• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Benefícios da leitura: saiba quais são os 10 principais

Sabia que não gostar de ler pode te causar vários problemas? Que te traz uma desvantagem considerável você provavelmente já sabe, mas e quanto aos efeitos colaterais disso? Os benefícios da leitura vão muito além de fazer uma boa redação (embora só isso já seja motivo pra começar a ler).

Quem lê, sabe mais. Impossível negar isso. E quem sabe mais, leva um estilo de vida melhor. Não no sentido de #lifestyle, mas de lidar melhor frente às adversidades que a vida impõe a todos.

Sendo assim, a gente separou 10 benefícios da leitura pra você começar a desenvolver esse hábito quanto antes. Bora lá?

pessoa folheando um livro de poesias

1. Aprimora a escrita

Quanto mais você lê, mais informações sobre estruturação de frases e textos ficam guardadas no seu subconsciente.

Aos poucos, o uso correto da vírgula, do ponto e vírgula e reticências (peguei os mais polêmicos) deixam de ser confusos e passam a ser algo natural para os leitores.

Além disso, a estruturação das frases e parágrafos vai ganhando espaço no campo dos hábitos. E o principal, um leitora assíduo passa a ter bastante repertório de diferentes estruturas de frases e parágrafos, além do contato frequente com vários tipos de textos.

De tanto se expor a diferentes textos, literários ou não, na hora de escrever o seu próprio você sabe naturalmente quando um parágrafo ou frase estão curtos ou longos demais.

benefícios da leitura – criança lendo um livro infantil ilustrado

2. Incrementa o vocabulário

Isso é tão óbvio que talvez nem precisaria estar nessa lista, mas a gente decidiu colocar porque, muitas vezes, situações simples do dia a dia podem ser resumidas com uma ou duas palavras.

Por isso é até meio engraçado ouvir uma criança explicando algum ocorrido, de tantas palavras que utilizam. Se liga:

— Mãe, o Pedrinho estava andando e decidiu subir na guia. ele andou até lá na frente. ele começou a ir pro lado e não conseguiu mais ficar reto. ele caiu.

Um ocorrido que um adulto resumiria em:

— O pedrinho subiu no meio-fio, se desequilibrou e caiu.

Percebe como uma frase grande foi resumida na oração “se desequilibrou”? O adulto, por ter mais experiência com o idioma, sabe como aplicar melhor determinadas palavras.

Quanto mais uma pessoa lê, mais o seu vocabulário se torna rico.

benefícios da leitura – grupo de pessoas conversando sobre algum assunto

3. Melhora a comunicação

Esse terceiro item complementa muito bem o anterior, pois quanto mais rico é o seu vocabulário, melhor é sua comunicação. O teórico Harold Lasswell descreveu o ato comunicativo, que a gente pode resumir assim:

Emissor → Mensagem → Receptor

Se o receptor não compreender a mensagem, não há comunicação. Simples assim.

Então, se o emissor possui um vasto vocabulário, facilmente obtido com o hábito da leitura, maiores são as chances do receptor compreender e a comunicação acontecer.

 pessoa lendo dentro de uma biblioteca

4. Aumenta a bagagem cultural

A matéria de capa da revista Superinteressante de janeiro de 2014 é um guia composto por 9 itens pra ser uma pessoa mais criativa. O primeiro deles chama-se “Cultura inútil é útil”, e começa da seguinte forma:

“Memorizar os nomes dos personagens de Game of Thrones […] não ajudará ninguém a passar no exame da OAB ou a conseguir emprego em uma multinacional. Mas pode ser o princípio do caminho até uma boa ideia.”

Isso porque o nosso cérebro usa as informações que tem guardadas pra criar associações entre elas. Então, quanto mais coisas você sabe, mais matéria-prima o seu cérebro tem pra criar ideias e resolver problemas.

Portanto, ler é uma ótima fonte de conhecimento e seu hábito ajuda muito nessa questão.

benefícios da leitura – nota com desenho de lâmpada, fundo marrom

5. Incentiva ideias úteis

De repente você acorda com uma ideia genial. Fica eufórico com o que acabou de pensar e se sente um gênio por imaginar algo que ninguém imaginou: um super óculos interativo!

Nele você pode implementar a tecnologia de IoT de alguma forma e exibir elementos no vidro dos óculos, formando uma realidade aumentada.

Só que você não sabe que simplesmente o Google já inventou isso. Faz tempo. E não deu muito certo (não como eles queriam).

O Google Glass foi inventado em 2012, sendo eleito uma das melhores invenções do ano pela revista Time. Em 2014 veículos de comunicação, inclusive brasileiros, o receberam pra testes.

“Espero que nunca isso se torne necessário pra minha vida, porque é muito complicado” – disse um dos jornalistas. Já dá pra perceber como foi a recepção, não é? Menos de um ano depois, o próprio Google admitiu que exagerou na expectativa.

Se você não sabe de tudo isso, ocupa seu cérebro com o cultivo de uma ideia que já foi testada e reprovada por uma multinacional de tecnologia.

Ao passo que, quanto mais você lê e acessa o conhecimento, desperdiça menos energia com uma ideia que outra pessoa já teve.

benefícios da leitura – pessoa analisando anotações na parede

6. Estimula insights que podem virar negócios

Saber o que acontece em sua volta é um dos benefícios da leitura. O que você vai fazer com o conhecimento depende de seu propósito de vida.

Alguns só querem se atualizar, enquanto outros se mantêm atentos a novos negócios pra empreender.

Já assistiu Jobs, com Ashton Kutcher? O filme conta como Steve Jobs, criador da Apple, teve a ideia de comercializar o primeiro computador pessoal.

Ele observou o protótipo de alguma coisa que seu amigo criou e não botou fé e teve um grande insight: disponibilizar aquilo pro público.

Mesmo que você não invente algo novo, saber que aquilo foi criado (e está em ascensão) é fundamental pra fazer negócios. Se você não sabe que existe uma nova onda, pode tentar surfá-la tarde demais.

benefícios da leitura – pessoa cobrindo metade do rosto com livro aberto

7. Aprimora a identidade artística

É muito legal quando a gente se identifica com determinado autor. E conforme lemos suas obras, a tendência é passar a escrever como ele.

Mas como diz Austin Kleon, o ser humano “é incapaz de fazer uma cópia perfeita” (Roube como um artista – p. 42).

Quando escrevemos, nossas produções se assemelham muito às nossas referências, mas nunca ficam exatamente iguais.

É quando nasce a nossa própria identidade artística: nosso jeito de escrever, que se torna uma referência e não pode ser copiada, por mais que tentem.

 criança em pé folheando um livro

8. Aumenta a autoestima por estar lendo (e obtendo conhecimento)

Você sabe por que a gente gosta tanto do cheiro de livros novos? Porque uma parte do cérebro, o hipotálamo, associa os aromas às sensações vividas no momento em que os sentimos.

Por mais que uma pessoa não goste de ler, ela sabe que os livros têm alta concentração de conhecimento.

Então, quando ela abre o livro, sabe que está folheando páginas valiosíssimas. Sobe aquele cheiro característico de livro novo e pronto.

Daquele momento em diante, o cérebro associa esse aroma específico a algo positivo.

É por isso que quando a galera assídua em redes sociais começa a ler um livro, logo posta nos Stories do Instagram.

O ato de ler aumenta nossa autoestima, pois entendemos ser algo bom, culto, intelectual, que faz bem ao cérebro.

benefícios da leitura – pessoa lendo um livro, livros empilhados ao fundo

9. Melhora o funcionamento do cérebro

Aproveitando o gancho, vamos continuar falando sobre ciência. Estudo feito nos Estados Unidos mostra que a prática da leitura aumenta as conexões neurais, fazendo o cérebro funcionar melhor.

É como as academias pros músculos do nosso corpo. De tanto exercitar, eles se tornam mais fortes (ou seja, melhores, tendo em vista pra que servem).

O mesmo estudo mostra que de tanto exercitar o cérebro, as chances de desenvolver doenças como Alzheimer na velhice são menores.

Todos nós, a partir de certa idade, lidamos com a perda gradual das funções cerebrais. Portanto, um dos benefícios da leitura é que mantém o cérebro saudável em atividade, para que chegue à velhice mais forte.

benefícios da leitura – pessoa escrevendo como lapiseira

10. Contribui na redação para vestibulares

Você pode ser um mestre nas ciências exatas, mas pra entrar numa boa universidade precisa passar em um vestibular.

Pois bem, todos eles requerem a produção de uma redação, e se você não se garante nessa parte é porque não lê/leu o suficiente.

Não dá pra jogar no lixo toda a expectativa de fazer uma boa faculdade por não saber escrever um texto, não é?

Então, saiba que por mais que você adore fazer aquelas fórmulas matemáticas gigantescas, um dos benefícios da leitura é te preparar pra essa etapa importante da vida.

Óbvio que não é suficiente pra fazer uma redação. É preciso conhecer, por exemplo, a estrutura de um texto dissertativo-argumentativo.

Porém, se você tem o hábito de ler, seu vocabulário e sua escrita ficam melhores (como dito nos dois primeiros itens deste artigo).

benefícios da leitura – pessoa lendo um livro

Ler ou não ler? Eis a questão

Frente a essas evidências dos benefícios da leitura, não dá pra negar a diferença positiva que esse hábito pode fazer em sua vida no médio e longo prazo.

Óbvio que você não vai começar a ler hoje e amanhã já escrever como Camões (e nem é necessário, a não ser que você queira).

É uma prática que deve ser executada continuamente. Um capítulo por dia já é excelente pra começar. Aos poucos, você vai conhecendo seu ritmo e, finalmente, sua literatura preferida. É quando ler se torna um vício, no bom sentido.

E quando chegar a hora de fazer uma pós-graduação, sua bagagem cultural será ampla o suficiente pra fazer a escolha certa. Você terá um autoconhecimento maior e saberá onde quer chegar na carreira.

Então, quando precisar mandar ver na redação do vestibular, não será um problema.

E aí, gostou do post e quer se aperfeiçoar mais ainda? Então, dá uma olhada nos cursos de pós-graduação que o Descomplica oferece!