Mapa Mental: Conflitos no Oriente Médio

23/06/2017 Camila Paula

Quer saber tudo sobre os Conflitos no Oriente Médio? Dê uma olhada neste mapa mental e mande ver na sua prova de história!

conflitos no oriente medio

Se você pesquisar sobre o Oriente Médio neste momento, com certeza encontrará inúmeras matérias recentes falando sobre refugiados, conflitos entre israelenses e palestinos, etc. De fato, um barril de pólvora. Mas você sabe por que esses conflitos no Oriente Médio estão acontecendo? Não? Então você precisa ler esse resumo!

ESTUDE MELHOR: INCLUA ESTA MATÉRIA NO SEU PLANEJAMENTO SEMANAL

Fragmentação do Império Islâmico

Apesar das diferentes etnias que ocupam esta região, existem elementos que lhes dão uma identidade comum, como a língua árabe e a religião islâmica, professada por algumas sociedades.

O islamismo, uma das três maiores religiões monoteístas do mundo, possui grande expressividade no Oriente Médio. Por isso, para entender os conflitos na Palestina, é necessário entender como se deu a fragmentação do Império Islâmico, também chamado de Império Turco-Otomano, ocorrida no pós-Primeira Guerra Mundial, com o fim da chamada Era dos Impérios.

Início dos conflitos no Oriente Médio

Com o desmembramento do Império, nem todos OS países tiveram sua independência reconhecida, como foi o caso do Iraque e da nossa protagonista, Palestina, que ficaram sob a tutela da Inglaterra.

Essa dependência potencializará conflitos entre os povos do Oriente Médio a partir de um importante episódio: a criação do Estado de Israel.

Com certeza você já ouviu falar que algum lugar parece a Faixa de Gaza, né? Aqui, no Rio de Janeiro, por exemplo, essa expressão já virou usual para se referir a zonas de conflitos entre a polícia e narcotraficantes.

A Faixa de Gaza é uma região do Oriente Médio disputada por árabes e israelenses e marcada por intensos conflitos.

QUER SABER MAIS SOBRE OS CONFLITOS NO ORIENTE MÉDIO? CLIQUE AQUI E CONFIRA ESTE RESUMO COMPLETO!

Com precárias condições de vida, a região não possui infra-estrutura adequada e, consequentemente, tem a economia debilitada. Prova disso é que apenas 13% das terras situadas na Faixa de Gaza são aráveis. E, por mais que não ofereça condições, a Faixa de Gaza é um dos territórios mais densamente povoados da Terra. A população é marcada pela religião islâmica, como citamos acima e, mais de 99% dos habitantes são fiéis muçulmanos.

É importante ressaltar que o território é extremamente conflituoso, é disputado e ocupado militarmente por outros países também. O clima de tensão que habita o local é nítido, já que possui correntes de conflito.

Essa região não é reconhecida como parte que integra algum país soberano, ela está cercada por muralhas nas divisas com Israel e Egito. Contudo, a Autoridade Nacional Palestina reivindica a região como território que pertence somente aos palestinos.

Os conflitos no Oriente Médio teve início devido a inconsistência sobre quem é o verdadeiro dono da Faixa de Gaza. Além disso, fazem parte dessa “guerra” as características religiosas daqueles que habitam o local, os quais se chocam com os israelenses.

Em 2005, Israel ocupou militarmente a região. Atualmente, Israel ainda é o responsável pelo controle do espaço aéreo e do acesso marítimo à Faixa de Gaza.

Se você ainda tem dúvidas sobre os conflitos no Oriente Médio, continue a leitura nesse post!

Camila Paula

Camila Paula escreveu 2655 artigos

Deixe o seu comentário!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *