• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Qual a função de um personal trainer e como ser um profissional da área?

Cada vez mais, a população entende a importância de priorizar a saúde física e mental pra uma melhor qualidade de vida. Assim, nota-se o aumento da busca por profissionais que contribuem nesse sentido, a exemplo da função de um personal trainer. Este, afinal, não apenas auxilia na saúde como também na estética corporal.

Nesse sentido, é capaz de promover o bem-estar de seu aluno em todas as esferas da vida. É preciso lembrar que a aparência física é fundamental pra autoestima e, portanto, pra melhoria das relações pessoais e profissionais.

Pensando nisso, e tendo em vista o amplo mercado que um personal trainer pode encontrar ao se formar, a gente separou alguns esclarecimentos sobre o assunto. Fica ligado!

O que faz um personal trainer?

Personal trainer é o especialista em atividade física que, por meio dos seus conhecimentos, permite que o cliente alcance o condicionamento físico desejado. Como se sabe, o exercício físico é o movimento voluntário do corpo realizado pra alguma finalidade.

São vários os objetivos, por exemplo, a perda de peso, o aumento da massa muscular ou o ganho em flexibilidade. Nesse sentido, o profissional é aquele que identifica o objetivo de cada um. Dessa forma, por meio de um trabalho personalizado, designa as atividades e os exercícios apropriados pra alcançar essa meta.

As atribuições do personal, no entanto, não se esgotam na orientação física. Como a gente vai ver melhor a seguir, ele também é responsável pelo monitoramento do progresso do cliente no aspecto psicológico e emocional. Não é demais?

Qual a função de um personal trainer?

Como você viu, o trabalho de um personal trainer é permeado por algumas atribuições. Confira algumas delas e entenda os conhecimentos envolvidos!

Avaliar necessidades físicas

Uma importante função de um personal trainer é saber identificar as necessidades de seu cliente. Em outras palavras, é o profissional quem avalia os pontos fortes e fracos pra, somente então, verificar no que será necessário trabalhar. 

Nesse sentido, são considerados o condicionamento físico do aluno, o estado de saúde, as limitações específicas, entre outros. Isso, é claro, exige um conhecimento da biologia e anatomia humana. Também são considerados os objetivos pessoais do cliente. Tudo isso pra oferecer a melhor solução sem causar lesões.

Desenvolver programa personalizado

A segunda grande atribuição do personal trainer é, a partir das necessidades do cliente, desenvolver um programa personalizado de exercícios físicos.

Nesse sentido, é exigido do profissional um conhecimento sobre o efeito de determinados movimentos no corpo humano. Por essa razão, inclusive, quem opta por trabalhar como personal trainer geralmente tem formação em Educação Física.

Ainda sobre o planejamento dos exercícios, uma habilidade exigida do personal é a capacidade de adaptar treinos e sugerir alternativas.

Monitorar o progresso de clientes

Também é função de um personal trainer acompanhar o cliente em todas as atividades, garantindo que ele tenha o resultado esperado. Caso contrário, será necessária uma adaptação do treino. O profissional também fica responsável por outras orientações.

Por exemplo, aspectos técnicos sobre horas de descanso, hábitos saudáveis e alimentação. Por esse motivo, o conhecimento em nutrição também é desejável

Instruir sobre o uso de equipamentos

Por último, durante a prática física, o personal acompanha o posicionamento do corpo, a intensidade do treinamento e a frequência dos exercícios. Afinal, esses fatores são determinantes pro alcance dos resultados inicialmente estipulados.

Além disso, o profissional também instrui sobre o uso de equipamentos. Em academias, por exemplo, a utilização equivocada das máquinas pode ocasionar lesões ou atrapalhar o progresso do aluno no programa.

Como é o mercado de trabalho?

Tendo em vista as atribuições do profissional, é possível deduzir uma infinidade de oportunidades às quais ele terá acesso no mercado.

As ocupações vão desde aulas de ginástica coletiva até o planejamento de atividades em escolas, academias e ginásios esportivos. Também, é possível atuar na assessoria, por exemplo, auxiliando órgãos públicos e particulares a elaborarem um programa de atividades físicas pro quadro de funcionários. 

Vale lembrar que a preocupação em relação ao sedentarismo e às doenças ocupacionais decorrentes da má postura no ambiente de trabalho é cada vez maior entre as instituições. 

Pra quem gosta de esportes, outra especialidade de atuação é junto a esportistas de diversas modalidades, desempenhando papel de técnico no desenvolvimento de habilidades corporais específicas e direcionadas pra prática esportiva.

Qual a importância do profissional?

A função de um personal trainer é de grande relevância pra sociedade. Como se sabe, a prática de atividades físicas está relacionada à saúde do corpo e da mente. Isso porque, além de condicionar o físico, regula o sono, fortalece o sistema imunológico e previne doenças como diabetes e hipertensão.

Especialmente no contexto de pandemia, em que a prática física se mostra fundamental pra prevenir formas graves da Covid-19, o despertar pra importância do profissional foi ainda maior. Muitos já reservaram um tempo do dia, mesmo em casa, pra se exercitar.

Esse hábito também é considerado importante pra superar os desafios do isolamento, visto que auxilia na diminuição da ansiedade e do estresse. Afinal, a movimentação do corpo libera vários hormônios auxiliares, entre eles a endorfina. O profissional, nesse sentido, é quem guia o aluno pro melhor aproveitamento das atividades em seu favor.

Como se tornar um personal trainer?

Tendo em vista a função de um personal trainer e o amplo mercado de trabalho, muitos perguntam como se tornar um profissional. Em primeiro lugar, é indispensável a formação na área. Afinal, a prática demanda conhecimentos em Biologia, Nutrição e Anatomia.

Mesmo pra quem já conta com diploma de Educação Física ou de áreas da Biomédica, recomenda-se uma Pós-Graduação em Saúde, mais especificamente em Personal Trainning. Outra dica pra arrasar na profissão é aprimorar habilidades como:

  • liderança;
  • comunicação motivadora;
  • empatia;
  • persistência;
  • e atitude positiva. 

Em geral, competências de relacionamento interpessoal também são desejáveis. Isso porque, o trabalho tem relação com o desenvolvimento pessoal e o norteamento de metas.

Sem dúvidas, apostar na formação em Personal Trainning é uma grande escolha. Além de um bom retorno financeiro, o profissional também pode se satisfazer pessoalmente na área. Afinal, ajudará outros a alcançarem seus objetivos pessoais, a melhorarem o condicionamento físico e a usufruírem de uma melhor qualidade de vida.

É importante, por outro lado, ter em vista a necessidade de buscar uma qualificação pra seguir na carreira. Nesse sentido, a Pós Descomplica é uma grande aliada.

A faculdade, que tem nota máxima no MEC, garante uma formação de excelência e voltada pro mercado. Tudo isso de forma 100% online, com aulas virtuais pra você adaptar a sua rotina de estudos e exercer a função de um personal trainer de sucesso. 

E aí? Curtiu o conteúdo? Então não deixe de conferir a Pós em Personal Trainning do Descomplica e dar um passo em direção ao seu futuro profissional!