Questões comentadas: Mitose e meiose

 Leia o resumo Como ocorrem os processos de mitose e meiose? e resolva os exercícios abaixo.

1. (Fuvest) Analise os eventos mitóticos relacionados a seguir:

I. Desaparecimento da membrana nuclear.
II. Divisão dos centrômeros.
III. Migração dos cromossomos para os pólos do fuso.
IV. Posicionamento dos cromossomos na região mediana do fuso.

Qual das alternativas indica corretamente sua ordem temporal?

a) IV-I-II-III.
b) I-IV-III-II.
c) I-II-IV-III.
d) I-IV-II-III.
e) IV-I-III-II.

2. (UFSC) A meiose caracteriza-se pela ocorrência de apenas uma duplicação do material genético para cada duas divisões nucleares, e é responsável pela formação de células haplóides a partir de células diplóides. Em relação a esse tipo de divisão celular, é correto afirmar que:

01. O crossing over ocorre na prófase da meiose I e caracteriza-se pela permuta entre os segmentos das cromátides irmãs do mesmo cromossomo.
02. A redução, pela metade, do número cromossômico confere à meiose uma importância fundamental na manutenção do número constante de cromossomos da espécie.
04. A meiose ocorre durante o processo de produção das células reprodutivas e possibilita o aumento da variabilidade genética dos seres vivos que a realizam.
08. A primeira divisão meiótica é reducional, enquanto a segunda é equacional, já que a partir delas são formadas duas células diplóides e quatro células haplóides, respectivamente.
16. Na anáfase I ocorre a separação dos pares de homólogos, havendo a migração polar dos cromossomos duplicados.
32. As anáfases I e II são semelhantes entre si, à medida que os centrômeros se dividem e as cromátides de cada díade migram para o pólo da célula.
64. Na metáfase I, os pares de cromossomos homólogos duplicados encontram-se na placa equatorial da célula.

3. (UFSCar) O gráfico mostra a variação da quantidade de DNA de uma célula somática durante as diversas fases de sua vida.

No gráfico, a mitose propriamente dita e a interfase correspondem, respectivamente, aos períodos de tempo:
a) 4 a 6    e    1 a 4.
b) 2 a 4    e    3 a 5.
c) 3 a 5    e    1 a 3.
d) 1 a 3    e    4 a 6.
e) 2 a 5    e    3 a 5.

4. (ENEM)


São características do tipo de reprodução representado na tirinha:

a) Simplicidade, permuta de material gênico e variabilidade genética.
b) Rapidez, simplicidade e semelhança genética.
c) Variabilidade genética, mutação e evolução lenta.
d) Gametogênese, troca de material gênico e complexidade.
e) Clonagem, gemulação e partenogênese.

Gabarito

1. D

Resolvendo passo a passo: O evento que marca o final da prófase é o desaparecimento da carioteca (membrana nuclear). Nesse processo as membranas que compõem a carioteca se fragmentam em pequenas vesículas e se espalham pelo citoplasma, liberando os cromossomos altamente condensados (I).  Na próxima etapa, no início da metáfase, os microtúbulos que partem dos centrossomos se ligam à região mediana dos cromossomos e os puxam até a região mediana da célula (plano equatorial) (IV).  Após a formação da placa equatorial, entra em ação uma enzima que é responsável por quebrar as ligações que mantêm os centrômeros dos cromossomos unidos (II). Assim, ocorre a separação das cromátides-irmãs, possibilitando que essas migrem para os pólos do fuso (III).  Portanto, a alternativa correta é a letra d.

2. 86 (02,04, 16 e 64).

Resolvendo passo a passo:

01. Falsa. O crossing-over ocorre na prófase da meiose I e caracteriza-se pela quebra nas cromátides de cromossomos homólogos, seguida de soldadura de reparação. Porém, a soldadura de reparação pode ocorrer em posição trocada (uma cromátide se solda ao fragmento de sua homóloga e vice-versa), levando à troca de pedaços entre cromossomos homólogos.

02. Verdadeira. Na meiose ocorre uma única duplicação cromossômica seguida de duas divisões consecutivas, o que reduz o número de cromossomos pela metade e possibilita sua restauração numérica após a fecundação.

04. Verdadeira. Nos animais a meiose ocorre nas gônadas para produção de gametas e graças, principalmente, ao crossing-over há o aumento da variabilidade genética entre indivíduos.

08. Falsa. A primeira divisão meiótica é reducional, pois são formadas duas células, contendo, cada uma, metade do número de cromossomos da célula original. Cada cromossomo, entretanto, ainda está constituído por duas cromátides unidas pelo centrômero. Na segunda divisão meiótica (equacional), ocorre a separação das cromátides-irmãs e surgem duas células filhas para cada célula que passou pela meiose II, totalizando 4 células haplóides.

16. Verdadeira. Na anáfase I, ocorre separação e cada cromossomo de um par de homólogos (constituído por duas cromátides) é puxado para um dos pólos da célula. Na anáfase II ocorre separação das cromátides-irmãs.

32. Falsa.  As anáfáses I e II são diferentes entre si. Na anáfase I ocorre separação dos cromossomos homólogos e na anáfase II ocorre a divisão dos centrômeros e separação das cromátides-irmãs.

64. Verdadeira. Na metáfase I os pares de cromossomos homólogos de prendem ao fuso cromático formado durante a prófase, dispondo-se na região equatorial da célula.

3.A

Resolvendo passo a passo:O ciclo celular pode ser dividido em duas etapas: divisão celular e intérfase. Em geral, a mitose dura 5% da duração total do ciclo celular, enquanto no tempo restante (95%) a célula permanece em intérfase. Nessa fase, os cromossomos estão descondensados no interior do núcleo, constituindo a cromatina. É durante a intérfase que o DNA está em plena atividade e é também nessa fase que as moléculas de DNA se duplicam, preparando a célula para a próxima divisão. Portanto, a intérfase corresponde ao período de tempo de 1 a 4, onde podemos notar no gráfico a duplicação do teor de DNA na célula (de 2C para 4C).  Já a mitose corresponde ao período de 4 a 6, onde podemos notar o retorno do teor de DNA da célula ao nível original (de 4C para 2C).

4.B

Resolvendo passo a passo:

O processo demonstrado na figura é a duplicação, ou seja, um processo assexuado onde um indivíduo dá origem um clone de si mesmo através de divisão mitótica. A alternativa a está incorreta, pois a reprodução assexuada possui baixa variabilidade genética, já que essa é oriunda principalmente de mutação (não existe crossing-over). A alternativa b está correta, pois esse método é mais simples e mais rápido, tendo em vista que não há necessidade de encontrar um parceiro para a reprodução e, em geral, não há gasto energético para produção de gametas. Além disso, graças à utilização de mitose para a reprodução, os indivíduos apresentam alta semelhança genética entre si. A letra c está incorreta, pois fala de variabilidade genética como uma característica marcante da duplicação, quando na verdade existe baixa variação. A alternativa d está totalmente incorreta, pois fala de gametogênese, troca de material genético e complexidade, que são características de processos reprodutivos sexuados. A letra e está incorreta, pois fala de gemulação e partenogênese. A gemulação é um processo de reprodução assexuado em que ocorre a formação de estruturas internas de resistência, as gêmulas, que se desenvolvem em um novo indivíduo quando o ambiente está favorável. Já a partenogênese é um processo assexuado onde ocorre produção de gametas, mas não há fecundação. Nenhum desses dois processos foi demonstrado na figura.

Continue estudando
Post do blog

Mapa Mental: Mitose e Meiose

A Biologia é uma disciplina que costuma gerar muitas dúvidas entre os vestibulandos. O assunto de hoje é a divisão celular, um dos primeiros conteúdos que aprendemos na matéria. A divisão celular é um processo que as células de um organismo passam ao longo de toda a sua vida, desde a origem embrionária até os últimos segundos de sua vida. Existem dois tipos de divisão celular chamadas de mitose e meiose.
artigo
Post do blog

Descubra tudo sobre Mitose e Meiose

Está perdido em biologia? Saiba tudo sobre mitose e meiose com este resumo completo que vai te ajudar a arrasar na sua prova!
artigo