Questões Comentadas: 2ª e 3ª Geração do Romantismo

Leia o resumo “O que caracteriza a poesia da 2ª e 3ª Geração do Romantismo” e resolva os exercícios abaixo.

1. (ENEM) Leia o soneto abaixo:

“Já da morte o palor me cobre o rosto,
Nos lábios meus o alento desfalece,
Surda agonia o coração fenece,
E devora meu ser mortal desgosto!

Do leito embalde no macio encosto
Tento o sono reter!… já esmorece
O corpo exausto que o repouso esquece…
Eis o estado em que a mágoa me tem posto!

O adeus, o teu adeus, minha saudade,
Fazem que insano do viver me prive
E tenha os olhos meus na escuridade.

Dá-me a esperança com que o ser mantive!
Volve ao amante os olhos por piedade,
Olhos por quem viveu quem já não vive!”

(AZEVEDO, A. Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2000)

O núcleo temático do soneto citado é típico da segunda geração romântica, porém configura um lirismo que o projeta para além desse momento específico. O fundamento desse lirismo é:
a) a angústia alimentada pela constatação da irreversibilidade da morte.
b) a melancolia que frustra a possibilidade de reação diante da perda.
c) o descontrole das emoções provocado pela auto piedade.
d) o desejo de morrer como alívio para a desilusão amorosa.
e) o gosto pela escuridão como solução para o sofrimento.

2. Leia o poema abaixo:

MOCIDADE E MORTE
“Oh! eu quero viver, beber perfumes
Na flor silvestre, que embalsama os ares;
Ver minh’alma adejar pelo infinito,
Qual branca vela n’amplidão dos mares.
No seio da mulher há tanto aroma…
Nos seus beijos de fogo há tanta vida…
– Árabe errante, vou dormir à tarde
À sombra fresca da palmeira erguida.”

No trecho acima, de Castro Alves, reúnem-se vários dos temas e aspectos mais característicos de sua poesia. São eles:
a) identificação com a natureza, condoreirismo, erotismo.
b) aspiração de amor e morte, sensualismo, exotismo.
c) sensualismo, aspiração de absoluto, nacionalismo, orientalismo.
d) personificação da natureza, hipérboles, sensualismo velado, exotismo.
e) aspiração de amor e morte, condoreirismo, hipérboles.

3. (ENEM) No trecho abaixo, o narrador, ao descrever a personagem, critica sutilmente um outro estilo de época: o Romantismo.
“Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos; era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça, e, com certeza, a mais voluntariosa. Não digo que já lhe coubesse a primazia da beleza, entre as mocinhas do tempo, porque isto não é romance, em que o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas; mas também não digo que lhe maculasse o rosto nenhuma sarda ou espinha, não. Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, que o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.”

(ASSIS, Machado de. Memórias Póstumas de Brás Cubas. Rio de Janeiro: Jackson,1957.)

A frase do texto em que se percebe a crítica do narrador ao romantismo está transcrita na alternativa:
a) “… o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas …”
b) “… era talvez a mais atrevida criatura da nossa raça …”
c) “Era bonita, fresca, saía das mãos da natureza, cheia daquele feitiço, precário e eterno, …”
d) “Naquele tempo contava apenas uns quinze ou dezesseis anos … “
e) “… o indivíduo passa a outro indivíduo, para os fins secretos da criação.”


4. (UFV-MG) A ficção romântica é repleta de sentimentalismos, inquietações, amor como única possibilidade de realização, personagens burguesas idealizadas, culminando sempre com o habitual “… e foram felizes para sempre”.

Assinale a alternativa que não corresponde à afirmação acima:
a) O amor constitui o objetivo fundamental da existência e o casamento, o fim último da vida.
b) Não há defesa do casamento e da continência sexual anterior a ele.
c) A frustração amorosa leva, incondicionalmente, à morte.
d) Os protagonistas são retratados como personagens belas, puras, corajosas.
e) A economia burguesa determina os gostos e a maneira de ver o mundo ficcional romântico.

Gabarito

 1. B

Comentário: 

O sentimento de melancolia do eu lírico e a aproximação com a morte, são características perceptíveis ao longo do poema. Portanto, por mais que o desejo de morrer, a auto piedade e a angústia sejam características da 2ª Geração, não englobam com o que foi pedido no enunciado, que busca avaliar o lirismo para além de seu momento específico. Nesse caso, os versos ” O corpo exausto que o repouso esquece…/Eis o estado em que a mágoa me tem posto!” confirmam a alternativa B.

2. A

Comentário:

Castro Alves é o principal autor da 3ª Geração Romântica. Em sua poesia lírica, percebemos a sensualização feminina, afastando-se da idealização amorosa e que coloca a amada como um elemento inatingível. Os versos “No seio da mulher há tanto aroma…/Nos seus beijos de fogo há tanta vida…” confirmam esse nova posição da mulher, descrita pelo eu lírico. Ademais, o autor relaciona o cenário natural com o seu envolvimento amoroso.

3. A

Comentário: 

Machados de Assis ironiza o movimento romântico, anterior à escola realista. No verso “… o autor sobredoura a realidade e fecha os olhos às sardas e espinhas …”, percebemos que o autor critica a idealização amorosa do eu lírico com a amada, como também, a fuga à realidade; aspectos característicos do Romantismo. 

4. B

 Comentário: 

Com base no trecho apresentado no enunciado, a ficção romântica aborda características da escola romântica, como o alto sentimentalismo, a submissão amorosa e também, sentimentos de insatisfação, angústia com as desilusões amorosas. A 2ª Geração romântica, em algumas poesias propaga que o amor é a única forma de felicidade e, junto à idealização da amada, faz-se necessário a comparação do elemento feminino com elementos que representassem a pureza, a fim de reforçar sua idealização. Com isso, o trecho destacado defende a presença do casamento, assim como, a castidade por parte da amada na ficção romântica.

Continue estudando
artigo
Post do blog

Questões Comentadas: Romantismo

Link do módulo: https://descomplica.com.br/portugues/romantismo-no-brasil-primeira-geracao/contextualizacao-geral
artigo
Post do blog

Questões Comentadas: 2ª e 3ª gerações do Romantismo

Leia o resumo O que caracteriza a poesia da 2ª e 3ª geração do Romantismo? e resolva os exercícios abaixo.