• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Resumo sobre Ecologia: saiba como cai no Enem

Ecologia é uma área bastante ampla da Biologia e que certamente cai no Enem. Sim, a gente sabe que esta disciplina engloba um montão de coisas, mas você vai precisar entendê-la a fundo se quiser mandar bem no exame.  

Porém, como a gente é brother dos estudantes e quer que geral se dê bem na prova, preparamos um resumo sobre Ecologia pra te dar uma força! Ah! E também tem o mapa mental de tudo que abordaremos a seguir pra você usar sem medo! Baixa aqui!

Se liga no resumão de Ecologia pro Enem e vem arrasar no exame!

O que saber de Ecologia para o Enem

Se liga só nos seguintes termos, fundamentais em Ecologia:

  • Habitat é onde uma espécie vive;
  • Nicho ecológico diz respeito às atividades de uma espécie (seu comportamento alimentar);
  • População é o conjunto de indivíduos de mesma espécie que vivem e ocupam mesma área;
  • Comunidade são populações de seres vivos de diferentes espécies, que mantêm relações entre si no mesmo habitat.

Sacou? Estes são alguns conceitos básicos de Ecologia e que não podem faltar no nosso resumo. Se estiverem bem claros pra você, é hora de seguirmos adiante.

Ecossistema e biosfera são coisas diferentes, então não pode confundir!

Ecossistema é quando os fatores bióticos se relacionam com os abióticos, vivendo com a parte não viva do ambiente, tais como solo, temperatura ou água.

Biosfera é o conjunto de todos os ecossistemas da Terra, onde a vida é sempre possível. Pode ser dividida em Talassociclo (ambiente marinho), Limnociclo (água doce) e Epinociclo (ambiente terrestre).

Falando nisso, há biomas dentro do Epinociclo. Vamos aos principais do Brasil?

·      Amazônia;

·      Caatinga;

·      Cerrado;

·      Mata atlântica;

·      Pampas;

·      Pantanal

Manguezal e Mata de Cocais são regiões ecótonas, pois representam uma área de transição entre os ambientes. Mangue é a transição entre todos os biociclos e Mata de Cocais é a união entre caatinga, cerrado e Amazônia.

Outro ponto fundamental no resumo sobre Ecologia para o Enem são as relações ecológicas. Olha só:

Ecobiose é a relação de nós com o meio

Alelobiose é a relação dos seres entre si

Desmembrando estes conceitos, chegamos às relações tróficas.

Seres autótrofos são autônomos, ou seja, produzem seu próprio alimento. Isso pode acontecer por fotossíntese ou quimiossíntese.

Seres heterótrofos não produzem seu próprio alimento. Eles se alimentam de outros organismos ou decompositores.

Aí é que surge a cadeia alimentar, que é quando o organismo é alimento de outro ser vivo, havendo transferência de matéria e energia unidirecionais.

Cada organismo ocupa um nível trófico diferente. Assim, acontece o ciclo de nutrientes. Quer um exemplo?

No mapa mental, pode ver alguns seres vivos.

O gafanhoto representa o consumidor primário, que se alimenta de um produtor e ocupa o segundo nível trófico. Geralmente, falamos dos herbívoros aqui.

O sapo que come o gafanhoto, por outro lado, é carnívoro, consumidor secundário, e ocupa o terceiro nível trófico da cadeia.

Aí vem a serpente, que é consumidora terciária e come o sapinho!

No final da cadeia, todos esses seres serão decompostos pelos decompositores e a matéria inorgânica produzida por eles é reabsorvida pelos produtores. Aí, acontece a teia alimentar.

Importante: um mesmo indivíduo pode ocupar mais de um nível trófico.

Exemplo: se a onça se alimenta da raposa, ela ocupa o quarto nível trófico, sendo consumidor terciário. Se, por outro lado, ela comer só coelho, fica no terceiro nível trófico, sendo uma consumidora secundária.

A energia solar é a principal fonte de energia do sistema alimentar, transformada em energia química pelos organismos fotossintetizantes. Ela fica armazenada na matéria orgânica, quando a energia está em nível trófico, perdida pelo ambiente pelas atividades metabólicas que o organismo faz, incluindo até mesmo respirar.

Se o organismo é ingerido por outro, apenas parte da energia é transmitida para o outro e assim por diante, até o fim da cadeia.

O fluxo de energia é unidirecional e não há reaproveitamento da energia liberada. A energia transferida diminui a cada comedor, sacou?

Quer um exemplo de como a Ecologia é aplicada no Enem? Olha só:

Enem 2011

Os vaga-lumes machos e fêmeas emitem sinais luminosos para se atraírem para o acasalamento. O macho reconhece a fêmea de sua espécie e, atraído por ela, vai ao seu encontro. Porém, existe um tipo de vaga-lume, o Photuris, cuja fêmea engana e atrai os machos de outro tipo, o Photinus fingindo ser desse gênero. Quando o macho Photinus se aproxima da fêmea Photuris, muito maior que ele, é atacado e devorado por ela.

BERTOLDI, O. G.; VASCONCELLOS, J. R. Ciência & sociedade: a aventura da vida, a aventura da tecnologia. São Paulo: Scipione, 2000 (adaptado).

A relação descrita no texto, entre a fêmea do gênero Photuris e o macho do gênero Photinus, é um exemplo de

a) comensalismo.

b) inquilinismo.

c) cooperação.

d) predatismo.

e) mutualismo.

Resolução

Aqui, o tema se refere às relações ecológicas, ou seja, à interação entre os seres vivos. No caso aqui citado, há espécies diferentes relacionando-se (relação interespecífica), mas apenas uma é beneficiada com essa interação (relação desarmônica). Como uma espécie é literalmente devorada pela outra, temos um caso de predatismo (letra D).

O Descomplica te ajuda com resumo de Ecologia para o Enem e muito mais! Conheça nosso plano de aulas para o Enem 2021 e veja como tirar aquele notão sinistro na prova!