Blog Descomplica

Fisioterapia Esportiva: o que você precisa saber sobre a área

Está pensando em seguir carreira em Fisioterapia Esportiva? Aprenda como é trabalhar nessa área e várias outras informações importantes.
porDescomplica| 11/08/2021

Compartilhe

Não importa qual seja o esporte, existem sempre grandes atletas ultrapassando barreiras de todos os tipos. No entanto, todas essas performances exigem bastante do corpo humano e a Fisioterapia Esportiva vem para cuidar desses atletas.

Com isso, aumentam as chances de lesões na musculatura, em articulações, entre outros. Dessa forma, precisam contar com a ajuda de profissionais da área de Fisioterapia Esportiva, que se dedicam a cuidar de atletas.

Os Fisioterapeutas Esportivos se encarregam de prevenir e tratar problemas como esses que podem atingir quem pratica esportes de todos os tipos. Ou seja, eles têm a grande responsabilidade de colocar o atleta de volta em atividade após uma lesão.

Achou esse trabalho interessante? Então, talvez, valha a pena se aprofundar mais pra conhecer a área de Fisioterapia do Esporte. Essa pode ser a sua vocação e é uma atividade capaz de trazer a sua realização profissional.

Que tal descobrir mais sobre a área de Fisioterapia Esportiva? A seguir, você vai conhecer como é trabalhar nela, quanto ganha um profissional e como encontrar o melhor curso. Confira!

fisioterapia esportiva – fisioterapeuta analisando joelho de atleta

Como é o trabalho da Fisioterapia no Esporte?

A principal responsabilidade de quem faz Fisioterapia Esportiva é trabalhar na recuperação de atletas e demais praticantes de atividades físicas.

Assim, o foco está não apenas em tratar problemas, mas também em ajudar a preveni-los em situações futuras.

Quem é Fisioterapeuta Esportivo tem como compromisso devolver o seu paciente à atividade quanto antes.

No entanto, a prioridade é sempre realizar diagnósticos precisos, receitar os tratamentos corretos e acompanhar a evolução do atleta.

Esse trabalho também envolve avaliações individuais, que englobam a elaboração de planos de recuperação pensados pra cada atleta.

A partir daí, dá pra aplicar tratamentos focados em prevenir seus problemas mais comuns e fortalecer seu corpo.

Por fim, um Fisioterapeuta Esportivo costuma trabalhar com as seguintes ferramentas:

  • treinos funcionais — que são atividades físicas direcionadas pra tratamentos específicos ou planos de aprimoramento do atleta;
  • terapia manual — em que o profissional realmente coloca a mão na massa e aplica a fisioterapia manipulativa pra estabilizar e tratar o paciente;
  • tratamentos especializados — como é o caso de eletroterapia, eletromiografia, biofeedback de EMG, entre outros.
fisioterapia esportiva – fisioterapeuta atendendo a um paciente

Como é o mercado de trabalho para um Fisioterapeuta Esportivo?

O mercado de Fisioterapia Esportiva é bastante vasto porque existem inúmeras modalidades esportivas e empresas interessadas em manter atletas em boa forma.

Nos últimos anos, esse cenário ficou ainda mais convidativo pra novos profissionais.

Ou seja, não apenas academias de ginástica como também clubes esportivos, agremiações e até comitês olímpicos precisam de Fisioterapeutas Esportivos.

Além disso, atletas podem contratar esses profissionais pra serem responsáveis pelo seu condicionamento físico.

Outro aspecto que contribui pra ampliação do mercado de trabalho pro Fisioterapeuta Esportivo é o crescimento no número de eventos esportivos.

As pessoas têm mais interesse em várias modalidades, o que incentiva a organização de um calendário esportivo mais robusto.

Afinal, a perda do rendimento de um atleta por conta de uma lesão faz com que essas instituições deixem de funcionar com todo o seu potencial.

Então, é muito vantajoso pra elas poder contar com profissionais qualificados pra cuidar do aspecto físico de seus atletas.

Só que, mesmo com tanto mercado, é imprescindível buscar a qualificação certa pra realizar esse trabalho com excelência. Senão, será bastante difícil encontrar boas oportunidades na área.

Leia também: O que é Nutrição Esportiva? Conheça os 3 principais pontos

fisioterapia esportiva – fisioterapeuta atendendo a um paciente

Quanto ganha quem trabalha com Fisioterapia Esportiva?

Uma das informações mais importantes pra se saber a respeito de uma carreira é o salário que o profissional ganha. Afinal, você com certeza quer se sustentar a partir do seu próprio trabalho, não é?

A média de salário de um Fisioterapeuta Esportivo é de R$ 2.611,71. Além disso, o piso salarial registrado é de R$ 2.383,67, enquanto o teto fica em R$ 5.425,40.

Esses dados são resultados de um levantamento a partir do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Então, retratam informações divulgadas pelos próprios profissionais. O período considerado na pesquisa vai de 2020 a 2021.

fisioterapia esportiva – duas pessoas estudando pelo notebook

Como é um curso de Fisioterapia Esportiva?

Fisioterapia Esportiva é uma das especialidades da Fisioterapia. Essa área da saúde proporciona diversas oportunidades no mercado pros profissionais, especialmente porque permite acesso a um segmento mais específico e valorizado.

Um curso de Fisioterapia Esportiva traz ao estudante o conhecimento e a experiência que precisa pra exercer essa profissão. Ou seja, é um conteúdo relacionado à avaliação física de atletas, reabilitação, diagnóstico de lesões, tratamentos, prevenção, entre vários outros.

Por se tratar de uma especialização, você tem que fazer uma graduação em Fisioterapia como base — ou em qualquer outra área correlata.

A partir daí, o profissional formado pode buscar por uma especialização na área de Fisioterapia Esportiva.

Vale reforçar que existem várias opções de cursos nesse sentido, com durações e focos distintos.

Então, é fundamental avaliar a grade curricular, as qualificações dos professores e a reputação da instituição de ensino antes de decidir.

fisioterapia esportiva – fisioterapeuta sorrindo, paciente ao fundo fazendo exercícios

Qual é o perfil de profissional ideal pra fazer Fisioterapia Esportiva?

Você está se perguntando se tem o perfil adequado pra seguir carreira com a Fisioterapia do Esporte? Esse é um questionamento importante a se fazer antes de mergulhar em qualquer área de atuação.

Um dos pontos mais importantes pra um profissional de Fisioterapia Esportiva é gostar de lidar com pessoas. Além disso, deve ter facilidade pra se relacionar com os pacientes, motivá-los e integrá-los no processo de recuperação.

Não podemos nos esquecer de mencionar o prazer pelos estudos. Ou seja, quem trabalha com Fisioterapia Esportiva precisa ter afinidade com a área de saúde e disciplinas relacionadas ao corpo humano.

Essas características do perfil profissional ideal de quem atua com Fisioterapia do Esporte serão essenciais pra alcançar bons resultados na profissão. Assim, será possível conquistar oportunidades cada vez melhores na área.

Você curte esportes e gosta de trabalhar com a saúde das pessoas? Então, vale a pena aproveitar o aquecimento do mercado de Fisioterapia Esportiva.

Basta se qualificar adequadamente pra entrar nesse segmento e usar os seus conhecimentos pra fazer a diferença no desempenho de atletas de todos os tipos.

Encontre a qualificação certa pra trabalhar no meio da saúde. É só acessar o site e conhecer todas as opções da Pós-graduação em Fisioterapia.

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica