Blog Descomplica

Curso de Matemática EaD: saiba tudo sobre o curso

porDescomplica| 18/06/2021

Compartilhe

Você curte problemas numéricos? É do tipo que se empolgava com as contas na escola? Então, o curso de Matemática EaD pode ser pra você. A opção é ideal pra alunos apaixonados por números. Ainda tem mais variedade profissional do que parece. Conhecer a formação é importante pra planejar seu sucesso profissional.

Pra isso, você pode analisar algumas coisas. Por exemplo, os assuntos que mais despertam seu entusiasmo. Às vezes, as respostas pra sua carreira surgem dessa reflexão. Analisar seu estado atual de carreira também pode ajudar. Afinal, o planejamento só faz sentido se fizer com que você escale degraus.

Mas pra isso, é preciso conhecer as opções profissionais de um matemático, né? Essa e outras informações que você pode ver aqui. A gente contou alguns dos principais pontos sobre a formação. Você também vai ver se a alternativa é uma boa pra sua carreira. Bora?

Por que confiar em um curso de Matemática EaD?

Por que confiar em um curso de Matemática EaD?

Você sabia que o ensino a distância no Brasil teve um crescimento de mais de 300% em 10 anos? Isso não acontece por acaso. O modelo traz à tona uma série de possibilidades. Por exemplo, mais liberdade. No curso de Matemática EaD, você não precisa seguir um horário de estudos específico. Assim, você se torna o responsável pelo próprio cronograma.

A opção é ideal pra estudantes que trabalham, tendo a necessidade de adaptar os estudos à rotina. As aulas remotas frequentemente contam com um custo-benefício melhor. Isso porque não há necessidade de uma grande estrutura física. Você ainda economiza outros custos, como deslocamento e alimentação.

O modelo ainda permite que você defina seu ritmo de aprendizado. Assim, você não é obrigado a seguir uma carga comum. Se não entender uma parte, pode voltar e assistir novamente. Por fim, a formação conta com a mesma validade da presencial. A modalidade nem sequer é indicada no diploma.

Como funciona um curso de Matemática EaD?

Como funciona um curso de Matemática EaD?

Você sabia que a licenciatura em Matemática é uma das mais procuradas? Só fica atrás de cursos como Educação Física e Biologia. Embora o ensino seja popular, o matemático tem várias outras opções profissionais. Às vezes, solucionando problemas em empresas. O assunto desperta tanto fascínio que até foi criado o dia nacional da Matemática.

A comemoração é no dia 6 de maio. Essa data foi escolhida por simbolizar o nascimento do autor tupiniquim Malba Tahan. É conhecido pelo best-seller “O Homem que Calculava”, popularizando o assunto. Entretanto, o ensino de Matemática não é o único foco. Ainda há o bacharelado, preparando profissionais pra empresas.

Se a vontade é seguir carreira acadêmica, o curso de Matemática EaD pode ser complementado com uma pós-graduação. Assim, o mercado abre espaço pra aulas em universidades. Nesse caso, você precisaria escolher entre as diferentes modalidades. A lato sensu é mais curta e abrangente, enquanto a stricto sensu tem foco mais acadêmico.

De onde vem a Matemática?

De onde vem a Matemática?

Já parou pra pensar de onde vem a Matemática? Ou se os números existem ou são invenções? Na verdade, essas perguntas geram debates que duram até hoje. O professor Jonathan Tallant divide as posições em algumas categorias. A primeira é o platonismo, entendendo os números como objetos abstratos naturais.

A segunda é o nominalismo, assumindo que os números não existem de forma objetiva. Por fim, ainda há o ficcionalismo. Essa, entende que matemática é ficção — tão real quanto os desenhos animados. Desse modo, é apenas uma invenção usada pra entender o mundo. Independentemente da origem dos números, volta e meia surge alguém que muda a vida das pessoas com a matemática.

Você tem acesso às invenções matemáticas quase todos os dias. A programação do computador ou celular usado pra ler este texto é um exemplo. Assim como a arquitetura da sua casa. Até a explicação dos aspectos mais básicos do mundo dependem da ciência. A relatividade de Einstein e as leis de Newton são explicadas em linguagem numérica.

Qual é a importância da Matemática?

Qual é a importância da Matemática?

Às vezes, a Matemática é vista como uma ciência “fria”. Isso significa que os números seriam restritos ao papel e às lousas. Nesse caso, o assunto perderia importância fora da sala de aula. Mas a “matemágica”, como é apelidada carinhosamente, tem um peso em campos inusitados.

Embora a maior parte das pessoas não associe, o assunto tem uma importância emocional e artística. Você pode ver isso nas concepções de beleza, por exemplo. São naturalmente associadas à simetria, um fenômeno matemático. Outro padrão similar é o fractal. São padrões que se repetem em tamanhos menores. A natureza está repleta de exemplos, como os flocos de neve.

São modelos que trazem muito da noção artística de profundidade. Uma proporção que talvez você já tenha ouvido falar é a áurea. É usada amplamente no universo do design, da arte e da fotografia. O modelo está presente na natureza.

Quem são os matemáticos em que é possível se inspirar?

Quem são os matemáticos em que é possível se inspirar?

Há vários exemplos de pessoas que fizeram diferença no mundo com Matemática. Você provavelmente conhece alguns da Grécia Antiga. Há 23 séculos, Euclides compilou os fundamentos da Geometria Clássica. Enquanto isso, Arquimedes descobria o número PI. Seu estudo sobre forças o tornou o “pai da Mecânica”.

Na idade média, o persa Al-Khwarizmi criou as bases da álgebra moderna. Mas você não precisa voltar tanto no tempo. Já no século XIX, o “príncipe dos matemáticos” Carl Gauss ficou famoso por suas obras. Talvez você conheça um dos conceitos que levou seu nome: a “curva de Gauss”.

Mas se você quer um exemplo brasileiro, há um que já foi citado no texto. Malba Tahan é o pseudônimo de Júlio César de Melo e Sousa. Além dos seus 120 livros, ficou famoso pelo método de ensino baseado no entretenimento. Em suas obras, a Matemática é contada a partir de fábulas e lendas situadas no oriente. Essa é a razão pro heterônimo.

Qual é a utilidade dos conhecimentos matemáticos?

Qual é a utilidade dos conhecimentos matemáticos?

Apesar da fama de ciência meramente abstrata, a Matemática serve pra resolver problemas práticos. Há trabalhos voltados desde ao estudo da evolução de tumores malignos até ao funcionamento dos microchips. A internet é fruto do desenvolvimento da Mecânica Quântica, outra ciência com a fama de abstrata e com implicações no mundo real.

Os conceitos de Física e Matemática ainda impulsionam a “indústria 4.0”. O que isso significa? Na prática, que o mercado vai exigir mais tecnologia e automação. Isso inclui ideias como inteligência artificial e computação na nuvem. Assim, toda essa mudança depende diretamente das ciências numéricas.

Existe um ramo dentro da Matemática chamado “otimização”. É voltado justamente pra solucionar problemas práticos pelos quais muita gente passa. Por exemplo, controle de doenças contagiosas ou criação de fontes de energia renovável. Assim, trabalha em conjunto com áreas da medicina e da agricultura.

A demanda por matemáticos está crescendo?

A demanda por matemáticos está crescendo?

Há uma boa notícia pros amantes de números. A demanda por matemáticos tem crescido nos últimos anos, influenciada pela tecnologia. Isso porque o mundo tem dependido cada vez mais de modelos complexos, assim como do tratamento de dados. Às vezes, impulsionado por eventos como a pandemia.

Afinal, os matemáticos ajudam a modelar o fenômeno. A migração pra economia digital é outro ponto que vale prestar atenção, já que o movimento é apoiado na Matemática. A ideia também vale pro desenvolvimento de dispositivos como smartphones. Até a transmissão de imagem envolve números. Em uma televisão moderna, a exibição é fruto de uma modelagem complexa.

Sabe aquele papo sobre indústria 4.0? Então, ajuda a explicar a demanda. Por exemplo, o mercado automobilístico e o aeroespacial. Esses exploram o universo matemático. Alguns conhecimentos contam com usos até no mundo farmacêutico, com modelos feitos pra previsão da eficácia de medicamentos.

Ainda há espaço para novas descobertas?

Ainda há espaço para novas descobertas?

Embora seja difícil prever as futuras descobertas, a Matemática se debruça sobre vários assuntos sem resposta. Por isso, sempre há matemáticos fazendo suas apostas. A previsibilidade de fenômenos naturais é um exemplo. A meteorologia só permite antecipar em intervalos curtos, de poucos dias.

Essa é a razão pela qual as previsões do tempo não são muito precisas. Outro campo é o de fenômenos lineares. Alguns problemas ainda não têm modelos que funcionam. Um exemplo é o problema da turbulência, estudado pelo matemático soviético Andrey Kolmogorov.

Além de contribuir em campos como probabilidade e topologia, o cientista passou anos analisando a turbulência. Ao considerar um dos problemas mais importantes, ofereceu um milhão de dólares pra quem conseguisse resolver.

Como é o mercado de trabalho?

Como é o mercado de trabalho?

Entender o mercado de trabalho pesa no planejamento de carreira, né? Definir bem o futuro é importante. Além de exigir dedicação, envolve colocar pelo menos uma profissão no seu radar. Assim, as opções ligadas à sua vocação são priorizadas. Bora conhecer cada uma?

Ensino

Muita gente tem boas lembranças de algum professor de matemática. Por isso, essa talvez seja sua primeira opção. É um campo com uma boa empregabilidade. Isso é principalmente verdadeiro no ensino fundamental ou médio. Aqui, a contratação é de quem fez licenciatura. Ainda há o campo de pesquisa acadêmica. Sabe os matemáticos que a gente citou? Então, eram pesquisadores.

A produção de materiais didáticos também é um foco. Às vezes, em editoras ou vestibulares. Por ser uma disciplina obrigatória em muitos lugares, a demanda costuma ser alta. Outro possível mercado é o de cursinhos. Assim, os profissionais dão aulas focadas nas provas de aprovação pras faculdades.

O compromisso com a educação costuma fazer parte do perfil dos professores. Isso porque a tarefa envolve estimular os alunos. A comunicação deve ser didática, com preocupação com o entendimento. Assim como disposição pra solucionar problemas. Sabe aquela paixão por quebra-cabeças numéricos? Então, ser professor é transformar sua resolução em rotina.

Matemática empresarial

A matemática empresarial tem um foco em otimização e logística. Os alvos são as necessidades das empresas. Assim, há uma utilidade comercial. O que isso significa? Na prática, que o profissional simboliza ganhos. Principalmente na redução de custos e no melhor desempenho. Mas essas não são suas únicas funções.

Um matemático conta com algumas hard skills. Por exemplo, a de calcular desperdícios. A partir daí, é possível elaborar um plano. Já reparou quantos assuntos empresariais envolvem números? A Matemática Financeira é um exemplo. A área estuda a variação de dinheiro. Um assunto importante pra empreendedores, né?

O profissional ainda ajuda a estruturar planos pra tomada de decisão e diminuição de custos. Embora o cuidado com as finanças seja uma preocupação antiga, o matemático empresarial ainda não é um profissional tão conhecido no Brasil. Por isso, vale analisar o mercado da sua região.

Economia

A economia é a ciência que estuda uma variedade de interações. Por exemplo, a distribuição e o consumo de bens. É o tipo de assunto que você provavelmente ouve falar no noticiário com frequência. Um matemático conta com várias ferramentas e competências pra lidar com o assunto. Às vezes, projetando riscos e modelando sistemas financeiros.

Ainda é possível gerir investimentos. Desse modo, abre um mercado na iniciativa privada. Prestar consultoria pra veículos e empresas também é uma opção. Ao lidar com economia, parte do trabalho é estudar dados e identificar tendências econômicas. Por isso, o matemático tem condições de recomendar mudanças.

Assim, o trabalho passa a ser relacionado às pesquisas de mercado e à produção de relatórios. As opções pintam principalmente nas instituições financeiras e nos bancos. Nesse caso, as análises vão pra rentabilidade de projetos e investimentos.

Informática

Sabe quando a gente citou a demanda crescente graças à tecnologia? Então, isso faz com que a informática também seja um campo pra matemáticos. Softwares e algoritmos contam com uma boa base numérica. Às vezes, é possível contribuir com o desenvolvimento de alguma tecnologia.

Se você reparar, a informática tem peso em quase qualquer atividade. Isso porque boa parte das empresas dependem de máquinas. Não só isso — você provavelmente faz uso de várias na sua rotina. O envolvimento com o assunto abre portas em empresas de qualquer porte.

Assim, o universo das pesquisas científicas ligadas à informática é cada vez mais valorizado. Isso é principalmente verdadeiro em marcas que focam no lançamento de tecnologia nova. Profissionais que complementam a formação com conhecimentos de TI e cursos livres podem ter ainda mais oportunidades.

Design de produtos

O design de produtos se preocupa com a funcionalidade e com a aparência do que é vendido por uma empresa. Se você observar os objetos que usa, a maior parte passa por esse tipo de trabalho. Isso serve pra tudo, desde uma simples caneta até um elaborado smartphone.

Assim, o trabalho passa por pesquisas com o público, análise de materiais, estudos de fabricação e por aí vai. Por isso, envolve a criação de um projeto, os protótipos, a apresentação e a conservação. Tudo é feito de forma que seja viável.

Aqui, o matemático pode ser útil na modelagem e na simulação das funcionalidades. Vale analisar especializações pra fazer o currículo se destacar ainda mais.

Matemática industrial

Lembra do papo sobre “indústria 4.0”? Então, o matemático industrial ajuda a solucionar as demandas estatísticas e computacionais. A utilidade também aparece na hora de lançar um novo produto. Aqui, entram custos, logística e estudo de produção. É um ramo similar à matemática empresarial, mas o foco é um pouco mais específico.

Isso porque, boa parte da indústria sofre com problemas ligados aos números. Por exemplo, o controle de estoque. Mas a utilidade é mais abrangente do que isso. Uma empresa automobilística poderia se beneficiar do conhecimento matemático nos testes de segurança.

Na indústria da comunicação, a Matemática pinta na transferência de dados. Já uma empresa que depende de buscas virtuais, o profissional ajudaria a encontrar a melhor ferramenta. Às vezes, analisando os algoritmos pra encontrar a resposta.

Mercado financeiro

O mercado financeiro é uma alusão ao ambiente em que se negocia os produtos financeiros. Isso inclui os vários tipos de investimento. Aqui, entram ações, títulos, fundos e por aí vai. Geralmente, a partir de interações com a bolsa de valores, os bancos e as corretoras.

Assim, envolve transações em uma série de mercados. O mercado de câmbio, por exemplo, envolve trocas de moedas. O monetário, por sua vez, é onde acontecem as transações mais curtas. Já o de crédito é onde o dinheiro dos investidores é usado pra viabilizar empréstimos.

Por fim, há o mercado de capitais, onde os títulos são emitidos. Um dos pontos fortes da matemática é a quantidade de ferramentas pra fazer cálculos e projeções, facilitando a entrada no mercado financeiro. Ao receber um relatório de “análise fundamentalista”, o nome dado ao estudo aprofundado das empresas pra investimentos, um matemático tem mais condições pra entender os indicadores.

O que é estudado em um curso de Matemática EaD?

O que é estudado em um curso de Matemática EaD?

O estudante de um curso de matemática EaD costuma ter uma paixão por resolver problemas numéricos. Por isso, conta com facilidade pra organizar e analisar as informações. Mas o curso é composto por várias disciplinas, como as que você conhecerá a seguir.

Teoria dos Números

A Teoria dos Números estuda as propriedades dos números naturais. Essa é a primeira criação matemática, servindo como base pros primeiros sistemas de contagem. Os valores foram inicialmente conhecidos como “números arábicos”. Sua designação é a letra “N”. A primeira elaboração do conceito provavelmente veio da Grécia Antiga.

Mas a primeira classificação dos inteiros é fruto de Pitágoras e seus discípulos. Você talvez conheça esse nome do “teorema de Pitágoras”, mas sua influência não se resume a isso. O filósofo é o fundador da “Escola Pitagórica”, inaugurando uma abordagem sobre Filosofia e Matemática. Pros pitagóricos, os números também são espirituais e místicos.

Os inteiros foram classificados pela escola das maneiras conhecidas hoje: ímpares, pares, primos e por aí vai. Na Teoria dos Números, as relações entre cada número são exploradas. Essas, são chamadas de “ternas pitagóricas”. A partir daí, há várias classificações. As “ternas pitagóricas primitivas”, por exemplo, é a relação entre três números primos.

Geometria Euclidiana

Sabe quando a gente citou o matemático grego Euclides? Então, pertenceu à chamada “Escola Megárica”, produzindo os conceitos conhecidos de geometria na obra “Elementos”, a “bíblia da geometria”. Como outras escolas da Grécia Antiga, a Megárica também se debruça sobre assuntos metafísicos e debates dialéticos. Algumas das ideias de Tales e Pitágoras pintam na obra.

Esse trabalho surgiu aproximadamente em 300 a.C. Embora vários dos conceitos de Euclides existam até hoje, alguns foram contestados no século XIX. A obra nasce em princípios fundamentais, os “postulados”. A partir deles, há uma série de deduções pra definir as regras. Alguns são “autoevidentes”.

Isso significa que não é preciso provar, já que se demonstram verdadeiros por si só. Embora Euclides seja um dos primeiros cientistas da Geometria, as descobertas iniciais provavelmente surgiram no Egito. Isso, a partir das medições durante as inundações no rio Nilo.

Geometria Analítica

A Geometria Analítica representa objetos geométricos com o plano cartesiano, em que há duas retas que se encontram na origem. O termo tem relação com o filósofo francês René Descartes. O intelectual foi um dos fundadores da Filosofia Moderna, ao rejeitar a Filosofia Escolástica e defender a Matemática como meio de chegar à verdade.

Começou a formular a Geometria Analítica com apenas 22 anos. Isso porque teve contato com assuntos como Astronomia, Filosofia e Matemática bem cedo. Por estudar em um colégio jesuíta, conheceu as tradições que viria a rejeitar. O papel do autor também é importante na filosofia, fundando a epistemologia racionalista.

No plano que recebeu seu nome, há o eixo das “ordenadas” e o das “abscissas”. O primeiro é tradicionalmente a letra “Y”, enquanto o segundo é a letra “X”. No sistema de coordenadas, os eixos são perpendiculares. As contas são feitas justamente identificando as relações entre os pontos.

O curso de Matemática EaD é perfeito pros estudantes que gostam de números e ainda traz a praticidade de consumir as aulas via aplicativo. Assim, atende alunos com rotinas apertadas ou que querem economizar um pouco mais.

Aqui, vale considerar suas preferências e ver se Matemática realmente combina com você. As aulas da escola podem fornecer uma boa pista, já que boa parte dos alunos apaixonados pelo assunto descobrem essa aptidão bem cedo.

E aí? Conseguiu clarear um pouco sobre o que um curso de Matemática EaD pode oferecer? A Faculdade Descomplica conta com uma formação 100% online, em que você pode aprender da forma que quiser. Partiu estudar com a gente?

Comentários

ícone de atenção ao erroícone de atenção ao erroícone de atenção ao erro
Quer receber novidades em primeira mão?
Prontinho! Você receberá novidades na sua caixa de entrada.

Veja também

Separamos alguns conteúdos pra você

logo descomplica