• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre, 4 passos à diante nos seus estudos de Biologia

Para sair da água e conquistar o ambiente terrestre os animais sofreram importantes adaptações. Chegou a hora de conhecer os quatro passos fundamentais para emancipar os vertebrados da sua origem aquática.

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre

 

 

1. Pele impermeável

Ao contrário de animais aquáticos como peixes e anfíbios, os répteis desenvolveram uma pele impermeável, seca, sem glândulas, revestida por escamas epidérmicas (nas cobras e lagartos), por placas córneas (nos crocodilos e jacarés) ou ainda por placas ósseas (nas tartarugas), formando uma carapaça que protege o animal. A impermeabilização da pele ocorreu graças à intensa produção de uma molécula protéica chamada de queratina, (forma as penas das aves e os pelos dos mamíferos). Essa adaptação permitiu aos primeiros vertebrados terrestres evitar a perda de água pela pele, possibilitando a vida nos habitats mais inóspitos, inclusive nos desertos.

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre

A pele deve ser trocada para permitir o crescimento das serpentes

 

 

 

2. Pulmões parenquimatosos

A pele impermeável e a quantidade extra de queratina, impediram que acontecessem trocas gasosas através da epiderme. Para compensar, os répteis foram os primeiros a desenvolver pulmões parenquimatosos com maior superfície relativa interna, o que fez desses pulmões os mais eficientes para a respiração aérea. A entrada e a saída do ar também se tornaram mais eficientes, graças ao auxílio de músculos presentes nas costelas.

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre

São necessários bons pulmões para realizar atividades mais intensas

 

 

 

 

 

 

3. Ovo aminiota

 

Se reproduzir longe da água foi um grande desafio, mas os répteis conseguiram resolver essa questão com fecundação interna e o ovo amniota: esse tipo de ovo possui anexos embrionários, cório, âmnio, alantoide e saco vitelínico, além de uma casca grossa que impede o dessecamento do embrião. No entanto, a casca é porosa, permitindo as trocas gasosas entre o embrião e o meio externo.

As aves e mesmo os mamíferos monotremados ainda apresentam esse tipo de ovo em sua reprodução.

 

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre

 

 

 

 

4. Excretas nitrogenados menos solúveis em água

 

O metabolismo de proteínas produz as excretas nitrogenadas, e os ancestrais aquáticos eliminavam amônia, um composto muito sólido e muito solúvel em água. A vida na terra exigiu um tipo de excreta que em sua eliminação houvesse a mínima perda de água possível. Nos répteis e nas aves o produto da excreção nitrogenada é o ácido úrico, eliminado pela cloaca, juntamente com as fezes, na forma de uma pasta semi-sólida. No embrião esse excreta insolúvel em água pode ser armazenado dentro do ovo até o momento do nascimento. Os mamíferos eliminam uréia.

4 passos dos animais vertebrados para a conquista do ambiente terrestre

As vezes parece que as aves fazem isso de propósito

 

 

Tenho certeza que essa lista te adiantou mais um quatro passos em direção à Universidade, hein? Gostou? Não esqueça de comentar! =)