capaz de lidar com todas as atividades do dia a dia.

Qual a diferença entre Gestão de negócios e Administração?

A administração e gestão de negócios são conceitos amplamente usados no mundo corporativo. Em muitos casos, os termos são empregados como sinônimos, mas embora estejam relacionados, suas funções e particularidades se diferem.

Enquanto a gestão é uma área da administração que valoriza as pessoas, as motivando e tirando o melhor de cada integrante da equipe, a administração planeja, organiza, coordena, comanda e controla todos os recursos da empresa, desde os físicos até os recursos humanos.

Assim, o profissional (administrador) atinge os objetivos da empresa, aplicando essas cinco funções que fazem parte de uma ciência exata, movida por decisões e fatores racionais.

A função principal é aproveitar todas as oportunidades pra otimizar processos, reduzir erros e aumentar a lucratividade. Pra tanto, são usadas ferramentas e metodologias pra executar tudo isso, como:

  • Análise SWOT: potencializa os pontos fortes e fracos, corrigindo-os;
  • Matriz GUT: prioriza as tarefas;
  • Ciclo PDCA: qualifica os processos;
  • BSC: calcula o desempenho empresarial rumo às metas de longo prazo;
  • Scrum: divide um projeto em ciclos menores;
  • GPD: desdobra as metas pra todos os níveis empresariais em uma relação de causa e efeito.

Dadas as diferenças sutis entre os conceitos, percebemos como um serve de complemento ao outro. 

Porém, a administração se concentra nos aspectos lógicos, mas uma empresa não é feita apenas de números, portanto, cuidar da motivação dos funcionários é crucial pro seu sucesso.

Qual a relação entre Gestão de negócios e Inovação e Empreendedorismo?

A inovação e o empreendedorismo tem como objetivo apresentar as principais ferramentas, aplicativos e softwares, além de ampliar seus conhecimentos pra inovar na sua empresa.

Essas diferentes ferramentas contribuem pro sucesso das ações, pois ajudam a gerenciar o empreendimento com as tendências do mercado.

A gestão vem se modificando com o passar do tempo. O que era feito há 5 anos já é diferente do que fazemos hoje. Portanto, estar atento ao mundo dos negócios não é apenas uma escolha, mas uma necessidade.

O fato é que abrir uma empresa não é fácil, mas mantê-la depois de aberta, menos ainda. Desse modo, todo profissional que queira se diferenciar e atrair clientes deve adotar uma cultura nova, desenvolvendo a criatividade e tendo uma visão estratégica mais ampla.

A relação entre gestão de negócios e empreendedorismo e inovação é clara: viabilizar uma empresa é diferente de ser saudável financeiramente. Pra isso, é preciso saber gerenciar, do contrário, será mais um empreendimento que saiu do papel, mas não venceu.

Saber gerenciar significa empreender e promover uma solução inédita pra um desafio comum. 

No dia a dia, os gestores de negócios são frequentemente desafiados a inovar em uma nova forma de executar um projeto, uma abordagem diferente pra treinar os colaboradores, etc.

Nesse cenário, entender sobre empreender, reinventar e gerir é indispensável pras suas ações funcionarem adequadamente.

Qual a relação entre Gestão de negócios e Gestão financeira?

A área financeira de uma empresa é o ponto mais sensível. Por esse motivo, precisa de um controle rigoroso do que entra e sai do caixa.

Assim, enquanto a gestão de negócios planeja a elaboração das estratégias e processos, a gestão financeira viabiliza todas elas e assegura o crescimento sustentável do estabelecimento. Isto é, ela é fundamental pra que tudo saia bem executado.

É uma área excelente pros profissionais que querem trabalhar com a identificação de possíveis ameaças em um contexto de crise e ter as respostas pra questões financeiras.

O planejamento feito pra compras, investimento de marketing, lançamentos, contratações e outros projetos precisam de uma boa gestão das finanças pra dar certo. Do contrário, não se sabe quanto investir pra evitar prejuízos.

Pra tanto, o profissional se vale de instrumentos diversos, como fluxo de caixa, conciliação bancária, dentre outros. Sendo assim, o processo de tomada de decisão na empresa está relacionado com esses dados encontrados.

No entanto, vale ressaltar que as finanças não se resumem apenas ao dinheiro. Quando aliada à gestão, também significa aspectos econômicos, mercadológicos e estratégicos.

Portanto, a empresa consegue respostas sobre como chegou até onde está, em que situação se encontra e pra onde vai a partir de agora.

Quais os cursos indicados para trabalhar como gestor?

As vivências empresariais, pessoais e profissionais contribuem pra formação de um bom gestor de negócios, mas não são suficientes pra exercer plenamente o que se espera do cargo.

Pra se tornar gestor você precisa desenvolver as suas habilidades e ter conhecimento sobre o que fará durante sua jornada. Por isso, cursos são sempre a melhor opção pra se especializar.

Na Faculdade Descomplica você tem acesso a vários cursos pra se tornar um líder, empreendedor e estrategista, tudo isso em uma pessoa só! Dentre os cursos pra expandir suas competências, destacam-se os citados abaixo.

Curso de Gestão de Empresas

Pra que esses profissionais se preparem pra lidar com os desafios de gerir um negócio, optar por um curso de gestão de empresas é um passo importante. 

Dessa forma, é possível construir uma base teórica de como gerenciar as ações e metas de uma empresa. Além disso, essa formação possui grande peso em um currículo, pois demonstra maior preparo e capacidade profissional. 

Portanto, esse curso traz em sua grade curricular os principais temas pertinentes à atuação dos gestores.

Temas, como risco da administração, gestão de processos e pessoas, estruturação empresarial e economia são apenas alguns exemplos. Logo, optar pela formação oferece muitas vantagens.

Curso de Gestão de Negócios

A MBA em gestão de negócios é perfeita pra quem quer empreender ou gostaria de empreender, ou pra profissionais que buscam gerenciar um empreendimento de forma sustentável e estratégica.

Pra adentrar no mundo dos negócios, esse é o curso ideal. Afinal, todos sabem liderar, mas nem todos conseguem. 

Com a grade curricular você aprenderá a gerir melhor as ações, sobre empreendedorismo e desenvolverá uma visão estratégica. 

Além disso, saberá enfrentar os desafios do mercado, ampliar a sua capacidade de inovar e de tomar decisões com foco em resultados positivos.

Na MBA da Faculdade Descomplica, o estudante encontra aulas dinâmicas, nas quais os professores expõem os principais conceitos do setor, proporcionando sintonia entre as teorias e práticas adotadas no mundo dos negócios.

É um curso com acesso às aulas e conteúdos de onde estiver (100% online), certificado com nota máxima no MEC e com período de conclusão a partir de 6 meses de estudo.

Curso em Inovação e Empreendedorismo

Como vimos, a inovação e o empreendedorismo tem relação com a gestão de negócios. Afinal, sem boas ferramentas e ampliação dos seus conhecimentos, não há como liderar.

Com a base teórica deste curso você conseguirá alcançar a sua sustentabilidade pra manter um empreendimento por muitos anos.

Esse é apenas um pilar da gestão de negócios. Porém, se você já se especializou no curso anterior e sabe se relacionar, negociar, treinar, orientar, ouvir e falar, essa será mais uma forma de aprender a contratar, divulgar, vender, lidar com as finanças e muito mais.

Sem mencionar que é uma forma de expandir suas ideias pra criar ou adaptar modelos e processos atuais. Ou seja, propor soluções distintas das que são praticadas até agora, com o propósito de qualificar a gestão, atuando em favor dos objetivos da empresa.

Curso em Negócios e Gestão de Pessoas

Gerir um negócio também costuma ser sinônimo de gerir as pessoas, seja os fornecedores, funcionários ou quem estiver envolvido nos processos.

Nesse caso, saber motivar a equipe e garantir a satisfação dela exige o início da especialização em negócios e gestão de pessoas.

Seja gestores, gerentes de projetos, empreendedores, seja profissionais de todos os ramos, é preciso ter conhecimentos aprofundados em gestão de pessoas, pra saber lidar com cada um de forma individualizada. Isso ajuda a trazer o melhor de cada um pro dia a dia da empresa.

No Descomplica, você descobre como unir uma boa gestão de negócios a uma boa gestão de pessoas. Tudo isso, através de uma especialização completa, com os melhores professores do mercado e conteúdo atualizado.

Gestão de negócios: o que estudar?

A gestão de negócio é uma área de estudo procurada por administradores pra se aprofundar e desenvolver habilidades de liderança. Entretanto, profissionais de outros segmentos também podem se especializar pra gerenciar seus próprios negócios.

Por ser uma versão mais generalizada da Administração, o conteúdo programático do curso é amplo. Dentre as disciplinas que pode encontrar, estão:

  • Gestão de projetos;
  • Estrutura organizacional;
  • Planejamento estratégico;
  • Riscos da administração;
  • Indicadores de desempenho;
  • Inovação e tecnologia;
  • Contabilidade;
  • Empreendedorismo;
  • Liderança;
  • Economia mundial;
  • Marketing;
  • Gestão de pessoas;
  • Logística;
  • Gestão da informação;
  • Inteligência de Mercado;
  • Métodos pra tomada de decisão.

São muitos conteúdos que ajudam a desenvolver as habilidades voltadas à gestão, que é indispensável pra os resultados do negócio. 

Portanto, buscar a profissionalização é uma forma de atualizar seus conhecimentos, obter expertises e amadurecer seu formato de trabalho.

Dessa forma, estudar gestão de negócio é importante pra ter diferencial na carreira ou, ainda, pra ter sucesso na sua própria organização, seja ela grande, média, seja pequena.

Como você percebeu, a gestão de negócio é ampla e valoriza as pessoas pra obter o desenvolvimento da empresa. Dessa forma, o gestor deve transmitir os valores definidos pra seus colaboradores, engajando-os na busca de metas em comum.

E você, que tal se especializar na área de Gestão de Negócios e Pessoas? É só clicar aqui e conhecer a MBA da Pós Descomplica!

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica