Todo idioma possui um conjunto de palavras que compõe o vocabulário de determinada língua chamado de léxico. Dentro dele, podemos encontrar diversas classificações de palavras que possuem funções semânticas.

A semântica é uma área dos estudos linguísticos responsável por estudar as palavras e os seus significados dentro de determinados contextos. Nela, estudamos os conceitos como os de sinonímia, de antonímia, entre outros. Todos eles são importantes para auxiliar na organização de textos, na adequação vocabular e para facilitar a coesão textual. Vamos aprender um pouco sobre eles?

1. Semântica


A sinonímia é a relação entre diferentes palavras, mas que apresentam semelhança em relação ao significado. Por exemplo, as palavras “casa” “moradia”, “lar” e “residência” são diferentes entre si, mas representam a mesma ideia. Lembre-se que essa relação não necessariamente se dá entre duas palavras apenas, pode ocorrer o caso de haver diversas palavras para uma substituição.

Por outro lado, a antonímia possui uma relação antitética com os sinônimos porque apresentam sentido contrário, ou seja, é oposição a outra palavra. A palavra “mal”, por exemplo, designa uma qualidade negativa em relação a algo ou alguém, por outro lado, o antônimo dessa palavra é o vocábulo “bem”, pois expressa uma qualidade positiva.

2. Aplicação em textos


A utilização de sinônimos é um ótimo recurso em provas de redação, principalmente do Enem. Na grade de correção do Exame Nacional do Ensino Médio, a competência 5 avalia o domínio de recursos coesivos para a progressão do texto, isso significa que avalia-se tanto a utilização de conectivos estabelecendo uma relação de sequência entre as partes do texto, quanto a referenciação, ou seja, a utilização de palavras que auxiliem a retomada de ideias e evite a repetição de palavras.

Outro ponto importante para destacar é que na Língua Portuguesa não existem sinônimos perfeitos, ou seja, duas palavras diferentes que expressam exatamente o mesmo significado. Como mostrado acima, as palavras “casa” e “residência” são sinônimas porque os sentidos das palavras são próximos, mas não são equivalentes. Por exemplo, se pensarmos na célebre frase “lar doce lar” e utilizarmos a palavra “residência” como sinônimo de “lar”, não terá o mesmo efeito de sentido. Veja só: “residência doce residência”. Não é a mesma coisa, né? Assim, a escolha vocabular é motivada tanto pelo contexto quanto pelo estilo do autor.

A utilização de um sinônimo é quase montar um quebra-cabeças para achar a palavra que se encaixe perfeitamente em um texto.

3. Coesão referencial

A coesão é o fator de textualidade responsável por garantir a progressão textual, tanto em relação à união das partes do texto, por meio de conectivos (coesão sequencial) quanto evitar a repetição de palavras dentro de um texto (coesão referencial).

Agora, observe o parágrafo abaixo:

Em primeiro lugar, cabe destacar a precariedade das prisões brasileiras. De acordo com uma pesquisa, alguns problemas crônicos nas prisões são a superlotação e a saúde precária. Além de possuir a quarta maior população carcerária do mundo e não haver perspectiva de melhora nas prisões devido às celas sobrecarregadas, há, consequentemente, maior proliferação de doenças devido ao ambiente insalubre ao qual estão expostos por causa das celas sujas e da falta de recursos mínimos de higiene nas prisões.

Note que o fragmento possui diversas repetições da palavra “prisões” e poderia ser substituída por sinônimos, por exemplo: “estabelecimento prisionais”, “celas”, “cadeias”, “cárcere”, etc. Pratique esse exercício de sinonímia nas suas redações também e garanta 200 pontos na Competência 3. Não esqueça!

4. Lista de sinônimos e antônimos

Aprenda mais sobre Português e se prepare para o ENEM e vestibulares agora mesmo clicando aqui!
Continue estudando
Post do blog

Conheça 4 exemplos de intertextualidade encontrados na “Canção do Exílio”

Todo aluno do Descomplica já ouviu falar na “Canção do Exílio”, obra prima de Gonçalves Dias, escritor da primeira fase do Romantismo e constantemente usadas nos exercícios da língua português dos principais vestibulares do Brasil.
artigo
Post do blog

4 tirinhas que irão acabar com suas dúvidas entre ambiguidade e polissemia!

Ainda tem dúvidas sobre ambiguidade e polissemia? Vem dar uma olhada nessas quatro tirinhas para ficar por dentro de tudo!
artigo