• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Confira 7 dicas de como melhorar a dicção

Desde o início dos estudos, os estudantes são treinados a responder perguntas e apresentar seminários pra toda a sala, trabalhando a fala e a oratória logo cedo. Por isso, saber como melhorar a dicção pode ser um passo importante pro seu pleno desenvolvimento.

Afinal, muitos apresentam dificuldade no início, mas desenvolvem a capacidade de falar em público no decorrer da vida. Outros, não conseguem dominar essa técnica e precisam treinar muito pra enfrentar situações que exigem uma boa oratória.

Enquanto estão no ensino médio, pode ser que os professores relevem as dificuldades dos alunos nas apresentações orais.

Mas, ao chegar em uma faculdade, é essencial que os estudantes saibam trabalhar bem a dicção, pois além de seminários eles vão precisar defender seus TCCs (Trabalho de Conclusão de Curso).

Portanto, bora com a gente aprender como melhorar a dicção e falar bem em público!

pessoa apontando para o lado com expressão de surpresa

O que é dicção?

A dicção é uma das responsáveis pela dificuldade ao falar em público. Além dela, há também a timidez e a oratória.

Logo, a dicção é a forma que pronunciamos sons das sílabas, palavras e letras. Nesse sentido, ela ainda representa como articulamos palavras, frases e expressões.

Portanto, é necessária uma articulação pra que a fala seja compreendida pelo público.

Tal articulação vem da junção de alguns órgãos do corpo humano como língua, lábios e bochechas.

No entanto, ter problemas com dicção não representa um problema grave, pois geralmente quem apresenta esses problemas tem o pensamento muito rápido que os movimentos não acompanham.

Em casos raros, é possível que o problema se encontre em algum dos órgãos da dicção que, além dos já citados, incluem dentes, mandíbula e palato.

Com a geração Z, o problema da dicção ruim tende a ser comum, pois os jovens vivenciam a era da informação rápida, da velocidade, onde ler um livro ou descansar será algo raro.

Portanto, treinar a dicção é uma ótima opção pra melhorar a fala em público, principalmente ao apresentar trabalhos na escola/faculdade. Então, confira a seguir 7 dicas de como melhorá-la!

como melhorar a dicção – duas pessoas conversando com telefone de lata

Conheça 7 dicas de como melhorar a dicção

Os benefícios de melhorar a dicção vai além dos estudos, envolve convívio com amigos e familiares. Então, saca só as 7 dicas de como melhorar a dicção.

1. Gravar a própria voz

Quando estiver lendo um texto da faculdade ou um livro qualquer, leia em voz alta e procure gravar a sua voz pra conferência.

Ao finalizar, escute e compreenda a forma como está lendo, procurando os pontos que precisam melhorar, quais sílabas tem dificuldade pra aprender a pronúncia e os trechos mais difíceis de compreender.

2. Falar as consoantes com clareza

Esse método consiste em observar se está expressando as consoantes da forma correta, com os fonemas sendo pronunciados com precisão e clareza.

Aqui, vale a prática rotineira, pois melhorar a dicção requer treinos diários, uma horinha já deve bastar.

3. Prestar atenção no ritmo da fala

Se gosta de músicas, já deve ter observado que elas apresentam ritmos distintos, como pop, rock, MPB, entre outros. Até mesmo nesses ritmos, a expressão não é igual, o mesmo acontece com a fala, pois há diversos sotaques.

Então, é importante prestar atenção no ritmo da fala, observar o seu tempo (se fala mais devagar ou mais rápido) e a melhor forma de expressar cada sílaba.

4. Manter a calma e controle da respiração

Manter a tranquilidade em uma apresentação de seminário é essencial quando estamos falando de dicção. É importante se manter calmo e fazer alguns exercícios pra voz. No entanto, tais exercícios precisam ser indicados por um fonoaudiólogo.

Outra opção é a meditação, pois, com ela, além de trabalhar a respiração em sua totalidade, vai ajudar a reduzir a ansiedade e facilitar a fala. Algumas opções de aplicativos são:

  • Medite-se;
  • Lojong;
  • Meditopia.

Há também meditação guiada no YouTube ou, caso já seja adepto da prática, basta colocar um som de fundo e meditar.

5. Praticar rumo à perfeição

Como todo serviço, somente a prática levará a uma dicção perfeita. Além de escutar sua voz, outra opção é treinar lendo textos curtos em voz alta, como trava-línguas e rimas.

6. Gesticular melhor nas apresentações

Quando há alguma apresentação, uma forma de ajudar o público a compreender a mensagem que deseja transmitir é utilizar expressões corporais.

É importante que saiba gesticular durante as apresentações, isto é, movimentar braços e/ou pernas enquanto apresenta. Exemplo: ao apresentar um mapa, aponte a região que quer mostrar.

7. Ter um bom vocabulário

Ter um vocabulário bom diminui as chances de repetir expressões como “tipo”, “daí”, “é…”, entre outras.

Pra isso, é necessário leitura de livros, artigos, blogs, jornais, qualquer tipo de texto informativo ou literário (não vale mensagens de WhatsApp rs).

Uma dica é entrar todos os dias em sites de notícias ou blogs de assuntos que goste

Portanto, como pôde ver, ter uma dicção boa requer prática e alguns exercícios podem ser úteis como aumentar o vocabulário, praticar leitura em voz alta e gesticular nas apresentações. Além disso, procurar um fonoaudiólogo pode ajudar bastante em alguns casos.

Então, essas foram as 7 dicas de como melhorar a dicção e falar bem em público. Por falar em controle e prática, que tal fazer um curso livre EaD do Descomplica? Conheça as opções disponíveis!