Questão 45 da prova azul do primeiro dia do Enem 2021

No ano em que o maior clarinetista que o Brasil conheceu, Abel Ferreira, faria 100 anos, o choro dá mostras de vivacidade. É quase um paradoxo que essa riquíssima manifestação da genuína alma brasileira seja forte o suficiente para driblar a falta de incentivos oficiais, a insensibilidade dos meios de comunicação e a amnésia generalizada. “Ele trazia a alma brasileira derramada em sua sonoridade ímpar. Artur da Távola, seguramente seu maior admirador, foi quem melhor o definiu, ‘alma sertaneja, toque mozarteano'”.  O acervo do músico autodidata nascido na mineira Coromandel, autor de 50 músicas, entre as quais Chorando baixinho (1942), que o consagrou, amigo e parceiro de Pixinguinha, com quem gravou Ingênuo (1958), permanece com os herdeiros à espera de compilação adequada. O Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro tem a guarda do saz e do clarinete, doados em 1995.
Na avaliação de Leonor Bianchi, editora da Revista do Choro, “a música instrumental fica apartada do que é popular porque não vai à sala de concerto. O público em geral tem interesse em samba, pagode e axé”. Ela atribui essa situação à falta de conhecimento e à pouca divulgação do gênero nas escolas.

FERRAZ, A. Disponível em: www.cartacapital.com.br. Acesso em: 22 abr. 2015 (adaptado).

Considerando-se o contexto, o gênero e o público-alvo, os argumentos trazidos pela autora do texto buscam

  1. atribuir o desconhecimento da obra de Aberl Ferreira ao ensino de música nas escolas.
  2. reivindicar mais investimentos estatais para a preservação do acervo musical nacional.
  3. destacar a relevância histórica e a riqueza estética do choro no cenário musical brasileiro
  4. apresentar ao leitor dados biográficos pouco conhecidos sobre a trajetória de Abel Ferreira.
  5. constatar a impopularidade do choro diante da preferência do público por músicas populares.

Comentário da questão

O texto apresenta informações sobre Abel Ferreira. De acordo com a autora, o maior clarinetista que o Brasil conheceu. Assim, ela busca destacar a importância do gênero musical choro como uma manifestação da genuína alma brasileira.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção C

Questões correspondentes

39 08 17 0

Assunto