• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Iluminismo: resumo para você mandar muito bem no Enem

O termo Iluminismo é o nome dado a uma série de obras filosóficas e pesquisas científicas desenvolvidas na Europa a partir do século XVII. Este período, conhecido como “Século das Luzes”, priorizou a razão em detrimento da fé e é muito cobrado no vestibular. Por isso, é essencial ter acesso a um bom resumo sobre Iluminismo para o Enem

O termo Iluminismo é abrangente e reúne muitos pensadores, em mais de um século. Isso porque, nesse momento, os filósofos buscavam estabelecer a razão acima da fé, da religiosidade e da tradição monárquica. 

Pra te ajudar a entender o que foi o Iluminismo, influência do Iluminismo na sociedade atual e quem foram seus principais nomes, a gente, do Descomplica, te dá a letra: um belo resumão sobre Iluminismo para o Enem!

Ah! E tem exercícios também, mapa mental sobre Iluminismo e vídeos sobre o tema no nosso canal no YouTube!

O que foi o Iluminismo 

Um resumo sobre Iluminismo para o Enem precisa, antes de tudo, explicar o que foi esse período, que aconteceu nos anos 1600.

Esse é o nome dado a um conjunto de obras filosóficas e pesquisas científicas desenvolvidas na Europa a partir do século XVII. Nesse período, todo o continente viveu uma renovação cultural e científica, que trouxe, ainda, inovações científicas.

Foi aí que começou a surgir o pensamento iluminista. Para se ter uma ideia de sua grandiosidade, Isaac Newton (1643-1727) foi um dos grandes pensadores do período Iluminista e conhecido como o pai da teoria da gravidade.

O contexto social da época era muito propício para que estudiosos brilhantes pesquisassem, escrevessem e difundissem suas descobertas e teorias. Era um novo modo de pensar e enxergar a vida, o planeta e as relações, tirando do centro do poder a igreja e a monarquia absolutista.

O que diziam as ideias iluministas

O Iluminismo pregava uma série de ideias, tidas como revolucionárias à época. São elas:

  • A ciência e o método científico são a única forma de fazer a humanidade progredir;
  • Todos os homens devem ser cidadãos plenos;
  • Homens devem se expressar livremente;
  • A sociedade deve ser reformulada, eliminando privilégios da nobreza e do clero (igreja).

Nem todos os filósofos e pensadores acreditavam na mesma coisa, é claro, mas havia um sentimento geral, no Iluminismo, que posteriormente se transformaria na Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, criada durante a Revolução Francesa.

Principais características do Iluminismo

Entender as características do Iluminismo é importante quando se busca criar um resumo sobre Iluminismo para o Enem. É importante destacar que o Iluminismo francês é, geralmente, o que melhor resume essa corrente de pensamento.

Isso significa que, embora estivesse por toda a Europa, o Iluminismo teve um centro de difusão (França) e, a partir dela, gerou maior ou menos impacto em determinados países.

As características básicas do Iluminismo são:

  • Negação da origem divina dos reis, como se acreditava anteriormente;
  • Negação de crenças religiosas que fossem contrárias à evidência científica;
  • Liberalismo econômico, ou seja, sem intervenção do Estado;
  • Negação do Absolutismo;
  • Avanço da ciência e da razão;
  • Predomínio da burguesia.

Principais pensadores do Iluminismo

A lista dos pensadores iluministas é enorme, porque havia muitos deles, espalhados por toda a Europa. Entretanto, em resumo sobre Iluminismo para o Enem, é importante conhecer melhor quatro expoentes, que são:

Montesquieu (1689-1755): foi um dos primeiros a considerar o poder do Estado separado em esfera (Executivo, Legislativo e Judiciário);

Voltaire (1694-1778): foi um dos primeiros liberais modernos e defendia as liberdades individuais acima de tudo;

Jean-Jacques Rousseau (1712-1778): pensador humanista, pregava a necessidade de reformar a educação, respeitando a natureza humana;

Denis Diderot (1713-1784): organizador da Enciclopédia (junto com d´Alembert), e muito conhecido por suas críticas ácidas à corte francesa.

Como foi o Iluminismo no Brasil

O Iluminismo chegou a ultrapassar as fronteiras europeias e chegou ao Brasil, sabia?

Para nós, brasileiros, que éramos uma colônia de Portugal em 1600, o acesso às ideias iluministas aconteceu por meio do contrabando e dos brasileiros que estudavam no exterior.

Aquelas ideias foram, aos poucos, trazidas para o Brasil e deram origem a algumas revoltas, tais como:

  • A Inconfidência Mineira (1789);
  • A Conjuração Baiana (1798);
  • A Revolução Pernambucana (1817).

Até a Independência Brasileira, em 1822, foi influenciada pelo Iluminismo! Essa corrente contribuiu para criar uma nova estrutura social, com reconhecimento de direitos, separação de poderes e queda de muitas monarquias.

Exercícios sobre Iluminismo para o Enem

Quer testar seus conhecimentos sobre Iluminismo para o Enem?

Nós, do Descomplica, trazemos uma lista com vários exercícios sobre Iluminismo – e que já caíram no Enem.

Simbora testar se você aprendeu tudo sobre Iluminismo com o nosso resumo!

A influência do Iluminismo na sociedade atual ainda é muito grande, sabia? Os três poderes, por exemplo, só existem graças a ele. Além disso, os Direitos Humanos, tão em voga ultimamente, especialmente no Enem, tiveram origem naquele período.

O Descomplica manda muito bem, né? Já pensou em assistir às nossas aulas online todos os dias e se preparar para o Enem com a nossa galera? Sucesso demais!