Resumo: Texto Descritivo

Olá, galera!

Vamos falar sobre tipologia textual?

Abaixo irei comentar sobre as principais características, exemplificando, dos textos que têm como base a descrição.

1) Narrar e descrever: procedimentos distintos.

– Enquanto descrever, de um modo geral, é um processo apoiado na existência de um “objeto” sujeito à observação.

– Narrar significa construir um discurso em que se realiza uma história, em que se opera a trama (ou enredo) enquanto encadeamento de episódios e acontecimentos. (este tópico irei trabalhar na próxima semana)

A)descrição implica levantar, destacar, configurar e registrar as características de sensações, reações, sentimentos, coisas, situações, lugares, fenômenos, personagens…

No entanto, pode haver uma variação no grau de objetividade, daí a descrição pode ser objetiva ou subjetiva.

Objetiva: busca-se captar a realidade do objeto descrito.

Subjetiva: representa-se, antes de mais nada, o estado de espírito de quem descreve.

-> Dessa forma, no texto descritivo, tende a predominar:

– As construções nominais.

– O emprego de verbos no pretérito imperfeito.

– Adjetivação com caráter relevante no caráter de caracterização da coisa descrita.

> A título de exemplificação, abaixo segue um poema para que vocês analisem e observem as características que listei acima.

CIDADEZINHA QUALQUER
casas entre bananeiras
mulheres entre laranjeiras
pomar amor cantar.
Um homem vai devagar.
Um cachorro vai devagar.
Um burro vai devagar.
Devagar… as janelas olham.
Eta vida besta, meu Deus

(Carlos Drummond de Andrade)

O vídeo da professora Aline Bello deixa ainda mais bem fechada a ideia de descrição.

youtube

Boa semana de estudos, alunos querido.

Na próxima semana tem mais uma modalidade descomplicada só pra vocês!

Continue estudando
artigo
Post do blog

Os elementos da narrativa ficcional

Olá, pessoal!
artigo
Post do blog

A narração – exercício

Olá!