• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Afinal, quanto ganha um engenheiro de produção?

É comum que, antes de iniciar uma graduação, o estudante coloque na balança os prós e contras dos cursos de seu interesse. Um dos pontos analisados, nesse sentido, é a média salarial de um profissional formado na área. A análise não poderia ser diferente em relação ao salário de um engenheiro de produção.

Pensando nisso, e tendo em vista a importância do conhecimento, não só dos ganhos, mas também do mercado de Engenharia de Produção, a gente elencou alguns esclarecimentos pra quem pretende seguir ou já está trilhando essa carreira. Se liga!

Quanto ganha um engenheiro de produção?

Quanto ganha um engenheiro de produção?

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que o salário pode variar muito de profissional pra profissional. Isso porque os recebimentos estão em função de inúmeros fatores.

Entre eles, a região em que se trabalha, a experiência comprovada do engenheiro, área de especialização etc. Assim sendo, é preciso analisar individualmente as perspectivas de recebimento. É possível, por outro lado, ter uma noção a partir da média salarial.

No Brasil, o salário de um engenheiro de produção gira em torno de R$7.640,95 mensais. A renda, no entanto, pode superar o dobro a depender das variáveis, dos níveis hierárquicos de cargos e do tamanho da companhia.

Em São Paulo, por exemplo, região em que há maior número de vagas pra esse profissional, a tabela de salários sugere média de R$8.703,23, sendo o teto salarial R$13.152,58.

Como é o mercado de Engenharia de Produção?

Como é o mercado de Engenharia de Produção?

A Engenharia de Produção é o segmento da engenharia que se presta ao gerenciamento de recursos, tanto materiais quanto financeiros e humanos, voltado à produção de bens e serviços. Desse modo, o mercado na área é bastante amplo.

O profissional formado pode atuar em vários segmentos da indústria, em instituições públicas e entidades privadas relacionadas, por exemplo, ao agronegócio, à indústria automobilística, petróleo e gás, eletrodomésticos entre outros.

Da mesma forma, as atividades desenvolvidas são diversas. A título exemplificativo, o profissional pode estar nas seguintes funções:

  • processos de logística;
  • controle de qualidade;
  • gerenciamento de produção;
  • coordenação de projetos de sistemas.
Como se destacar no mercado de trabalho?

Como se destacar no mercado de trabalho?

Se você se interessa pela área de atuação e deseja seguir carreira, deve ter se perguntado como se destacar no mercado pra elevar a média salarial

Nesse sentido, a formação de qualidade é o melhor caminho. Como você já deve saber, uma boa colocação pro trabalho depende, em grande medida, da comprovação de hard skills e de habilidades técnicas necessárias pra desempenhar o cargo desejado.

A dica, portanto, é buscar a graduação em uma boa instituição de ensino e, posteriormente, uma Pós-Graduação na área. Desse modo, é possível se aprofundar ainda mais nas questões práticas relacionadas e demonstrar às companhias as ferramentas necessárias.

Os cursos de engenharia são famosos pelos bons cargos e altos salários. No entanto, pra alcançar o salário de um engenheiro de produção, é necessário obter as competências exigidas pro exercício da profissão. Por isso, não deixe de buscar uma faculdade com credibilidade no mercado pra ter a melhor formação e alcançar o sucesso profissional.

E aí? Já se decidiu sobre a carreira? Então não deixe de conferir as oportunidades e se inscrever na Faculdade Descomplica!