• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como Otimizar os Estudos na Reta Final do Enem

Depois de um ano muito difícil, chegamos na reta final do Enem. Ufa! Separamos algumas estratégias que vão te ajudar a otimizar os estudos nessa reta final e como resultado, irão te ajudar a melhorar seu desempenho!

A Revisão perfeita

Revisar é muito importante, mas isso precisa ser feito com uma certa estratégia porque caso contrário, será uma revisão sem efeitos. Veja os 5 passos para otimizar seus estudos nesse processo:

  • Enumerar todo o conteúdo estudado por disciplina, escrevendo-o em um papel. Pode usar o planejamento do Descomplica.
  • Sublinhar entre esses temas, aqueles que mais caem no Enem. 
  • A partir disso, você terá os conteúdos que já estudou e que mais caem no Enem. 
  • Selecionar os conteúdos que mais caem, e que teve mais dificuldade na resolução de exercícios, para começar a sua revisão.

Assuntos que sempre caem. 

Priorize as prioridades

Ter foco significa dizer muitos nãos. Seguindo as dicas acima, pode ser que você tenha terminado uma lista com muitos conteúdos para revisar. Assim, é necessário desenvolver prioridades. Para isso, lembre-se da Matriz de Eisenhower, um sistema que organiza tarefas a partir da sua urgência.

C:\Users\mvso\Desktop\Organizando-a-agenda-com-a-Matriz-de-Eisenhower.png
  • Urgente e Importante: Correeee, essa precisa ser sua prioridade!
  • Urgente, mas não Importante: Assim que tiver tempo livre.
  • Importante, mas não Urgente: Planeje de forma sábia.

Revisão por exercícios

Então, agora é só começar a estudar pelos resumos e assistir às aulas novamente? Não necessariamente. A melhor forma de você revisar o conteúdo é por exercícios, e não por teoria. 

Então, selecione os exercícios com base no conteúdo que você quer revisar, fazendo uma lista de questões sobre o tema no DEX (plataforma de exercícios do Descomplica). Assim, você vai otimizar os estudos tendo a chance de aprender algum conteúdo novo com uma questão que você não tenha visto, bem como testar o que você aprendeu durante o ano.

Analisando resultados

Quando finalizar a lista de exercícios, confira quais questões acertou e errou. Aproveite essa oportunidade incrível para aprender com seus erros e dúvidas. 

Por exemplo, se você fez uma lista com resolução gravada, você conseguiu resolver aquela questão de Matemática da mesma forma que o professor? Será que é possível resolvê-la mais rápido? E a questão que você errou? Que tal assistir à Resolução Comentada para aprender ou revisar o conteúdo? Essas estratégias servem apenas para somar na sua rotina de estudos. Então, corra e faça muitos exercícios.

A importância de medir sua performance.

Use seus pontos fortes

Você já está estudando há um tempão. Se ainda sente dificuldade em Física, por exemplo, não será na reta final que você resolverá por completo esse problema. Mas, isso não significa que você deve deixar de estudar a matéria.

  • Administre suas dificuldades. Se você tem muita dificuldade em Física, não precisa estudar até ser o próximo Einstein. Melhore dentro do possível.
  • Tenha em mente que não é possível ser ótimo em tudo.
  • Desenvolva ao máximo seus pontos fortes. É aqui que você deve buscar ser um Einstein na matéria que você domina.
  • Use os pontos fortes para superar os pontos fracos.

Aumente o foco em Redação

Já falamos, em diversas aulas, sobre a importância da redação e como a nota dela não é influenciada pela TRI. Saiba mais sobre a TRI aqui.

Nas questões objetivas,  você pode acertar um número de questões um pouco maior que seu amigo e tirar uma nota menor. Para evitar isso, você precisa ter consistência na prova, acertando as fáceis e médias e buscando o maior número de acertos nas questões difíceis. 

A redação não está vinculada à TRI e é por isso que falamos que é a única parte da prova que você pode tirar 1000 dependendo apenas de você.

10 temas que podem cair na Redação

Converta suas emoções

É normal se sentir nervoso nesta altura do campeonato. Mas, esse sentimento pode atrapalhar seu desempenho. Por isso, recategorize suas emoções. Essa é uma estratégia bem interessante. Você pode trocar o nervosismo por excitação. 

Seu corpo irá parar de ver a questão como um problema e passará a ver como um desafio. E isso é ótimo para o seu bem-estar. Você está se sentindo ansioso para a prova? Não! Você está se sentindo animado. Use essa animação para resolver exercícios. A ideia é tentar dar uma leve enganada no seu cérebro e aliviar um pouco a tensão do momento.

Solucione os problemas

Seja mais preocupado em solucionar seus problemas. As vezes, passamos o dia reclamando e impede a nossa evolução. Busque, a partir de uma postura positiva, encontrar a melhor solução, e não a perfeita, para o seu problema. 

Essa postura permite crescer nos momentos desafiadores. Que tal ser mais solucionador do que reclamador? Troque o “não consigo revisar” por “vou revisar essa lista de 10 exercícios”. Use objetivos fáceis de cumprir. 

E não se esqueça de comemorar cada conquista que alcançar. Uma aula que você terminou, um simulado. Todos foram problemas que você solucionou!

Agora você pode otimizar seus estudos com mais clareza! Vai com tudo e conquiste essa aprovação! Até uma próxima dica. 💚