• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Quem é o profissional do futuro e como se tornar um?

Já faz tempo que a inteligência artificial faz parte do cotidiano por meio, por exemplo, de aplicativos e aparelhos digitais super desenvolvidos. Mas, além disso, a tecnologia também promete grandes transformações no mercado de trabalho. Nessas horas, é preciso refletir: você tem as características do profissional do futuro? 

De acordo com uma pesquisa realizada em 2018, pela Universidade de Oxford, robôs e máquinas farão com que 47% dos empregos desapareçam nos próximos 20 anos. Por isso, é preciso prestar atenção às habilidades profissionais consideradas como grandes diferenciais. Entenda como se destacar em meios às transformações tecnológicas!

A chave do sucesso para o profissional do futuro é a inteligência emocional

Muitos especialistas em profissões e carreiras afirmam que o profissional do futuro é o “ser humano do futuro”. Isso significa que é necessário conhecer suas próprias qualidades e defeitos, sentir os problemas, além de se colocar no lugar de outras pessoas e muito mais.

Resumidamente, o sucesso dependerá de inteligência emocional. Por isso, separamos algumas dicas para que você seja mais inteligente emocionalmente:

Busque o autoconhecimento

O profissional do futuro precisa se conhecer para, então, conseguir controlar as emoções no dia a dia de trabalho. 

Algumas formas para conseguir o autoconhecimento é por meio de psicoterapia, reconhecer e lidar com facilidades e desafios em relação ao trabalho e, também, às pessoas e às situações. Vale a pena pedir feedbacks de colegas de trabalho e opiniões de familiares e amigos. Muitas vezes, a percepção do outro ajuda no nosso desenvolvimento.  

Pratique a empatia

Por mais que a inteligência artificial crie robôs e máquinas, essas tecnologias ainda não são capazes de sentir. É por isso que, para o profissional do futuro, a empatia é tão importante. 

Nunca é demais a capacidade de se colocar no lugar do outro e observar as situações com mais emoção do que razão. Tente ter mais esse olhar empático, inclusive, para solucionar problemas. 

Outras dicas para ser um profissional do futuro

Além da inteligência emocional, o profissional do futuro também precisa ser criativo. 

Pensar fora da caixa é mais uma expertise impossível aos robôs. Então, aproveite para buscar inspirações em leituras, músicas, exposição de arte, enfim, em tudo o que soma ao seu ser criativo. 

Por fim, a última dica está ligada à capacidade de aprender sempre. Na nova era do mercado profissional, será preciso aprender, desaprender e aprender novamente. Ou seja, nunca pare de buscar novos conhecimentos e aprimoramentos para a sua carreira profissional!

Gostou deste artigo? Confira outras matérias como essa aqui no blog Tudo sobre Pós!