Quer ficar por dentro das novas questões do Enem?

Cadastre-se e receba um aviso sempre que novas questões estiverem disponíveis!

Questão 101

Carta ao Tom 74

Rua Nascimento Silva, cento e sete

Você ensinando pra Elizete

As canções de canção do amor demais

Lembra que tempo feliz

Ah, que saudade,

Ipanema era só felicidade

Era como se o amor doesse em paz

Nossa famosa garota nem sabia

A que ponto a cidade turvaria

Esse Rio de amor que se perdeu

Mesmo a tristeza da gente era mais bela

E além disso se via da janela

Um cantinho de céu e o Redentor

É, meu amigo, só resta uma certeza,

É preciso acabar com essa tristeza

É preciso inventar de novo o amor

MORAES, V.; TOQUINHO. Bossa Nova, sua história, sua gente. São Paulo: Universal; Philips,1975 (fragmento).

O trecho da canção de Toquinho e Vinícius de Moraes apresenta marcas do gênero textual carta, possibilitando que o eu poético e o interlocutor

  1. compartilhem uma visão realista sobre o amor em sintonia com o meio urbano.
  2. troquem notícias em tom nostálgico sobre as mudanças ocorridas na cidade.
  3. façam confidências, uma vez que não se encontram mais no Rio de Janeiro.
  4. tratem pragmaticamente sobre os destinos do amor e da vida citadina.
  5. aceitem as transformações ocorridas em pontos turísticos específicos.

Comentário da questão

Reconhecer pela semântica textual os tempos verbais no pretérito imperfeito / expressões de interjetivas enfatizando o tom de nostalgia – valorização do passado.

Equipe Descomplica
A melhor equipe de professores do Brasil ;)

Gabarito da questão

Opção B

Questões correspondentes

135 132 104 0

Assunto

Gêneros Textuais

Interpretação Textual