Quais são as principais teorias evolucionistas?

A observação e a classificação dos seres vivos sempre demonstraram que os organismos poderiam ser agrupados devido a suas semelhanças ou diferenças. Sendo assim, os organismos poderiam distinguir-se uns dos outros, o que deu margem às produções de teorias evolucionistas. Vamos saber um pouco mais sobre elas com um vídeo do professor Oda e, logo em seguida, com um super resumo:

QUER PASSAR EM MEDICINA? CONFIRA O CRONOGRAMA DE ESTUDOS PERFEITO!

A compreensão de como se davam tais mudanças deu origem, entre os séculos XVIII e XIX, a diversas teorias evolucionistas, como o criacionismo, o lamarckismo (que hoje são consideradas erradas) e o darwinismo. Posteriormente, no século XX, surgiu uma nova teoria, que unia o darwinismo a novos conceitos genéticos: o neodarwinismo. Entenda mais sobre elas abaixo.

Criacionismo

O criacionismo, dentro da teoria evolucionista, pregava que os organismos, como plantas e animais, teriam surgido da criação divina. Sendo assim, para essas pessoas Deus havia criado tudo e nenhuma de suas características se modificariam ao longo do tempo. Logo, desde a criação até os tempos de hoje, os organismos não mudariam, permanecendo iguais.

Lamarckismo

Jean-Baptiste Lamarck foi um dos naturalistas a observar os organismos e perceber que eles sofriam modificações ao longo do tempo. Sua teoria, mesmo sendo reconhecida como errada nos tempos atuais, ainda é muito reproduzida em conversas informais por pessoas leigas.

Lamarck acreditava que, conforme um organismo usasse muito algum órgão, ele se desenvolveria cada vez mais. O contrário também ocorreria para ele: quão menos um organismo utilizasse um órgão, este atrofiaria de modo que poderia sumir em uma espécie. Esta teoria é chamada de Lei do Uso e Desuso. Tais características desenvolvidas ou atrofiadas passariam, então, para os seus descendentes. Esta segunda, também dentro das teorias evolucionistas, é chamada Herança dos Caracteres Adquiridos. Hoje sabemos que características que são desenvolvidas ou atrofiadas somente são transmitidas aos descendentes se estiverem contidas nos genes destes organismos e, consequentemente, em seus gametas.

Lamarckismo: girafas esticaram seus pescoços para alcançar árvores maiores e, depois de ficarem com os pescoços mais compridos, seus filhos passaram a nascer com o pescoço mais comprido
Lamarckismo: girafas esticaram seus pescoços para alcançar árvores maiores e, depois de ficarem com os pescoços mais compridos, seus filhos passaram a nascer com o pescoço mais comprido

Darwinismo

Charles Darwin é conhecido como o “pai da evolução”. Tal título se deve a uma grande descoberta que, até hoje, não foi refutada. Darwin também notou que havia modificações entre os organismos. Isso se deveu tanto às observações que ele fez em terrenos ingleses quanto a observações que fez durante a sua viagem à América do Sul, Nova Zelândia e Austrália. Darwin encontrou fósseis de organismos parecidos com os atuais, que o levaram a questionar se eles poderiam ter algum parentesco. Além disso, ele também notou que um mesmo tipo de animal possuía algumas diferenças, de acordo com o ambiente em que viviam, como variações de bicos.

Como Darwin já tinha conhecimento da seleção artificial, onde o homem selecionava e reproduzia organismos com melhores características, ele passou a indagar se o mesmo não seria feito pela natureza, ou seja, uma seleção natural em que organismos melhor adaptados sobreviveriam por possuir melhores características em um determinado ambiente. Desse seu questionamento nasceu a Teoria da Seleção Natural, a mais famosa das teorias evolucionistas onde os indivíduos que possuíam características que conferiam adaptações ao ambiente em que viviam teriam uma vantagem de sobrevivência. Sobrevivendo mais, reproduziriam-se mais e consequentemente passariam suas características para os seus descendentes – e cada vez mais estas características estariam presentes em uma população.

Entretanto, Darwin não conseguia responder às seguintes perguntas:

  • Como estas características surgiam?
  • Como elas eram passadas aos descendentes?

Tais questões somente foram respondidas no século XX com o conhecimento sobre genética, surgindo, assim, o Neodarwinismo.

Neodarwinismo

Tipos de mutações
Tipos de mutações

Também conhecida como Teoria Sintética da Evolução, o Neodarwinismo inclui conhecimentos genéticos à Seleção Natural. Nesta teoria evolucionista mais completa, novas características ocorriam devido a um “erro” genético, conhecido como mutação. Na mutação, a leitura do código genético ocorre de maneira errada, podendo resultar em uma característica diferente da original. Essa nova característica poderia ser prejudicial ao organismo (podendo levá-lo à morte) ou benéfica (conferindo-lhe adaptação). As mudanças de características (novas por mutação) seriam passadas aos descendentes se, na reprodução sexuada, os gametas também tivessem tais mudanças. Se elas não ocorressem nos gametas, os descendentes não teriam as novas características.

Exercícios sobre teorias evolucionistas

1. (G1 2014) Em 1831 a bordo do navio Beagle, Charles Darwin, naturalista inglês, iniciou uma viagem de exploração científica pelo mundo, durante a qual fez importantes observações dos seres vivos que resultaram na publicação do livro A origem das espécies por meio da seleção natural. Nesse livro, considerado um dos mais importantes da história da Biologia, Darwin apresentou sua teoria sobre a evolução das espécies – o darwinismo –, que se baseia principalmente nas seguintes ideias: Todos os seres vivos descendem, com modificações, de ancestrais comuns. Os indivíduos com características mais vantajosas são selecionados naturalmente para a reprodução. Entre as muitas evidências apontadas como provas da evolução dos seres vivos, Darwin destacou os fósseis que encontrou em vários países por onde passou. Na Argentina, por exemplo, descobriu o fóssil de um bicho preguiça gigante com mais de 3 metros de comprimento. Essas descobertas, entre outras, ajudaram a concluir que nosso planeta foi habitado por organismos diferentes dos atuais e que muitas espécies recentes têm semelhanças com esses organismos, o que é um forte indício de parentesco evolutivo. De acordo com o texto, é correto afirmar que:

a) a descoberta de fósseis foi um fator que dificultou a comprovação da teoria evolucionista de Darwin
b) o darwinismo se baseou no estudo de espécies que contradizem, até hoje, a teoria da seleção natural
c) a teoria da origem das espécies, ao contrário do que Darwin esperava, não teve repercussão nos estudos da Biologia
d) as características dos indivíduos são imutáveis ao longo das gerações, pois eles são cópias idênticas dos seus ancestrais
e) os indivíduos não são exatamente iguais, apresentando diferenças que os tornam mais adaptados ou menos adaptados ao ambiente

2. (ENEM-2007) Uma equipe de paleontólogos descobriu um rastro de dinossauro carnívoro e nadador, no norte da Espanha. O rastro completo tem comprimento igual a 15 metros e consiste de vários pares simétricos de duas marcas de três arranhões cada uma, conservadas em arenito. O espaço entre duas marcas consecutivas mostra uma pernada de 2,5 metros. O rastro difere do de um dinossauro não-nadador: “são as unhas que penetram no barro — e não a pisada —, o que demonstra que o animal estava nadando sobre a água: só tocava o solo com as unhas, não pisava”, afirmam os paleontólogos. Internet: (com adaptações). Qual dos seguintes fragmentos do texto, considerado isoladamente, é variável relevante para se estimar o tamanho do dinossauro nadador mencionado?

a) “O rastro completo tem 15 metros de comprimento”
b) “O espaço entre duas marcas consecutivas mostra uma pernada de 2,5 metros”
c) “O rastro difere do de um dinossauro não-nadador”
d) “são as unhas que penetram no barro — e não a pisada”
e) “o animal estava nadando sobre a água: só tocava o solo com as unhas”

Gabarito

1. E

2. B

Veja os comentários dessas questões aqui, onde o Descomplica explica passo a passo a resolução desses exercícios.

Continue estudando
Post do blog

Mapa Mental: Evolução – Conceitos Básicos

Imagina um mapa mental para te explicar os conceitos básicos de Evolução! Imaginou? O Descomplica preparou para você 😀 Confere aqui!
artigo
Post do blog

Questões comentadas: Quais são as principais teorias evolutivas?

Leia o resumo “Quais são as principais teorias evolutivas?” e resolva os exercícios abaixo.
artigo