Nazi-fascismos e o caminho da Segunda Guerra Mundial

O resumo sobre Nazi-fascismo e o caminho da Segunda Guerra Mundial que vai salvar a sua prova da escola ou do vestibular está te esperando bem aqui.

O nazismo e o fascismo surgiram a partir da criação de partidos ultranacionalistas, pregando um Estado forte, totalitário, com o principal objetivo de solucionar crises geradas diante da desorganização, destruição e incertezas surgidas no pós-Primeira Guerra Mundial. Os dois modelos se utilizaram do sentimento revanchista da Primeira Guerra Mundial para criar um clima ostensivo em seu território e se capitalizaram desse clima para conseguir chegar ao poder, governando de forma autoritária. Esses governos criaram grande tensão da Europa, o que posteriormente culminaria na Segunda Guerra Mundial.

Hitler e Mussolini em demostração de apoio mútuo
Hitler e Mussolini em demostração de apoio mútuo
  • Fascismo

O nome Fascismo designa uma forma de governo, um governo autoritário e extremamente nacionalista.  Mais voltado para a direita, o governo fascista teve seu início na Itália e era extremamente hostil a qualquer tipo de governo de esquerda, como socialismo e comunismo. O nacionalismo exacerbado, o militarismo e o etnocentrismo eram três de suas mais marcantes características. Mussolini, italiano, era vinculado ao chamado Partido Nacional Fascista, da Itália, um dos fundadores do Fascismo. Em 1922, na marcha sobre Roma, Mussolini, que não sofreu resistência, foi nomeado primeiro ministro italiano. Dois anos depois, em 1924, se utilizou de manobras políticas para tornar-se único poder na Itália, instaurando uma espécie de ditadura consentida. O duce tinha uma política teoricamente socialista, mas na prática não era bem assim: ele conseguiu um considerável apoio popular e perseguiu fervorosamente o socialismo no país. Nacionalismo, Totalitarismo, Unipartidarismo, Anticomunismo, Antiliberalismo e Corporativismo são algumas das características desse governo.

  • Nazismo

O Nazismo é considerado uma vertente do fascismo. Hitler: nascido na Áustria, ele participou da Primeira Guerra Mundial e foi reconhecido militarmente por sua bravura. Após o fim da guerra se filiou ao Partido dos Trabalhadores Alemães, que viria a se tornar o Partido Nacional Socialista Alemão (ou Partido Nazista, como ficou conhecido). Em 1921 tornou-se líder do partido e posteriormente foi nomeado chanceler, se utilizando do partido para eliminar toda e qualquer oposição a ele. Em 1934, considerado como Führer do Terceiro Reich, estava no controle de toda a Alemanha nazista, mantendo a posição de líder do Partido Nacional Socialista, um partido populista, porém muito racista – ele pregava o arianismo, que dizia que os arianos eram superiores aos outros povos. Nacionalismo, Totalitarismo, Antiliberalismo, Anticomunismo, Militarismo, Racismo, Unipartidarismo e Arianismo eram as principais características do nazismo.

  • Caminhando para a Segunda Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial deixou ainda muitos assuntos mal resolvidos na Europa. O Revanchismo da Alemanha, humilhada pelo Tratado de Versalhes e a falta de representatividade da Itália foram alguns desses assuntos. Esse revanchismo deu margem para que governos totalitários que pregassem a superioridade desses povos fossem aceitos em seus respectivos territórios. Além disso, a crise de 1929, que foi uma crise essencialmente capitalista, desestabilizou a Europa e abalou a confiança no modelo liberal. Paralelo a isso, o socialismo russo se fortalecia e ganhava maior visibilidade. Percebendo essa fragilidade na Europa os governos totalitários perceberam que esse era o momento de tornar suas propostas viáveis, e foi. Foi retomada então a proposta expansionista, que, conforme ultrapassou os limites estabelecidos, como a própria anexação nazista à Áustria e o descumprimento do tratado com Stalin de não mais se expandir, Hitler inicia um dos conflitos mais violentos da história da humanidade.

Exercícios

1. (Enem – MEC) Os regimes totalitários da primeira metade do século XX apoiaram-se fortemente na mobilização da juventude em torno da defesa de ideias grandiosas para o futuro da nação. Nesses projetos, os jovens deveriam entender que só havia uma pessoa digna de ser amada e obedecida, que era o líder. Tais movimentos sociais juvenis contribuíram para a implantação e a sustentação do nazismo na Alemanha, e do fascismo, na Itália, Espanha e Portugal. A atuação desses movimentos juvenis caracterizava-se:

a) pelo sectarismo e pela forma violenta e radical com que enfrentavam os opositores ao regime.

b) pelas propostas de conscientização da população acerca dos seus direitos como cidadãos.

c) pela promoção de um modo de vida saudável, que mostrava os jovens como exemplos a seguir.

d) pelo diálogo, ao organizar debates que opunham jovens idealistas e velhas lideranças conservadoras.

e) pelos métodos políticos populistas e pela organização de comícios multitudinários.

VEJA COMO RESOLVER PASSO A PASSO ESTA QUESTÃO!

2. (FUVEST) A ascensão de Hitler ao poder, no início dos anos trinta, ocorreu:

a) pelas mãos do Exército alemão, que quis desforrar-se das humilhações impostas pelo Tratado de Versalhes;

b) através de uma ação golpista, cuja ponta de lança foram as forças paramilitares do Partido Nazista;

c) em consequência de uma aliança entre os nazistas e os comunistas;

d) a partir de sua convocação pelo presidente Hindenburg para chefiar uma coalizão governamental;

e) através de uma mobilização semelhante à que ocorreu na Itália, com a marcha de Mussolini sobre Roma.

VEJA COMO RESOLVER PASSO A PASSO ESTA QUESTÃO!

3. (UFES) A Guerra Civil Espanhola (1936 – 1939), em que mais de 1 milhão de pessoas perdeu a vida, terminou com a derrota dos republicanos e com a subida ao poder do general Francisco Franco.

O Estado Espanhol, após a vitória de Franco, caracterizou-se como:

a) democrático com tendências capitalistas;

b) democrático com tendências socialistas;

c) populista de esquerda;

d) totalitário de direita;

e) totalitário de esquerda

VEJA COMO RESOLVER PASSO A PASSO ESTA QUESTÃO!

Gabarito

1. A

2. D

3. D

Continue estudando
artigo
Post do blog

Questões Sobre a Segunda Guerra Mundial

Resolver exercícios sobre os temas que podem vir a cair no Enem é uma ótima forma de se preparar para o exame nacional. Por isso, hoje o Descomplica traz questões sobre a Segunda Guerra Mundial. Antes de começar a resolvê-las, leia o resumo A Segunda Guerra Mundial e as Conferências dos Grandes. Logo abaixo os exercícios, há o gabarito e comentários explicando sobre a resposta correta. Confira!
artigo
Post do blog

Questões Comentadas: Primeira Guerra Mundial

Leia o resumo O mundo e a Primeira Guerra Mundial e resolva os exercícios abaixo.