Blog Descomplica

Descubra agora quais são as competências da redação do Enem

O Inep cobra cinco competências na redação do Enem. Vale a pena conhecê-las e entender como atender a esses requisitos na prova.
porDescomplica| 19/04/2021

Compartilhe

A redação do Enem deixa os estudantes com aquela apreensão danada! Além da estrutura correta, ainda tem o tema que é revelado só na hora. Mas, pra te ajudar, felizmente existe uma lista de competências da redação do Enem

Seguindo tudo bonitinho, você tem mais chances de arrasar! Um bom resultado na redação do Enem faz toda a diferença no resultado final do exame e pode representar aquela vaga sonhada naquele curso incrível que você quer. 

Por isso, vale a pena caprichar nessa parte e, além de entender as competências exigidas, pegar algumas dicas de como tirar nota 1000 na redação do Enem.

Se liga nas competências da redação do Enem que os organizadores e avaliadores consideram!

Competências avaliadas na redação do Enem

O Inep, que realiza o exame, preparou uma cartilha com as principais dicas aos candidatos. Isso já facilita pra caramba, porque você entende o que é esperado de você na redação e consegue se preparar e trabalhar essas habilidades.

Vale lembrar que a redação é aplicada no primeiro dia do Enem, junto com as provas de Linguagens e Códigos e Ciências Humanas. Então, é preciso descansar para estar com bastante energia.

5 competências cobradas pelo Inep na redação:

1. Domínio da escrita formal da língua portuguesa

Esta competência avalia se a redação do participante está adequada às regras de ortografia, tais como acentuação, ortografia, uso de hífen, emprego de letras maiúsculas e minúsculas e separação silábica. 

São, também, analisados aspectos como regência verbal e nominal, concordância verbal e nominal, pontuação, paralelismo, emprego de pronomes e crase.

2. Compreender o tema e não fugir do que é proposto

Aqui, o candidato tem suas habilidades integradas de leitura e escrita avaliadas. Para ter uma boa nota neste quesito, ele precisa organizar ideias e delimitar o assunto para fazer a argumentação na sequência.

Fugir do tema proposto na redação do Enem é uma grande cilada e zera a sua nota. Cuidado, pelamordedeus!

3. Manter a coerência no texto

Aqui é preciso selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista~.

De forma resumida, esta competência prevê que o candidato elabore um texto que apresente, claramente, uma ideia a ser defendida e os argumentos que justifiquem a posição assumida em relação à temática da proposta da redação. 

É preciso ter coerência e plausibilidade entre as ideias apresentadas no texto. Isso é garantido com a elaboração de um projeto de texto.

4. Conhecimento dos mecanismos linguísticos

Este ponto avalia itens relacionados à estruturação lógica e formal entre as partes da redação que são necessários para a necessários para a construção da argumentação. A organização textual exige que as frases e os parágrafos estabeleçam entre si uma relação, garantindo uma sequência coerente do texto e a interdependência entre as ideias.

Para um texto coeso, são necessárias preposições, conjunções, advérbios e locuções adverbiais. Eles estabelecem uma inter-relação entre orações, frases e parágrafos, sendo que o próximo “amarra” o anterior. 

5. Apresentar uma proposta de intervenção

É essencial, na redação do Enem, apresentar uma proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos. 

O candidato deve propor uma intervenção para o problema apresentado pelo tema, sugerindo uma iniciativa que busque, mesmo que minimamente, enfrentá-lo. 

Neste momento, o candidato demonstra o preparo para o exercício da cidadania, para atuar na realidade em consonância com os direitos humanos.

O que pode zerar sua redação

Fuja de tudo isso que listamos abaixo. Estes problemas podem zerar sua redação – algo que, obviamente, você não quer, né?

  • Fugir do tema;
  • Não usar o formato dissertativo-argumentativo em prosa;
  • Escrever menos de oito linhas;
  • Escrever palavrões;
  • Escrever em língua estrangeira;
  • Incluir trechos dos textos motivadores ou da proposta da redação no seu texto;
  • Não passar o texto a limpo para a folha de redação;
  • Escrever orações religiosas, protestos, ou mensagens que fujam do contexto da redação.

Como é feita a correção da nota do Enem?

É importante mencionar que a redação é corrigida por, pelo menos, dois avaliadores. Cada um atribui, de forma independente, uma nota entre 0 (zero) e 200 (duzentos) pontos para cada uma das cinco competências.

A nota final da redação é a média aritmética da pontuação total dada pelos dois avaliadores, com exceção dos casos em que há divergência entre as duas notas.

Se a divergência entre as notas em uma ou mais competências for maior que 80 pontos, um terceiro avaliador dá a nota para as respectivas competências.

O Descomplica é parça de quem deseja fazer uma boa redação no Enem. O que acha de dar uma olhada nas nossas aulas online sobre a redação do Enem? Assim você pode treinar suas habilidades pra fazer a melhor redação da vida!

Confira nossos planos de aula para vestibulares, garanto que não vai se arrepender!

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica