• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Tudo que você precisa saber sobre o Nutricionista Materno Infantil

Sem dúvidas, a Nutrição está entre as carreiras mais promissoras da área da saúde e oferece inúmeras possibilidades de atuação. Entre as opções de especialização, a Nutrição Materno Infantil tem se destacado bastante, conferindo ao profissional o título de nutricionista materno infantil.

Mas, afinal, do que se trata essa área? De maneira resumida, ela está voltada ao estudo da influência dos hábitos alimentares na vida da criança e da mãe, antes, durante e após a gestação

Com isso, mostra-se cada vez mais indispensável na vida da população e, felizmente, tem sido procurada por muitos nutricionistas. Sendo assim, neste post, a gente vai abordar tudo o que você precisa saber sobre um nutricionista materno infantil. Preparado? Então, vem com a gente!

Quem é o nutricionista materno infantil?

Quem é o nutricionista materno infantil?

O nutricionista materno infantil é o profissional graduado em Nutrição e especializado na área de Nutrição Materno Infantil. Ele possui conhecimento técnico e científico pra orientar mães e crianças a respeito de uma alimentação saudável.

Desse modo, seu principal objetivo consiste em:

  • promover saúde e qualidade de vida a partir dos alimentos;
  • conscientizar seus pacientes sobre a importância da adoção de uma rotina alimentar saudável;
  • manter ou melhorar o estado nutricional dos pacientes.

Dessa forma, contribui principalmente pra que a incidência de doenças como obesidade, diabetes e hipertensão seja cada vez menor nas novas gerações.

O que o nutricionista materno infantil faz?

O que o nutricionista materno infantil faz?

A seguir, você saberá detalhes sobre as principais atribuições do profissional que se dedica à Nutrição Materno Infantil. Acompanhe!

Acompanhamento antes da gestação

Esse profissional tem o papel de ajudar a mulher no preparo do corpo e da saúde de forma geral pro período gestacional. Assim, ele cuida do estado nutricional da futura gestante, com o intuito de garantir que o organismo materno esteja pronto pra gerar uma vida.

Acompanhamento durante a gestação

Durante a gestação, a atuação do especialista possibilita que a futura mamãe garanta todos os nutrientes necessários pra manter a sua saúde e a do seu bebê. Sendo assim, o nutricionista deve acompanhar a gestante em todas as fases da gravidez, ajudando no ganho de peso esperado.

Acompanhamento no pós-parto

A principal função do nutricionista materno infantil nessa etapa está ligada às:

  • orientações sobre amamentação;
  • adequação dos hábitos alimentares às necessidades da mãe e do bebê — uma vez que a alimentação interfere diretamente na produção de leite;
  • e garantia de um estado nutricional favorável.

Auxílio na introdução alimentar

O profissional deve esclarecer pontos fundamentais sobre a introdução alimentar do bebê, ou seja, desde quando a mãe pode iniciá-la até quais são alimentos mais recomendados, o que evitar nessa fase, a importância de incentivar uma alimentação saudável desde cedo, entre outros.

Avaliação e diagnóstico nutricional da criança

Também compete ao nutricionista materno infantil, avaliar o estado nutricional da criança e diagnosticar suas necessidades nutricionais, de modo a proporcionar boas condições de saúde.

Elaboração de uma rotina alimentar adequada na infância

De acordo com o diagnóstico nutricional da criança, o profissional pode interferir e elaborar um plano de alimentação individualizado, sempre visando o desenvolvimento sadio, bem como a educação alimentar.

Reeducação alimentar

Embora esse especialista tenha mulheres e crianças como principal público, ele também pode atender adolescentes. Nesse caso, seu objetivo consiste na melhoria e mudanças de hábitos alimentares que prejudicam a saúde, bem como o desenvolvimento.

Por que esse profissional é tão importante na sociedade?

Por que esse profissional é tão importante na sociedade?

A má alimentação na infância tem sido tema de discussão entre muitos profissionais da saúde. Isso porque os maus hábitos alimentares estão ligados a uma série de doenças e outros problemas.

O alto consumo de fast foods, alimentos embutidos, industrializados e ultraprocessados trará consequências no futuro. Entretanto, a atuação do nutricionista materno infantil na atualidade pode mudar esse cenário e transformar as crianças em adultos saudáveis.

Qual o perfil do nutricionista materno infantil?

Qual o perfil do nutricionista materno infantil?

A gente elencou quais características são esperadas de um profissional especializado ou que deseja se especializar em Nutrição Materno Infantil. Se você acredita que não tem todas, não se preocupe, é perfeitamente possível desenvolvê-las. Continue a leitura!

Boa comunicação

Ter uma comunicação clara permite que a mãe compreenda com mais facilidade os ensinamentos durante uma consulta e tenha mais chances de seguir as orientações.

Além disso, trabalhar com crianças exige uma linguagem simples e didática, que possibilite o início do aprendizado sobre alimentação ainda na infância.

Facilidade pra se relacionar com crianças

Lidar com crianças no dia a dia é muito prazeroso, porém, requer paciência, dedicação e uma boa dose de bom humor. Sendo assim, ter facilidade pra se relacionar com os pequenos é um dos requisitos mais fundamentais pra trabalhar com esse público.

Criatividade

O nutricionista materno infantil deve ser criativo não só pra pensar em diferentes formas de envolver seus pacientes no atendimento, mas também com o intuito de elaborar cardápios diversificados.

Capacidade de argumentação

A conscientização dos pacientes sobre a necessidade de uma alimentação correta requer que o nutricionista explique de maneira convincente como os alimentos interferem na qualidade de vida e saúde

Portanto, o profissional deve oferecer o máximo de informações e dados relevantes que comprovem o motivo de suas recomendações, passem autoridade e despertem o interesse por uma vida mais saudável.

Onde esse profissional pode atuar?

Onde esse profissional pode atuar?

O mercado de trabalho proporciona diversas oportunidades ao nutricionista materno infantil, permitindo sua atuação em muitos ambientes e aumentando suas chances de destaque no mercado. Veja!

Clínicas

O trabalho nas clínicas está entre os mais atrativos, pois o profissional pode atuar em parceria com outros colegas, ou seja, sem ter o seu próprio negócio, ou empreender e abrir sua clínica

Com a pós-graduação em Nutrição Materno Infantil, ele atuará atendendo exclusivamente mulheres, crianças e adolescentes.

Hospitais

No hospital, esse especialista tem papel fundamental na recuperação da saúde de crianças internadas.

Ele monitora, avalia e otimiza o estado nutricional, a partir de uma alimentação adequada, que considera as necessidades individuais dos pequenos que estão com o organismo fragilizado.

Escolas

Nas escolas, tanto públicas quanto privadas, o nutricionista tem a função de elaborar um cardápio balanceado e nutritivo, com diferentes opções de refeição, e garantir que os alimentos sejam preparados e servidos de acordo com as normas da Vigilância Sanitária.

Assim, além de favorecer a educação alimentar, ele também contribui pra saúde das crianças em curto e longo prazo.

Creches

Em creches, o nutricionista materno infantil pode:

  • planejar, avaliar e acompanhar o cardápio;
  • fazer o atendimento de crianças e esclarecer as dúvidas dos pais;
  • aplicar atividades que visam a educação nutricional;
  • e acompanhar o estado nutricional das crianças.

Banco de leite humano

No banco de leite humano, esse profissional tem inúmeras atribuições, tais como:

  • incentivar a amamentação;
  • promover campanhas que incentivem a doação de leite materno;
  • garantir condições adequadas de coleta, armazenamento e distribuição do leite;
  • orientar, educar e dar assistência nutricional às mães;
  • e fazer a gestão quantitativa do leite coletado e distribuído.

Indústria

No ramo da indústria alimentícia, o papel do especialista em Nutrição Materno Infantil consiste na avaliação de produtos alimentícios, como os suplementos infantis, antes de serem comercializados.

O objetivo é garantir a segurança alimentar e qualidade desses produtos. Trata-se de um campo de atuação diferenciado que, apesar de pouco explorado, permite experiências enriquecedoras.

Universidades

Outra possibilidade bastante promissora é a carreira docente, ou seja, o nutricionista materno infantil tem a possibilidade de transmitir seus conhecimentos aos alunos da graduação.

Normalmente, ao optar pela docência, o profissional ministrará disciplinas que envolvem a sua especialidade, o que torna a experiência muito satisfatória.

Como se formar nessa área?

Como se formar nessa área?

Pra se tornar um nutricionista materno infantil, você deve fazer uma pós-graduação em Nutrição Materno infantil. 

Geralmente, o curso tem duração de 12 meses e ofertará um amplo conhecimento sobre os temas seguintes e muitos outros!

Metabolismo de nutrientes

Refere-se ao entendimento dos processos químicos e físicos que acontecem no organismo com a ingestão dos nutrientes.

Avaliação e diagnóstico do estado nutricional

Voltada à análise do estado nutricional de crianças e identificação das suas necessidades nutricionais. Assim, o pós-graduando conseguirá diagnosticar problemas como baixo peso, sobrepeso, obesidade etc.

Doenças na infância

Serão estudadas patologias endócrino-metabólicas e autoimunes na infância, bem como a influência dos alimentos no estado de saúde de crianças com essas doenças.

Assim, o profissional conseguirá identificar qual o tipo de dieta mais recomendada nesses casos, visando minimizar os sintomas, fortalecer o sistema imunológico e evitar pioras no quadro clínico do paciente.

Ética profissional

O nutricionista materno infantil aprenderá a importância da ética profissional em sua atuação, bem como conhecerá características do comportamento ético, quais condutas são inadequadas e como agir diante de diversas situações na sua rotina de trabalho.

Disfunção alimentar

Distúrbios como seletividade, bulimia e anorexia serão abordados de forma aprofundada ao longo da pós-graduação, ajudando o profissional a compreender quais fatores estão envolvidos nesse problema e qual o papel do nutricionista diante dessas disfunções.

Todas as disciplinas mencionadas anteriormente permitirão um atendimento mais direcionado à saúde de mulheres e crianças e dará condições pro exercício das atividades profissionais nos mais diversos campos de atuação.

Onde fazer uma pós-graduação em Nutrição Materno Infantil?

Onde fazer uma pós-graduação em Nutrição Materno Infantil?

Existem diversas instituições que já oferecem curso nessa área. Inclusive, algumas permitem que você conclua o curso de forma 100% a distância, o que traz praticidade, conforto e economia, pois costumam ter um preço mais acessível.

Contudo, a escolha de uma instituição requer atenção a alguns aspectos. Saiba o que observar antes de decidir!

Analise o corpo docente

Os professores são responsáveis por transmitir o conhecimento aos alunos da pós-graduação e prepará-los pra atuar no mercado como especialistas. 

Portanto, um corpo docente bem preparado e atualizado faz toda a diferença no aprendizado. Geralmente, as melhores instituições escolhem mestres e doutores com ampla experiência acadêmica.

Nesse sentido, uma boa estratégia pra conhecer melhor os profissionais que estão à frente do curso é buscar o currículo de cada um.

Verifique o conteúdo programático

O conteúdo programático diz respeito a todos os assuntos que serão abordados ao longo da pós-graduação. Por esse motivo, você deve checar se ele atende às suas expectativas.

Muitos cursos apresentam a mesma nomenclatura, porém, seguem abordagens diferentes, que podem não ser compatíveis com suas necessidades.

Procure depoimentos de ex-alunos 

A experiência de ex-alunos contribui bastante no entendimento sobre como o curso funciona, se realmente cumpre aquilo que promete e se o conteúdo oferecido tem qualidade.

Hoje, graças à internet, você consegue facilmente informações a respeito da opinião de outras pessoas sobre um determinado serviço. 

Pesquise se o curso é reconhecido

O reconhecimento do curso pelo Ministério da Educação garante que o seu diploma após a conclusão da pós-graduação tenha validade e permita sua atuação na área.

Portanto, antes de fazer sua matrícula, a gente recomenda que você faça uma busca e confirme a informação sobre o reconhecimento.

Além disso, o MEC atribui uma nota, que varia de 1 a 5, referente à qualidade do ensino oferecido. Desse modo, sempre opte por instituições com boas avaliações, com o intuito de evitar possíveis frustrações futuramente.

Verifique a reputação institucional

Uma instituição bem-vista no mercado demonstra seriedade e comprometimento com o ensino e aprendizado de seus alunos. Consequentemente, profissionais que fizeram pós-graduação nela, também adquirem uma ótima visibilidade na área em que atuam.

Conheça as modalidades de ensino

Muitas instituições têm pós-graduações em mais de uma modalidade, sendo o formato presencial o mais comum.

Contudo, como dito anteriormente, é possível estudar de modo online ou, ainda, de forma semipresencial, ou seja, intercalando entre aulas a distância e presenciais.

Por esse motivo, na hora da escolha, pense na sua rotina e compare as vantagens de cada modalidade pra decidir qual delas faz mais sentido na sua realidade.

Saiba a mensalidade

Certifique-se de que o valor mensal a ser pago cabe no seu bolso. Geralmente, a mensalidade de uma pós varia bastante entre as instituições, porém, nem sempre preços mais altos são sinônimos de qualidade.

Missão, visão e valores

Todas as instituições apresentam missão, visão e valores, que devem ser transmitidos e cumpridos. Então, observe se esses aspectos são compatíveis com o que você espera.  

Turnos e horários

Diferentemente de como ocorre nas faculdades, em que as aulas são todos os dias e, muitas vezes, em tempo integral, a pós-graduação tem carga horária menor. Por isso, acontece apenas algumas vezes na semana.

Sendo assim, verifique se os turnos e horários dos módulos poderão ser conciliados com seus outros compromissos.

Quais as principais vantagens de fazer uma pós-graduação?

Quais as principais vantagens de fazer uma pós-graduação?

Investir em uma pós-graduação oferece benefícios muito significativos pra sua carreira na Nutrição. A seguir, acompanhe os principais!

Valoriza o currículo

O currículo é considerado o cartão de visita de qualquer profissional. Isso porque, nele estão contidas informações importantes sobre suas habilidades e competências.

Nesse sentido, concluir uma pós-graduação, além de ter um grande peso pra sua carreira, torna-se um atrativo nesse documento que, certamente, chamará a atenção de ótimos empregadores.

Aumenta o networking

No decorrer da sua pós, você conhecerá outros profissionais da sua área. Com isso, sua rede de contatos ampliará a troca de conhecimentos e experiências, bem como proporcionará oportunidades de trabalho.

Proporciona salários mais atraentes

Investir em uma pós-graduação significa aprimorar sua qualificação em uma determinada área. E é exatamente isso que o mercado de trabalho atual procura: profissionais capacitados e que tem interesse em crescer na profissão.

Dessa forma, o aumento salarial surge como consequência da formação diferenciada, bem como da valorização proporcionada pela expansão do conhecimento.

Diferencia da concorrência

O desenvolvimento contínuo é bem-vindo e chama a atenção em um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo. Por esse motivo, ter uma pós-graduação ajuda a diferenciar você de seus concorrentes, seja como autônomo ou em processos seletivos.

Favorece o amadurecimento profissional

A graduação em Nutrição propicia conhecimentos mais generalistas sobre os assuntos contidos na grade curricular. No entanto, uma pós-graduação gera um olhar mais amplo por conta do ensino de temáticas específicas.

Isso faz com que os profissionais tenham carreiras mais sólidas e conquistem seus espaços no mercado de trabalho.

Quando iniciar uma pós-graduação?

Quando iniciar uma pós-graduação?

Bem, não existe um momento certo pra começar uma pós-graduação, porém, considerar os pontos seguintes pode ajudar na sua decisão.

Vale lembrar que, quanto antes você iniciar o curso, mais cedo obterá os benefícios de ser um especialista!

Disponibilidade

A pós-graduação requer que você tenha dedicação pra colocar o aprendizado em dia. Dessa forma, prefira dar início ao curso se a sua rotina não for tão apertada.

Caso o seu tempo livre seja escasso, considere fazer um planejamento e reorganizar sua agenda, de modo que a especialização não comprometa seus outros compromissos.

Situação financeira

Analise a sua disponibilidade financeira pra realizar esse investimento. Atualmente, a maioria das instituições permite o parcelamento do valor total da pós-graduação, o que possibilita o pagamento de preços menores mensalmente.

Metas e objetivos profissionais

Ter metas e objetivos claros ajudarão você a entender como uma pós-graduação será útil pra alcançá-los mais rapidamente. Nesse sentido, considere seus planos profissionais na decisão de fazer uma especialização. 

Reciclagem

A reciclagem profissional refere-se à necessidade de transformação e aquisição de novos conhecimentos, seja por uma exigência do mercado, seja porque você deseja ser um nutricionista mais completo.

Ela é necessária principalmente entre os profissionais que estão formados a mais tempo e sentem falta de algo que possa diferenciá-los dos seus concorrentes.

Como ser bem-sucedido na área de Nutrição Materno Infantil?

Como ser bem-sucedido na área de Nutrição Materno Infantil?

Conheça algumas dicas preciosas pra ter sucesso como nutricionista materno infantil e conquistar muitos pacientes!

Mantenha-se atualizado

O profissional deve estar atento às tendências que surgem na sua área e ter o seu conhecimento baseado em pesquisas recentes com comprovação científica.

Assim, manter-se atualizado é uma prática que visa não só ao aperfeiçoamento do nutricionista, como também  segurança dos pacientes, pois serão adotadas condutas mais modernas e eficientes.

Portanto, vá aos congressos, participe de palestras, workshops etc. Essas são ótimas opções pra expandir o aprendizado.

Ofereça atendimento humanizado

Infelizmente, a área da saúde ainda tem carência de profissionais que ofereçam atendimento humanizado ao paciente. Por isso, a humanização é considerada essencial no sucesso profissional.

O especialista que consegue prestar o seu serviço respeitando a individualidade de cada pessoa com empatia, com certeza terá um futuro promissor na carreira escolhida.

Seja autoconfiante

Ter confiança na sua capacidade de realizar seus objetivos e no seu trabalho são fatores de extrema importância pro seu sucesso profissional.

Isso porque profissionais autoconfiantes transmitem esse sentimento aos seus pacientes, proporcionando, também, mais segurança.

Tenha humildade

A humildade é uma das maiores virtudes que o nutricionista pode ter. Ela desperta a admiração e o respeito nos pacientes, bem como potencializa as chances de você alcançar os seus objetivos.

Então, seja humilde e esteja disposto a ouvir e aprender com outras pessoas.

Seja responsável

Cuidar da saúde de outras pessoas e proporcionar o aumento do bem-estar é bastante gratificante. Por isso, agir com responsabilidade e profissionalismo deve ser uma prioridade na sua carreira.

Aproveite as oportunidades

Por mais que você faça seu trabalho com excelência, o sucesso profissional também está atrelado a outros fatores, como conseguir identificar as oportunidades que surgem ao longo da sua trajetória.

Dessa forma, esteja atento àquelas que podem dar destaque ao seu trabalho e favorecer sua carreira.

Utilize o marketing digital

O uso de estratégias de marketing digital permite que você se aproxime de potenciais consumidores do seu serviço e amplie sua visibilidade enquanto profissional

Por isso, marque presença nas redes sociais, compartilhe conteúdo relevante e interaja com as pessoas que acompanham seus perfis. Atualmente, grande parte das mamães procuram especialistas pra cuidar da saúde dos seus filhos por meio da internet.

Vale a pena se especializar em Nutrição Materno Infantil?

Vale a pena se especializar em Nutrição Materno Infantil?

Como você pôde perceber, ser um nutricionista materno infantil traz grandes vantagens e possibilidades de atuação.

Atualmente, apesar do aumento da procura por essa área, ainda não há um número significativo de profissionais especialistas nela.

Isso torna o curso de Nutrição Materno Infantil ainda mais atraente, principalmente entre aqueles que desejam se sobressair em relação à concorrência.

Portanto, considere como uma excelente oportunidade de colher bons frutos na carreira.

E aí, gostou deste post? Então, aproveite pra saber mais sobre a nossa pós-graduação em Nutrição Infantil agora mesmo e tenha um diferencial no mercado de trabalho!