Mapa Mental: Sertão Nordestino

Não tem mistério quando o assunto é Sertão Nordestino. Saiba tudo para arrasar na sua prova de geografia com este mapa mental 🙂

A região nordeste é uma porção do espaço geográfico brasileiro muito controversa, pois, ao mesmo tempo em que apresenta aspectos fundamentais na formação do nosso território, também está ligada ao ideário de ser uma região que apresenta grandes problemas estruturais. Associada historicamente à ideia de pobreza, e com características naturais distintas, o nordeste tem mudado o panorama econômico, apresentando crescimento acima das demais regiões; tudo fruto do processo de descentralização industrial, que vem ocorrendo desde o início dos anos 90.

Não podemos deixar de destacar que o aspecto físico é muito importante na região, principalmente pela questão da seca no sertão. Podemos citar a grande e polêmica obra de transposição do rio São Francisco como um exemplo de estratégia para solucionar este problema.

SERTÃO

Esta é a sub-região que domina o espaço geográfico da região nordeste, presente em mais da metade de seu território. Com um clima semi-árido e índices pluviométricos baixíssimos em relação ao restante do país, o sertão é sinônimo de seca, pobreza e fome no imaginário popular. A característica vegetal dessa região é a presença quase exclusiva da Caatinga, e a pecuária extensiva representa, até hoje, a principal atividade das grandes propriedades. A bacia do rio São Francisco é a maior da região e a única fonte de água perene para as populações que habitam suas margens, além de ser também aproveitado para irrigação e fonte de energia através de hidrelétricas como a de Sobradinho (BA).

Em relação à seca, podemos destacar que a escassez de chuva é responsável pela fome e pela pobreza no sertão nordestino. Isso ocorre por diversas causas, como os fatores oceânicos, isto é, o fato de que a temperatura do mar nos litorais do Ceará e Rio Grande do Norte é mais baixa do que as áreas do entorno, causando baixa evaporação e umidade. Também podemos citar as frentes polares, que, quando chegam ao nordeste, apresentam pouca força, dificultando a formação das chuvas. Por último, o nordeste é uma região de alta pressão, com correntes de ar que transferem calor para latitudes maiores, favorecendo a estabilidade do tempo e a ausência de chuvas.

AINDA COM DÚVIDAS SOBRE O SERTÃO E A REGIÃO NORDESTE? UM RESUMO COMPLETO ESTÁ TE ESPERANDO BEM AQUI.

Continue estudando
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Amazônia Brasileira

Leia o resumo Amazônia Brasileira e resolva as questões abaixo.
artigo
Post do blog

Sudeste, Sul e Centro-Oeste: Conheça o Centro-Sul, a região de concentrações

A região Centro-Sul é formada pelas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
artigo