• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Quais são as principais fórmulas de física pro Enem? Veja aqui!

Você sabe quais são as principais fórmulas de física pra garantir que vai tirar a nota mil na sua redação do Enem? Neste artigo, separamos algumas dicas que podem te ajudar a decorar quais são elas, garantindo um melhor desempenho na prova. 

Hoje em dia, o Exame Nacional do Ensino Médio é uma das principais formas pra conseguir ingressar no ensino superior o que é feito por pelo menos três formas: 

  • Fies: Fundo de Financiamento Estudantil que permite que se pague a graduação somente depois que já estiver formado. Em suma, a taxa de juros é aplicada de forma fixa, independente do curso, tanto pelo Banco do Brasil quanto pela Caixa. 

O estudante poderá escolher em qual banco deverá abrir a conta. 

  • Prouni: O Prouni permite que se consiga bolsa de estudos de 100% de desconto caso a renda seja abaixo de um salário mínimo e meio ou de 50% no curso privado caso a renda do estudante seja abaixo de três salários. 

Essa modalidade de ingresso é destinada somente pra quem vai pro ensino privado. 

  • Sisu: Precisa da nota de corte mais alta porque conta com mais concorrência. Neste caso, o SISU são as faculdades públicas que são totalmente gratuitas e que bancam muitas vezes até a morada do estudante através de bolsas. Ou seja, não precisa pagar nada. 

Os cursos que mais são concorridos pra essa modalidade de ingresso são de advocacia e medicina, em que as notas de corte superam a marca de 850 pontos. 

Veja quais são os conteúdo que mais caem no Enem em física antes de decorar as fórmulas 

Foto em detalhe do rosto de uma criança olhando para fórmulas de física

Não adianta sair decorando fórmulas de coisas que nunca vão cair no Exame Nacional do Ensino Médio. Portanto, faça uma breve pesquisa pra entender quais são os assuntos que mais caem e decorar o que realmente precisa saber. 

De acordo com o Portal do Estudante (Jornal Abril), estima-se que os assuntos que mais caem na prova sejam: 

Acústica (10,5%); Resistores (10,5%); Energia, trabalho e potência (8,8%); Calorimetria (5,3%); Impulso, quantidade de movimento e análise dimensional (5,3%) e Forças magnéticas, indução e fluxo (5,3%).

O indicado, pra que você grave todas as fórmulas, visto que a prova do Enem não vai vir com elas, é que você faça o uso de macetes, que são recomendados pelos professores, e faça o desenvolvimento de lógica

Muitas questões de química e física dos vestibulares, Exame  e no Ensino Médio acabam sendo resolvidas através de lógica. Em vez de se fazer o uso de fórmulas mágicas que, provavelmente, depois que entrar pro curso de ensino superior, vai acabar se esquecendo. 

Por isso, é indicado que faça sempre exercícios que também estimulam a lógica e que não estejam apenas ficados em fórmulas químicas e teoria. 

Fórmulas de física sobre Acústica

Foto de uma tela de notebook com imagem de gráficos - formulas de fisica

Na prova do Enem, é muito comum que as questões que estejam relacionadas a acústica também tenham relação com a área de ciências humanas e de artes, principalmente. 

Pode-se calcular a frequência de determinada onda de som que está saindo de um violão ou flauta, por exemplo. Neste caso, a fórmula que mais é usada pra saber sobre a frequência ou tamanho da onda é a f = 1/T ou que T = 1/f.

De acordo com físicos, uma onda pode ter ao menos duas formas, sendo ela de transversal ou longitudinal. Já em relação ao seu meio de propagação, pode-se dizer que ela é mecânica ou eletromagnética. Saber sobre esses dois fatores vai ser crucial no momento em que for realizar o seu cálculo. 

Fórmulas de física sobre Resistores

A fórmula que é bastante usada pelos físicos quando se está tentando calcular os resistores, que estão localizados na posição de paralelo é de RT= 1/(1/R1 + 1/R2 + 1/Rn). 

Quando os resistores estiverem sendo associados através de séries, ou seja, um atrás do outro, é ainda mais fácil de realizar o cálculo da carga de um sistema total. Bastando apenas que se faça RT= R1+R2+R3+R4+R5+...Rn. 

Neste caso, a carga total é a soma de todas as cargas que pertencem ao resistor. Se há resistor com 1, 2 e 3, deve-se fazer Rt: 1 + 2 + 3 = 6. 

Já quando estamos falando da associação de resistores mista, existem alguns aspectos que devem ser salientados, como é o caso da ordem em que estão e as perdas que o sistema poderá sofrer. O cálculo de resistores tem muito a ver com o cálculo de quantidade de energia pra um sistema de casas. 

Fórmulas de física sobre Calorimetria

O meio ambiente tende a estar sempre em busca do máximo de equilíbrio. O que isso quer dizer? Se você derramar uma xícara de leite frio dentro de 2 xícaras de leite quente, vai demorar um tempo pra que a mistura fique com a mesma temperatura e uma parte perca calor pra outra. Neste caso, o café vai começar a perder calor pra mais fria. 

A calorimetria tem várias funções no nosso dia a dia, ainda mais considerando dentro de indústrias têxteis e químicas. No momento em que for fazer a fabricação de determinado medicamento, esse tipo de cálculo também tende a ser bastante utilizado. 

Em suma, um dos assuntos que mais tentam ser questionados é sobre o calor latente  que se faz o uso da fórmula ΔQ = m·L. O delta nada mais é que a quantidade de calor que está presente sobre determinado sistema. O m é a massa e o L é o latente.

A capacidade térmica é calculada por C = ΔQ/ΔT = m·c. O C é a capacidade térmica quanto o delta é a quantidade de calor e o T é a variação de tempo sobre determinado ambiente e temperatura. O M é a massa. Fácil, não é mesmo? 

Lembre-se de organizar seus períodos de estudo, utilizar mapas mentais e revisar periodicamente o que já aprendeu. Afinal, você quer começar sua carreira com pé direito, não quer?

E então, tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Comente aqui conosco pra que possamos te ajudar. Além disso, venha conhecer nosso Pré-Enem

Confira esse infográfico com todas as principais fórmulas que você deve memorizar para conquistar o seu 1000:

As principais fórmulas de Física que você vai usar no ENEM