• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como estudar para Medicina em casa?

Você pretende passar em Medicina e não sabe o que fazer a não ser se desesperar pensando na quantidade de candidatos por vaga? Sabemos que esse é, sem dúvida alguma, o curso mais disputado do vestibular, que tira noites e noites dos estudantes. Entretanto, com disciplina e algumas boas dicas, é possível estudar para Medicina em casa!

Quem quiser se dar bem em Medicina precisa estudar MUITO. Mas isso não significa que os cursinhos presenciais sejam a única solução. Há, inclusive, casos de estudantes que turbinaram os estudos em casa e conseguiram ótimas colocações. A seguir, selecionamos algumas dicas para que você aprenda como estudar para Medicina em casa. Vale a pena investir nelas!

1. Inicie os estudos para Medicina em casa o quanto antes

Medicina já é, reconhecidamente, um curso muito concorrido nas universidades. O processo seletivo é quase um “torturador” de alunos e não perdoa quem estudou pouco ou se dedicou menos do que deveria.

Quem estuda para Medicina em casa e deseja passar em uma universidade pública deve se preparar com muita antecedência. A dica, aqui, é começar esse processo já no primeiro ano do Ensino Médio.

Acha exagero? Lamentamos dizer, mas não é. Isso porque, nesse momento, a concorrência já estará firme nos estudos. Portanto, uma nota alta no ENEM e outra acima da média no vestibular são fundamentais se você quiser uma vaguinha.

Não se esqueça de que, nos vestibulares tradicionais de Medicina, a concorrência pode chegar a até 200 candidatos por vaga! Para se ter uma ideia, a última edição do vestibular na Unesp registrou 311 candidatos por vaga. Já a Fuvest teve 129 candidatos por vaga em Medicina.

2. Estude redação como se não houvesse amanhã

Quem estuda Medicina em casa deve considerar que a redação é um dos pontos altos do vestibular e do ENEM. Ela, inclusive, pode te dar nota máxima ou zerar a prova – o que seria terrível.

Em caso de empate entre dois candidatos, a redação também é usada como critério de desempate, sabia? Então, é primordial investir muito nela e em como preparar o melhor texto na prova.

Algumas dicas para conseguir isso são ler muito, escrever bastante, simulando a situação da prova e manter-se atualizado em relação ao que acontece no mundo. Conhecer bem a estrutura do texto solicitado pelo ENEM (dissertativo-argumentativo) também é muito importante. Vale, ainda, pesquisar textos que obtiveram notas máximas no exame para se inspirar.

3. Escolha um lugar tranquilo para estudar

Estudar Medicina em casa pode ser um problema devido às distrações. Cachorro, mãe, caminhão do gás, Netflix… Tudo parece atrapalhar a concentração e ser um convite para deixar os estudos para depois.

Para que isso não aconteça, um cantinho sossegado é imprescindível para que você mantenha o foco.

Um espaço em casa mesmo, a biblioteca pública da sua cidade, um café, um parque ou qualquer outro lugar silencioso e tranquilo. O importante é que não haja distrações.

4. Foque em Matemática e Ciências da Natureza

Essas duas disciplinas são indispensáveis para quem deseja cursar Medicina. A Matemática, geralmente, rende notas mais baixas aos candidatos e, por isso, quem acerta mais questões nessa parte se destaca no vestibular ou no ENEM.

Ciências da Natureza (que compreende Química, Física e Biologia) também englobam disciplinas muito importantes e valorizadas no vestibular. Quem estuda para Medicina sozinho deve ter em mente que verá esses temas durante todo o curso. Então, é preciso focar nisso!

Se você observar provas anteriores ou fizer um vestibular como treineiro, verá a importância desses temas. Eles podem ser determinantes para você ser aprovado.

A tarefa de estudar para Medicina em casa não é nada fácil, nós sabemos. Entretanto, com um bom roteiro de estudos, análise de provas anteriores e de assuntos mais frequentes no vestibular, você pode, sim, passar em uma universidade pública.

Para conferir um cronograma de estudos para Medicina completinho, é só clicar aqui!

A melhor opção para se preparar é conhecendo o plano de Medicina do Descomplica. É a melhor forma de se dedicar ao que realmente importa no Enem e vestibulares.

Pode acontecer, inclusive, de você prestar o vestibular um ano, não passar, e ser aprovado no próximo. Medicina é assim mesmo e, por isso, não vale desistir nunca, combinado?