Mapa Mental: Simbolismo

Descubra tudo sobre Simbolismo com este mapa mental que vai salvar sua prova de literatura!

O resumo sobre Simbolismo que vai salvar a sua prova da escola ou do vestibular está te esperando bem aqui.

Ao final do século XIX, a escola literária Simbolista apresenta uma nova maneira de observar o mundo. Ao retomar traços subjetivos do movimento romântico, os simbolistas aproximam-se do plano metafísico e do campo da inconsciência humana, aprofundando os mistérios e os sentimentos de sua alma.

O CONTEXTO SIMBOLISTA

Para compreendermos os anseios e aflições do homem simbolista, é necessário observarmos o contexto histórico ao final do século XIX. Esse período é marcado por muitas movimentações sociais e econômicas em contexto mundial. Entre elas, podemos citar: os reflexos econômicos e o progresso comercial da Revolução Industrial; os anseios democráticos da Revolução Francesa, a ascensão da burguesia, a exclusão das camadas mais baixas em relação a seu desenvolvimento igualitário e distribuição de renda, e a obtenção de lucros do Imperialismo econômico são fatores que fizeram com que o homem daquele momento se sentisse frustrado com as promessas de igualdade e oportunidade para todos.  

Nesse sentido, iremos perceber que o homem tenta fugir dessa realidade, ao entrar no plano da subjetividade, aprofundando seus sentimentos e retomando a traços pessimistas,  principalmente a características da 2ª Geração Romântica, chamada de “Mal do século” ou Ultrarromântica. Além disso, é possível perceber que a temática simbolista reage ao esquema materialista do século XIX, como também, a objetividade propagada pelas correntes cientificistas.

Quer saber como o ENEM cobra o Simbolismo e o Parnasianismo? Vem cá, vem!!

Continue estudando
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Simbolismo

Leia o resumo sobre Simbolismo e resolva os exercícios abaixo.
artigo