Blog Descomplica

Confira um resumo completo de dialética

A dialética não precisa ser uma novela das oito! Vem cá aprender tudo com esta lista que vai salvar sua redação e garantir sua nota 1000!
porDescomplica| 17/05/2016

Compartilhe

A etapa da redação no vestibular costuma ser bem desafiadora pra muitos candidatos. No entanto, é muito importante se preparar bem pra ela, já que ela geralmente pode ser decisiva pra obter uma boa nota. Então, que tal aprender tudo com um resumo de dialética?

Dialética é uma técnica de discurso que pode muito bem ser aplicada a uma redação. Afinal, a maioria dos vestibulares exige um texto dissertativo-argumentativo, que se encaixa muito bem nesse formato.

Além disso, ao dominar a dialética, você se torna capaz de estruturar melhor as suas ideias e apresentá-las não só em texto como também em uma defesa verbal. Dessa forma, é um recurso muito valioso pra várias situações da vida acadêmica e até fora dela.

Que tal aprender mais com um resumo sobre dialética pra mandar bem na redação do vestibular? É só conferir o artigo que a gente preparou pra você a seguir!

O que é dialética?

Dialética, também conhecida como método dialético, é o discurso que envolve dois pontos de vista a respeito de um mesmo assunto com o objetivo de se estabelecer uma verdade. 

Isso acontece por meio da argumentação desses dois lados até se chegar a uma conclusão.

As primeiras vezes em que a dialética foi empregada foi durante o surgimento da Filosofia. O costume de presenciar pontos e contrapontos pra se chegar a uma conclusão era um método comum entre os primeiros filósofos pra se alcançar a verdade.

Um exemplo disso era o método socrático. O filósofo Sócrates empregava uma forma de dialética a partir de uma série de perguntas pra se extrair contradições, contratá-las e construir um argumento conclusivo.

Por fim, a dialética é diferente de um debate porque não envolve elementos subjetivos, como o apelo emocional e as habilidades de retórica. Em vez disso, a dialética é baseada em fatos concretos e comprovados em ambos os lados.

Como aplicar a dialética na redação?

Pra que seja possível aproveitar a dialética como um recurso útil na criação da redação do vestibular, é preciso se aprofundar em como esse método funciona. Depois de aprender sua definição, chega o momento de conhecer os detalhes das suas três etapas.

Conheça abaixo como construir os argumentos de cada etapa da dialética.

1. Tese

Não seja como Sócrates que só sabia que nada sabia, entenda que a tese é o seu ponto de vista a ser exposto na introdução da dissertação argumentativa.

Esse é o posicionamento tomado após a leitura e entendimento do tema. A partir dela, será construída a sua argumentação que mostrará ao leitor que a sua opinião sobre o tema é baseada em situações ou argumentos sólidos. Portanto, a tese é a protagonista da sua redação.

Exemplo

“A nossa classe política é corrupta ou, ao menos, omissa em relação à corrupção. Não haverá renovação nos quadros políticos que altere esta realidade. Os herdeiros continuarão as atividades dos seus padrinhos.”

2. Antítese

Todo herói tem que enfrentar um vilão. Todo Batman precisa do seu Coringa. Afinal, o vilão serve pra contrastar e exaltar as características positivas do herói, não é mesmo?

Na dissertação argumentativa, acontece o mesmo com a antítese. Ela coloca em xeque a tese, contrastando e/ou apresentando outro lado pra abordagem do tema. Se bem utilizada, pode ajudar a tese a se tornar melhor fundamentada.

Exemplo

“É possível renovar a classe política através do voto e do apoio àqueles que são contra a corrupção e a favor da reforma política no Brasil.”

3. Síntese

Depois de contrastar tese e antítese, o sujeito chega a uma síntese ou resumo sobre o que foi discutido.

Entendemos que esse processo é contínuo, ou seja, uma síntese vira uma nova tese que é contestada por uma nova antítese e assim sucessivamente. 

Hegel (filósofo que aprimorou este conceito) diz que esse processo só chega ao fim quando o sujeito alcança um pleno entendimento de si mesmo.

Exemplo

“Os eleitores precisam compreender a importância de seu voto e o poder de mudança que ele carrega. Somente assim, é possível fazer com que a corrupção seja combatida e a Democracia respeitada.”

Agora que você já tem esse resumo de dialética, pode aproveitar essa técnica pra aprimorar a sua redação e conquistar uma excelente nota no vestibular. Lembre-se de que saber estruturar as suas ideias é um dos critérios mais importantes dessa avaliação, então vale muito a pena se apoiar nesse modelo que existe há tantos séculos!

Que tal aproveitar e fazer o nosso cursinho pré vestibular online, com aulas ao vivo e gravadas, tira-dúvidas ao vivo e muito mais!

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica