Tudo que você precisa saber sobre Citoplasma e Organelas!

Se você ainda tem dúvidas em biologia, esta é a hora de acabar com todas! Aprenda tudo sobre Citoplasma e Organelas para arrasar nas provas!

Citoplasma

Imagem em microscopia do citoplasma e núcleo de uma célula.
Imagem em microscopia do citoplasma e núcleo de uma célula.

O citoplasma consiste no material que está no interior da célula, contido pela membrana plasmática. As organelas celulares estão contidas nele.

O citoplasma é composto por uma porção viscosa, o citosol (ou hialoplasma), onde ocorre a maior parte das reações químicas importantes para a manutenção da vida. O fluido citoplasmático é composto principalmente por água, proteínas, sais minerais e açúcares. Ele também armazena, nas células animais, gordura e glicogênio.

Organelas

Retículo Endoplasmático Rugoso (RER)

Esquema do retículo endoplasmático rugoso (RER)
Esquema do retículo endoplasmático rugoso (RER)

O retículo endoplasmático rugoso é formado por uma série de sacos achatados, aos quais estão aderidos ribossomos. Sua principal função é a síntese de proteínas, que serão enviadas para o exterior da célula através do Complexo Golgiense.

Retículo Endoplasmático Rugoso, como visto na microscopia.
Retículo Endoplasmático Rugoso, como visto na microscopia.

Retículo Endoplasmático Liso (REL)

Retículo Endoplasmático Liso, aderido ao RER.
Retículo Endoplasmático Liso, aderido ao RER.

O Retículo Endoplasmático Liso possui mais de uma função. Uma delas é a síntese de lipídios, como o colesterol e hormônios esteroides. Além disso, nas células do fígado, o REL é fundamental no papel de desintoxicação, absorvendo substâncias tóxicas, como o álcool, e as destruindo ou modificando de alguma forma. Por fim, também pode ter função de armazenamento, fato visível nos vegetais, tendo em vista que os vacúolos (bolsas membranosas) derivam deste retículo.

REL, como visto ao microscópio.
REL, como visto ao microscópio.

Complexo de Golgi

Esquema do Complexo Golgiense recebendo material do RER e secretando.
Esquema do Complexo Golgiense recebendo material do RER e secretando.

O Complexo de Golgi, ou Complexo Golgiense, tem a aparência de uma série de bolsas membranosas achatadas empilhadas, como pratos empilhados. O Complexo Golgiense tem função de armazenamento, empacotamento e secreção de substâncias recebidas (por exemplo, enzimas), eliminando-as para fora da célula. Além disso, é capaz de realizar a síntese de glicídios, e também é responsável pela formação dos lisossomos, e do acrossomo dos espermatozoides.

Complexo Golgiense, como visto ao microscópio.
Complexo Golgiense, como visto ao microscópio.

Lisossomos

Lisossomos são bolsas membranosas que contém enzimas digestivas, e são capazes de realizar a digestão intracelular. Quando um material é fagocitado para o interior da célula, o fagossomo resultante se funde a um lisossomo, criando um vacúolo digestivo, que é onde ocorrerá a digestão daquele material.

Os lisossomos também possuem o fundamental papel da autofagia, destruindo organelas desgastadas e aproveitando seus componentes químicos.

Mitocôndria

Mitocôndria
Mitocôndria

A mitocôndria é conhecida como a “powerhouse”, ou “usina” da célula, sendo encontrada em quase todas as células eucariotas. É a organela responsável pela produção de ATP, tendo duas das três etapas da Respiração Celular (O Ciclo de Krebs e a Cadeia Transportadora) ocorrendo em seu interior, em sua matriz e suas cristas, respectivamente. A título de curiosidade, a primeira etapa, a Glicólise, ocorre no citosol.

A equação geral da respiração, processo ao qual a mitocôndria é indispensável, é: C~6~H~12~O~6~ + O~2~ -> 6 CO~2~ + 6 H~2~O + energia, em outras palavras, a glicose é consumida na presença de oxigênio, formando CO2, água e energia.

A mitocôndria possui um DNA próprio, adequadamente nomeado DNA mitocondrial. Considerando que as mitocôndrias são passadas de mãe para filho, o DNA mitocondrial do filho sempre será igual ao DNA da mãe, da avó, da bisavó, e assim sucessivamente.

Teoriza-se que as mitocôndrias foram seres procariontes que passaram a exercer uma relação simbiótica com células eucariontes. Isso pode ser percebido pelo fato do DNA mitocondrial ser mais semelhante ao DNA de bactérias que ao de seres eucariontes.

Cloroplasto

Cloroplasto
Cloroplasto

O cloroplasto é uma organela presente nas células vegetais, e é a organela responsável pelo processo de fotossíntese, produzindo moléculas orgânicas. O cloroplasto abriga a clorofila, pigmento fundamental no processo, sendo graças a este que a planta consegue absorver a energia solar e convertê-la em energia química. No que diz respeito ao tamanho, são organelas avantajadas, bem maiores que as mitocôndrias.

Centríolos

Estrutura de um centríolo.
Estrutura de um centríolo.

Os centríolos não estão envolvidos por membrana, portanto, alguns autores não os consideram organelas, mas isso não os torna menos importantes para as células animais. O centríolo ajuda na separação das células esticando-se na hora da divisão, então os cromossomos ficam ali em volta dos tubos do centríolo. Ao fim da divisão, os centríolos e cromossomos estarão em seus devidos lugares.

Também são fundamentais na formação de cílios e flagelos. Estão ausentes na esmagadora maioria das plantas e dos fungos.

Ribossomo

Os ribossomos, assim como os centríolos, não estão envoltos por membrana, portanto, nem todos os consideram organelas. Sua função é a síntese de proteínas. Diferente dos ribossomos acoplados ao RER, os ribossomos livres no citoplasma tem função de sintetizar as proteínas para uso interno da célula.

Peroxissomos

Peroxissomos
Peroxissomos

Os peroxissomos são organelas esféricas responsáveis por metabolizar o H2O2, um dos principais radicais livres. A catalase dos peroxissomos é capaz de quebrar essa H2O2 em água e oxigênio atmosférico (O2), na seguinte reação: 2 H2O2 + Catalase -> 2 H2O + O2.

Exercícios sobre Citoplasma e Organelas

1) (UFLA-JULHO/2006) Na coluna da esquerda, encontram-se nomes de organelas celulares e, na coluna da direita, importantes processos fisiológicos. Marque a seqüência que representa a correlação CORRETA entre as duas colunas.

Organelas

1 – ribossoma
2 – retículo endoplasmático
3 – mitocôndria
4 – lisossoma
5 – aparelho de golgi

Processos fisiológicos

A – síntese de ATP
B – empacotamento e formação de grãos de secreção
C – síntese de proteínas
D – digestão intracelular
E – neutralização de substâncias tóxicas

a) 1A, 2B, 3D, 4C, 5E
b) 1B, 2D, 3E, 4A, 5C
c) 1C, 2E, 3A, 4D, 5B
d) 1C, 2B, 3A, 4D, 5E

2) (UFV-1996) As mitocôndrias, organelas celulares relacionadas com a produção de energia (ATP), estão presentes em:

a) células animais e vegetais.

b) eucariotos e procariotos.

c) células animais apenas.

d) células vegetais apenas.

e) procariotos.

3) (UFVJM/2005) Leia a informação seguinte.
No citoplasma das células encontram-se os orgânulos que interagem fisiologicamente, executando diferentes funções na manutenção da vida dos diversos órgãos.
Com base nessa informação e em seus conhecimentos, é CORRETO afirmar que:
a) O centríolo participa da divisão celular animal.
b) O complexo de Golgi participa da síntese de lipídeos.
c) O lisossomo é responsável pela respiração celular.
d) O retículo endoplasmático liso é responsável pela síntese de proteínas.

GABARITO

1) C

2) A

3) A

Continue estudando
Post do blog

Mapa Mental: Citoplasma e Organelas

Estudar Citoplasma e Organelas ficou ainda mais fácil com esse mapa mental incrível que preparamos pra você! Confira:
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Organelas

Quer arrasar na sua prova de biologia? Aprenda tudo sobre as Organelas com este mapa mental irado e se prepare para conseguir sua nota 10!
artigo