5 exemplos de produção de texto

Aprenda sobre os gêneros textuais mais cobrados nas provas de vestibular do país.

5 exemplos de produção de texto

As provas de redação nos vestibulares buscam avaliar a capacidade reflexiva e crítica dos alunos sobre determinado tema a partir de uma produção de texto. A dissertação-argumentativa é o gênero textual mais solicitado nos vestibulares, por exemplo, no Exame Nacional do Ensino Médio, porém, outras universidades podem exigir outros textos.

Pensando nisso, reunimos as características e a estrutura dos principais gêneros textuais solicitados nos diferentes exames de ingresso às universidades do país para que você não se surpreenda na hora da sua prova. Preparado? Então, tire suas dúvidas agora mesmo.

1- Dissertação-argumentativa

A dissertação-argumentativa é o gênero mais comum em provas de vestibular. Sua estrutura é dividida em introdução, desenvolvimento e conclusão. Esse texto possui dois objetivos: falar sobre determinado tema e convencer o leitor sobre a nossa opinião. Assim, tem-se uma frase tema e nosso dever é apresentar argumentos, ou seja, justificativas que comprovem a nossa opinião.

Cabe destacar que os temas de uma dissertação podem ser de dois tipos: subjetivos ou objetivos. Os temas subjetivos possuem caráter reflexivo e são mais abstratos, ou seja, não há uma resposta certa na redação, mas sim possibilidades de argumentação. Por outro lado, os temas objetivos são aqueles mais próximos do nosso cotidiano, que abordam questões relacionadas à atualidade e possuem um direcionamento provocado pela frase-tema.

2- Artigo de opinião

O artigo de opinião é um gênero de caráter argumentativo, ou seja, é um texto que defende um ponto de vista por meio de argumentos. Geralmente, os temas apresentam algum assunto relevante para a sociedade.

O que difere o artigo de opinião de um texto dissertativo-argumentativo é a utilização da primeira pessoa e de marcas de subjetividade, como a utilização de adjetivos para evidenciar a opinião de quem escreve, porém, a estrutura se mantém a mesma: tese na introdução, argumentação no desenvolvimento e síntese das ideias na conclusão.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Redação de graça no Descomplica!

3- Resumo

O resumo é um gênero textual muito conhecido na vida dos estudantes, mas existem algumas regras que devem ser utilizadas na elaboração desse texto. O resumo é um novo texto elaborado a partir de um texto-base e não deve ser uma série de recortes do texto original. Deve-se fazer referência, ou seja, mencionar o texto original bem como ao seu autor.

Deve-se priorizar as ideias centrais do texto-base e se ater fielmente a ele, sem acréscimos de ideias, opiniões, posicionamentos pessoais ou acréscimo de citações. Em relação à estrutura, o resumo é bem flexível, porém, deve-se apresentar primeiramente o texto original, fonte e autor antes de sintetizar as ideias do texto original.

4- Narração

O texto narrativo é aquele que conta uma história sobre determinado tema a partir de uma sequência de fatos e acontecimentos. A narração é dividida em: apresentação inicial (apresentação dos personagens, tempo e espaço); desenvolvimento (apresentação da história); clímax (parte mais emocionante da narrativa) e desfecho (finalização da história com final feliz ou triste).

Além disso, a narrativa teve ter um foco em 1ª pessoa ou 3ª pessoa, ou seja, quando o narrador for personagem ou observador, respectivamente. Lembre-se, também, que há diversos gêneros narrativos, entre eles: o romance, a novela, o conto, a crônica e a fábula, por exemplo, mas a diferença entre eles é apenas a extensão do texto. Nas provas de redação, geralmente, não há um pedido de gênero, somente que se enquadre de acordo com a estrutura narrativa.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Redação de graça no Descomplica!

5- Carta

A carta é um gênero textual aplicado na comunicação do cotidiano, embora não seja mais tão frequente como era anteriormente, mas possui o objetivo de informar sobre determinado fato ou acontecimento.

Esse gênero consiste na existência de um emissor (remetente) e um receptor (destinatário). A linguagem utilizada depende do grau de formalidade entre o emissor e receptor da carta visto que se pode utilizar linguagem informal ou formal. Por mais que as cartas tenham basicamente a mesma estrutura e função, elas podem variar de acordo com a finalidade comunicativa, por exemplo: carta pessoal, carta argumentativa, carta do leitor, carta aberta e carta comercial.

OBS: Gêneros incomuns de produção de texto!

Mesmo que seja cobrado um gênero textual que você nunca tenha praticado, não é motivo para desespero. Lembre-se que nós somos mais consumidores de textos, do que produtores e provavelmente já nos deparamos em alguma situação com aquele modelo exigido na produção textual.

As bancas de vestibular que não informam previamente o gênero solicitado costumam apresentar algumas características do texto que desejam a partir de tópicos com informações que devem estar no seu texto. Fique atento, sempre, acerca do tipo textual exigido (argumentativo, narrativo, informativo, etc) e do nível de linguagem que deve ser utilizado de acordo com a situação comunicativa exigida: formal ou informal.

Assista também 👉 Como escrever a redação perfeita para o Enem

O Enem tá chegando! Tá treinando a sua redação pro vestibular? O texto dissertativo-argumentativo também é cobrado na Fuvest, sabia? Então dá o play que hoje a gente vai te dar a receita pra escrever a redação perfeita na sua prova!

Curtiu esse episódio sobre Redação? Baixe de graça o mapa mental completo e em alta resolução clicando aqui! Use pra estudar ou pra fazer um pôster bem lindão!

💚

A maior sala de aula direto da sua casa!

Junte-se aos 230 mil alunos que descobriram como melhorar os resultados estudando online! 👉 Clique aqui e saiba como!

Continue estudando
artigo
Post do blog

4 características de uma resenha

A resenha é um gênero textual de caráter técnico muito comum no meio acadêmico. Similar ao resumo, o objetivo deste texto é analisar e descrever os principais pontos de uma obra para facilitar a transmissão do conteúdo para um outro leitor.
artigo
Post do blog

O que é uma resenha crítica e como fazer

Apresentaremos neste post como realizar cada parágrafo e introduzir o seu ponto de vista de modo claro, objetivo e direto para o leitor! Vamos juntos?