• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Engenharia de Segurança do Trabalho: conheça esta área!

A segurança do trabalho é um tema cada vez mais presente nas empresas. Isto não apenas porque constitui um conjunto de normas com vistas a proteger o colaborador contra acidentes e doenças ocupacionais.

Um dos motivos determinantes é a percepção de que o funcionário é fundamental para boa gestão empresarial e para o sucesso do negócio. Nesse contexto, surge a Engenharia de Segurança do Trabalho.

Trata-se de uma área do conhecimento capaz de prevenir ou mitigar riscos no ambiente laboral, gerindo condições mínimas de saúde e bem-estar das equipes.

Pensando nisso, e tendo em vista a importância deste segmento para as empresas, a gente separou alguns tópicos explicativos sobre o tema. Quer saber mais? Então se liga! 

Leia também: Descubra o que um ergonomista faz e quais são as áreas de atuação

engenharia de segurança do trabalho – profissional da construção civil na obra

O que é a Engenharia de Segurança do Trabalho? 

Conforme já introduzido, a Engenharia de Segurança do Trabalho é a profissão responsável por gerir de maneira efetiva os riscos de acidente no trabalho e de doenças ocupacionais.

O objetivo é prevenir ou minimizar qualquer ameaça que comprometa a saúde e integridade do colaborador

Assim, quando se fala em Engenharia de Segurança do Trabalho, é preciso ter em mente que se trata de uma área abrangente que engloba diversas certificações.

Afinal, os riscos podem estar presentes em diferentes graus, conforme a natureza das atividades desenvolvidas pela empresa. Como exemplo, é possível citar:

  • manuseio de maquinário;
  • exposição a sons e ruídos;
  • uso de químicos e inflamáveis;
  • construção de edifícios.
engenheiros analisando o chão de um estacionamento

Quais são as atribuições do profissional?

Tendo em vista os objetivos da Engenharia de Segurança do Trabalho, algumas atribuições são inerentes ao exercício profissional.

Uma delas é a realização de avaliações ambientais para analisar as condições de segurança e saúde na empresa.

A ideia é que se possa fazer um exame direcionado para as atividades do negócio tendo em vista a legislação trabalhista e as normas regulamentadoras.

Entre as funções do engenheiro, portanto, também está o mapeamento de riscos a partir da elaboração de laudos de insalubridade e periculosidade. 

A partir dessas análises, também cabe ao agente fazer a gestão de projetos de prevenção contra acidentes e de melhoria das condições estruturais de trabalho.

Isso envolve não só os gestores mas também todo o treinamento das equipes. 

engenharia de segurança do trabalho – prédios vistos debaixo, céu azul ao fundo

Qual a importância da Engenharia de Segurança do Trabalho para as empresas?

A partir dessas noções preliminares sobre a profissão, é possível entender a importância de um agente capacitado para as empresas.

Afinal, ele não só contribui para a adequação do negócio às normas de segurança do trabalho, evitando multas e sanções, como também promove um ambiente de confiança entre as equipes.

Isso, por sua vez, eleva a produtividade e o desempenho geral, permitindo uma boa colocação no mercado de trabalho.

Vale lembrar, ainda, dos reflexos na gestão dos recursos humanos especialmente no que se refere à retenção de talentos.

Isso porque, com a implementação dos projetos e ações relacionados à segurança do trabalho, o negócio passa a demonstrar mais preocupação com o bem-estar dos colaboradores. Isso torna a empresa mais atrativa no mercado de trabalho.

engenheiros conversando sobre anotações da lousa

Como é o mercado de trabalho para este segmento?

Conforme a Norma Regulamentadora 4, toda empresa que apresenta trabalhador contratado pelo regime CLT deve manter serviço especializado nesta área, com a finalidade de promover a saúde e integridade da equipe.

A obrigatoriedade para implantação de projetos e o seu caráter estratégico voltado à segurança do trabalho motiva ainda mais a busca das instituições por profissionais capacitados.

O investimento na carreira, dessa forma, pode gerar bom retorno profissional e financeiro devido justamente à valorização do profissional. 

A média salarial de um Engenheiro de Segurança do Trabalho no Brasil gira em torno de R$ 8.194,23 em uma jornada de 40 horas semanais. Caso queira comprar com outras remunerações, temos um texto aqui no blog traz um panorama geral dos salários da área da Engenharia no país.

profissionais da engenharia de segurança do trabalho analisando plantas

Como se tornar um profissional da Engenharia de Segurança do Tranbalho?

Conforme a Lei 7.410/1985, o exercício profissional da Engenharia de Segurança do Trabalho é permitido ao engenheiro ou arquiteto que tenha concluído a pós-graduação na área. 

Além da realização do curso, que tem a grade curricular fixada pelo Conselho Federal de Educação, quem deseja atuar neste segmento também deverá ter atenção ao registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, de acordo com a formação.

Por isso, para se tornar um profissional da área, recomenda-se a busca pela formação superior em Engenharia ou Arquitetura e a realização de pós-graduação.

É fundamental que esta seja realizada em uma instituição com credibilidade.

Assim, além de obter o registro necessário a partir do curso de Engenharia em Segurança do Trabalho, será possível conhecer a base técnica para uma atuação de excelência.

engenharia de segurança do trabalho – estante de livros de uma biblioteca

O que se estuda no curso de especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho?

O curso de especialização oferece toda a base teórica e prática que o profissional precisa dominar para atuar.

Entre os conteúdos abordados na Pós-Graduação Online em Engenharia de Segurança do Trabalho da Faculdade Descomplica, por exemplo, estão a Prevenção e Controle de Risco, tanto em máquinas quanto em equipamentos em instalações.

Outro exemplo é o Sistema de Proteção contra Incêndio e Explosões. O acadêmico também aprenderá no curso a identificar os riscos e elaborar laudos para orientar a empresa nas melhores ações de segurança.

Todas as matérias, vale lembrar, são guiadas por professores renomados, fundamentadas na legislação pertinente e com certificação ao final do curso.

Este documento, afinal, é o que permitirá se apresentar no mercado como especialista e ter acesso às melhores vagas. 

Sem dúvidas, a Engenharia de Segurança do Trabalho é uma área promissora para profissionais da Engenharia e Arquitetura.

Por isso, quem se interessa pela carreira e investe na própria qualificação pode abrir grandes portas no mercado de trabalho e ter boa perspectiva de crescimento e sucesso profissional.

Isso sem contar, é claro, na satisfação pessoal que o trabalho nesse segmento pode trazer ao pós-graduado.

E aí? Curtiu o conteúdo? Agora que você já sabe sobre a carreira, que tal conhecer mais sobre o cursos de Engenharia de Segurança do trabalho da Faculdade Descomplica!