Quer receber materiais gratuitos e conteúdos exclusivos? 😉

Insira seu e-mail e receba todas as novidades sobre o Enem 2018 em primeira mão

Inscrição para 2ª edição do Sisu 2018 deve começar em maio

Em 2017 o período de inscrição foi de 29 de maio a 1 de maio

As inscrições para segunda edição do Sisu 2018 devem começar no final de maio. A data oficial ainda não foi divulgada, mas se seguirem o padrão do ano passado, quando a segunda edição começou no dia 29 de maio, as inscrições estão próximas! Se você está ansioso para saber se vai conseguir entrar na faculdade dos seus sonhos, pode ficar tranquilo, já que tudo indica que a espera está acabando 😉

NÃO MANDOU BEM NO ENEM 2017? VAMOS JUNTOS EM BUSCA DA SUA APROVAÇÃO NESTE ANO!

É importante lembrar que só quem participou da edição do Enem de 2017 pode se inscrever no Sisu 2018. Se você não fez o Enem ano passado, tem que fazer a prova neste e esperar até o próximo ano para poder se inscrever. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site do Sisu.

Como funciona o Sisu

O Sisu é a plataforma por meio da qual o estudante que fez o Enem pode solicitar seu ingresso em alguma universidade. Cada candidato pode se inscrever em até duas opções de vaga e incluí-las em ordem de preferência. Durante o período em que o sistema está aberto, que costuma ser de quatro dias, é possível alterar as opções de curso quantas vezes quiser.

Quando termina o prazo das inscrições, os candidatos recebem a informação de aprovação ou não. Depois disso, cabe a cada universidade informar aos alunos a data de inscrição nos cursos. Ah, é importante lembrar que o Sisu acontece duas vezes ao ano. Se o candidato não conseguir aprovação em nenhuma das opções na primeira chamada, pode tentar novamente na segunda, que aprova alunos para iniciarem a faculdade no segundo período do ano.

Notas de corte do Sisu em 2017

Nota de corte é um termo que se refere à pontuação mínima necessária para entrar em cada curso. Cursos muito concorridos, como medicina e direito, costumam ter notas de cortes altas, enquanto cursos menos procurados tem notas de cortes mais baixas. O mesmo vale para universidades muito concorridas ou menos procuradas.

Neste artigo separamos as maiores notas de corte 2017; confira!