• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Conheça os livros obrigatórios para o Enem

Anualmente, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) aplica questões com foco em obras literárias brasileiras. Entretanto, o órgão que desenvolve a prova (Inep) não fornece uma lista de leituras, mas é preciso saber quais livros provavelmente estarão presentes no exame e, assim, adotar algumas leituras obrigatórias.

Como o Enem exige dos candidatos uma série de conhecimentos literários (tudo o que aprenderam no Ensino Médio), espera-se do candidato que ele conheça as principais obras de cada escola literária.

Sim, nós sabemos que é complicado memorizar tudo isso, mas para te ajudar nessa tarefa, selecionamos algumas leituras que consideramos obrigatórias para o Enem. Dessa forma, suas chances de fazer bonito na prova aumentam muito!

Quais são os livros obrigatórios para o Enem

Como falamos acima, não há uma lista específica de livros para o Enem. Entretanto, certas leituras precisam fazer parte da sua rotina de estudos, seja ele presencial ou online, além de conhecimentos sobre os movimentos literários.

A prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias do Enem , por exemplo, pede que você conheça a importância do autor/ obra para a sociedade e para a cultura em geral.

Por isso, é fundamental conhecer as principais obras, autores e como eles influenciaram tudo o que veio depois.

Como principais obras e autores nacionais, podemos destacar:

Machado de Assis

Não tem jeito! Vai fazer Enem , é fundamental ler pelo menos os livros “Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Dom Casmurro”. Esses são os mais pedidos no exame e provavelmente estarão nesta edição.

Sabe por que eles são tão queridinhos? Porque abordam temas relacionados à sociedade e criticam o comportamento humano de uma época. Com sua ironia, trazem luz para discussões atuais e são muito apreciados.

Manuel Bandeira

Esse também é outra presença constante no Enem. Poemas do livro “Estrela da Vida Inteira” precisam fazer parte da sua lista de leituras obrigatórias para o exame.

Ali, o autor retrata a valorização do cotidiano, transformando cenas simples em poesia. A obra é perfeita para ser relacionada aos dias atuais.

Carlos Drummond de Andrade

Conhecimentos sobre as obras desse autor como “Alguma Poesia” e “Poesia Completa” podem ser exigidas no Enem 2020.

Bastante conceituado e que se destacou na segunda fase do Modernismo, Drummond reúne poemas, contos e crônicas que todos os estudantes devem ler e interpretar, fazendo uma conexão com os dias atuais.

Outras leituras recomendadas para o Enem

Embora os livros citados acima sejam os mais recorrentes no Enem, é bom ampliar sua lista de leituras e conhecimentos para não ser pego de surpresa no exame.

Além das leituras obrigatórias para o Enem, vale, ainda, ler “Iracema”, de José de Alencar; “Capitães de Areia”, “Gabriela, cravo e canela”, “Dona flor e seus dois maridos”, de Jorge Amado.

“Vidas Secas” e “Angústia”, de Graciliano Ramos, são outras obras recomendadas e que possivelmente estarão presentes no exame de 2020.

Além dessas dicas de leitura, veja também esse vídeo com o professor de Literatura Diogo Mendes com dicas de livros que mais caem no Enem.

E aí? Anotou as leituras que não podem faltar na sua rotina de estudos online para o Enem?

Vale a pena buscar sempre compreender o sentido das obras e trazê-las para os dias de hoje. Afinal, sabemos que esse exame pede sempre para relacionar fatos atuais com obras escritas há muito anos. Vale a pena investir nesse exercício!