Ácido e base: conheça as diferenças

Dentro da química inorgânica nós iremos separar as substâncias em quatro grupos. Os sais, óxidos, ácidos e bases. Focaremos em entender os ácidos e bases.

Ácido e base são dois exemplos de funções inorgânicas. Nós iremos diferenciar essas substâncias de acordo com o que ela irá liberar em água. Um ácido será toda espécie química que sobre ionização liberando como único cátion o H+ em meio aquoso. Já as bases, sofrem dissociação liberando como único ânion o OH-.

Essas definições para ácido e base foram dadas pelo cientista chamado de Arrhenius em 1884. Fazer essa separação das substâncias é fundamental para prever e explicar certos acontecimentos. Vamos aprender nesse texto as definições, classificações, diferenças e como nomear cada uma delas.

1. Definição de ácido

As definições de ácido e base foram propostas pelo cientista chamado de Arrhenius. Segundo Arrhenius, ácido é toda substância que sofre ionização liberando como único cátion o H+. Perceba que, essa definição é limitada para o meio aquoso. Então para verificarmos se uma substância é ácida segundo Arrhenius, basta adicionar ela em água e verificar se foi liberado apenas H+ para o meio.

Exemplo:

Acido base - Figura 01

IMPORTANTE!!!

  • Nós podemos representar o H3O+ apenas por H+.
  • Nós falamos ionização porque os ácidos realizam ligação covalente (compartilhamento de elétrons).

Podemos observar que nas duas rações, o único cátion que a gente tem é o H3O+ (H+). Sendo assim, podemos classificar o HCl como ácido.

Exemplos:

Acido base - Figura 02

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Química de graça no Descomplica!

2. Definição de base

Segundo Arrhenius, base é toda espécie que sobre dissociação liberando como único ânion a hidroxila (OH-). No caso das bases, a ligação química aqui é a ligação iônica. Por isso falamos que eles sofrem dissociação.

Exemplos:

Acido base - Figura 03

IMPORTANTE!!!

Uma base muito importante que tem uma pequena diferença no cátion é o hidróxido de amônio. Que o cátion realiza ligação covalente. Mas ele continua sofrendo dissociação, porque a ligação entre o cátion NH4+ e OH- é iônica.

Acido base - Figura 04

3. Classificação dos ácidos

Presença de oxigênio

Como o próprio nome já da uma dica. Nós iremos classificar de acordo com a presença de oxigênio no ácido. Caso possua oxigênio, será classificado como oxiácido e se não possuir oxigênio será chamado de hidrácido.

Exemplo de oxiácido:

H2SO4, H3PO4,H4SiO4.

Exemplo de Hidrácido:

HCl, HBr, HF.

Quantidade de hidrogênios ionizáveis

O próprio nome da classificação já da uma dica. Nós iremos ver quantos hidrogênios o ácido libera em água.

1 H+ → Monoácido Ex: HBr

2 H+ → Diácido Ex: H2SO4

3 H+ → Triácido Ex: H3PO4

4 H+ → Tetrácido Ex: H4SiO4

IMPORTANTE!!!

A maioria dos ácidos você consegue classificar apenas olhando a quantidade de hidrogênios na fórmula molecular. Mas temos algumas exceções. As exceções vão se os ácidos formados por P, As e Sb com fórmulas:

H3XO3 - são diácidos

H2XO3 - são monoácidos

Força dos ácidos

A força de um ácido vai determinar quanto de H+ o ácido é capaz de liberar. Quanto mais forte, mais facilmente esse H+ é liberado. Sendo assim, o meio ficará mais ácido.

Temos duas formas de determinar a força de um ácido. A primeira delas é verificando o grau de ionização. O grau de ionização é dado pela razão entre a concentração de H+ e a concentração iniciações ácido.

Acido base - Figura 05

Caso esse α será maior que 50% o ácido é forte. Quando for menor que 5% é fraco. E caso esteja entre 5% e 50%, ele será classificado como moderado.

Caso a gente não consiga calcular o grau de ionização, nós podemos fazer da seguinte forma:

Se o ácido for um hidrácido, o HCl, HBr e HI são fortes. Já o HF é moderado e os demais são fracos.

Já no caso dos oxiácidos, nós iremos fazer uma conta bem simples. Basta ver quantos oxigênios a gente tem na fórmula molecular e diminuir da quantidade de hidrogênio. Caso essa conta seja menor que 1 o ácido é fraco, casos seja igual a 1 é moderado e se for maior que 1, será forte.

Exemplo:

H2SO4 🡪 4 – 2 = 2, logo o ácido é forte

H3PO4 🡪 4 – 3 = 1, logo o ácido é moderado

HCN 🡪 1 – 1 = 0, logo o ácido é fraco

IMPORTANTE!!!

O H2CO3 é uma exceção. A conta da 1. Porém esse ácido é fraco.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Química de graça no Descomplica!


4. Classificação das bases

A classificação das bases é muito parecida com a dos ácidos. Claro que irá relacionar com a hidroxila (OH-).

Quantidade de hidroxila

Essa classificação vai dizer quantas hidroxilas a base libera quando adicionada em água.

1 OH- → Monobasico Ex: NaOH

2 OH- → Dibase Ex: Ca(OH)2

3 OH- → Tribase Ex: Al(OH)3

4 OH- → Tetrabase Ex: Pb(OH)4

Quanto a solubilidade

Vamos separar as bases em solúveis, parcialmente solúveis e insolúveis.

Solúveis vão ser todas as bases formadas por cátions do grupo 1.

Exemplo: NaOH, KOH, LiOH

Parcialmente solúveis são todas as bases formadas por cátions do grupo 2. Com exceção as bases de berílio e magnésio.

Exemplo: Ca(OH)2, Sr(OH)2, Ba(OH)2

Insolúveis são as bases formadas por berílio, magnésio e as demais.

Exemplo: Be(OH)2, Mg(OH)2, Fe(OH)2

Quanto a força

No caso das bases, a gente vai separar apenas em fortes e fracas. Nesse caso, as fortes são todas as bases formadas por metais do grupo 1 e grupo 2. Com exceção das bases formadas pelo berílio e magnésio, que são fracas junto com as demais.

Exemplos de bases fortes:

NaOH, Ca(OH)2, Ba(OH)2

Exemplos de bases fracas:

Be(OH)2, Mg(OH)2, NH4OH

5. Regras de nomenclatura para bases e ácidos

Além de tudo que vimos até agora, é fundamental conseguirmos nomear esses compostos. Vamos ver as regras para nomear ácidos e bases.

Bases

Para as bases nós iremos seguir a seguinte regra:

Hidróxido de ___________________
                nome do cátion

Caso o cátion possua NOX fixo, basta indicar qual é o elemento.

Exemplo:

NaOH 🡪 Hidróxido de Sódio

Al(OH)3 🡪 Hidróxido de Alumínio

Para bases formadas por elementos que não apresentam NOX fixo, nós iremos indicar o NOX em algarismos romanos.

Exemplo:

Fe(OH)2 🡪 Hidróxido de Ferro II

Fe(OH)3 🡪 Hidróxido de Ferro III

Ácidos

Para os ácidos, teremos duas regras. Se o ácido for um hidrácido, basta seguir a seguinte regra:

Ácido ______________ + ídrico
      nome do ânion

Exemplos:

HCl 🡪 Ácido Clorídrico

HF 🡪 Ácido Fluorídrico

HBr 🡪 Ácido Bromídrico

Caso seja um oxiácido, precisaremos analisar o NOX do átomo central. E analisar pela seguinte tabela.

NOX* Prefixo Sufixo
+1 ou +2 Hipo oso
+3 ou +4 - Oso
+5 ou +6 - ico
+7 per ico
*NOX do elemento central

A regra fica como:

Ácido ________ + ____________________ + _________
      prefixo    nome do átomo central   sufixo

Exemplos:

H2SO4 🡪 NOX do S é +6. Sendo assim, o nome será: Ácido Sulfúrico

HClO4 🡪 NOX do Cl é +7. Sendo assim, o nome será: Ácido Perclórico

IMPORTANTE!!!

Alguns ácidos não iram seguir essa tabelinha. Quando o ácido for formado pelos átomos C+4, Si+4 e B+3, o prefixo será ICO.

Exemplo:

H2CO3 🡪 Mesmo o NOX do carbono sendo +4, o nome será: Ácido Carbônico.

👉 Se prepare para o Enem e Vestibulares estudando Química de graça no Descomplica!

Assista também 👉 Ácidos e Bases em Química Orgânica Parte 1 - Extensivo Química

Olá, #EstudanteDescomplica! Essa aula faz parte do módulo "Propriedades Físicas dos Compostos Orgânicos".Nesse módulo, o professor Allan Rodrigues fala de Fenóis, Álcoois, Alcinos Verdadeiros, Nitroalcanos, Aminas, Amidas, Interações Intermoleculares, Massa Molecular, Organização dos Átomos e Solubilidade dos Compostos Orgânicos. Estude com a gente e fique afiado para o Enem :D

💚

A maior sala de aula direto da sua casa!

Junte-se aos 230 mil alunos que descobriram como melhorar os resultados estudando online! 👉 Clique aqui e saiba como!

Continue estudando
artigo
Post do blog

Questões comentadas: Funções inorgânicas

Preparado para resolver uma série de exercícios sobre Funções Inorgânicas? Treine o seu conhecimento e prepare-se para gabaritar o ENEM e vestibulares! Vamos lá?
artigo
Post do blog

Mapa Mental: Teoria Ácido-Base

Quer ver a Teoria Ácido-Base de forma resumida para você aprender mais rápido? Então, confira esse mapa mental: