Mapa Mental: Organização do Território e Industrialização Brasileira

Confira esse mapa mental que é quase uma arte sobre Organização do Território e Industrialização Brasileira e fique ainda mais por dentro dessa matéria! <3

Mapa Mental: Organização do Território e Industrialização Brasileira
Mapa Mental: Organização do Território e Industrialização Brasileira

Antes de entender a organização do território brasileiro, é fundamental saber qual a definição de território, que seria qualquer espaço definido e delimitado por e a partir de relações de poder. Entendido esse ponto, podemos avançar e perceber de que forma o território do Brasil foi sendo formado, até chegarmos à configuração atual. Nesse sentido, vamos perceber que os diversos ciclos econômicos foram fundamentais para o processo de ocupação e expansão do território brasileiro.

Os ciclos econômicos e a organização do território

O CICLO DO PAU BRASIL – O território Brasileiro, inicialmente, se restringia a parte sob o domínio português determinada pelo tratado de Tordesilhas. Sendo assim, Portugal fez a divisão em capitanias hereditárias, como forma de ocupar essa nova colônia, tendo como grande destaque nessa fase inicial o ciclo econômico do Pau Brasil, com o intuito de se utilizar do corante vermelho extraído do interior da madeira da árvore. No entanto, esse primeiro ciclo econômico não foi fundamental para a ocupação e organização do território, uma vez que a atividade tinha caráter seminômade e predatório, sem o intuito de fixação no lugar, com a construção de vilas e povoados. Algumas vezes, chegaram a ser construídas feitorias para proteção contra navios inimigos e para armazenar as madeiras até serem transportadas, mas o resultado foi de grande devastação das matas costeiras e nenhum núcleo de povoamento permanente.

Domínio português determinada pelo Tratado de Tordesilhas.
Domínio português determinada pelo Tratado de Tordesilhas.

O CICLO DO AÇÚCAR –  Esse ciclo foi muito importante para a criação dos primeiros povoados, principalmente pela participação da figura dos bandeirantes. A necessidade de mão de obra para trabalhar nas lavouras e no beneficiamento da cana-de-açúcar leva ao surgimento das bandeiras que tinham como principal objetivo capturar índios para servirem de escravos nas plantações e produção do açúcar. A partir dessas expedições, começa o processo de ocupação portuguesa em território espanhol, ultrapassando a linha do Tratado de Tordesilhas. É importante destacar que a ocupação do território brasileiro se deu nas regiões litorâneas, principalmente pela importância que as cidades portuárias tinham na época, sendo a navegação o principal meio de transporte, e por onde se escoava toda a produção de açúcar e por onde chegavam os escravos. Os engenhos e as lavouras de açúcar foram fundamentais para a ocupação do território brasileiro e o açúcar transformou-se no alicerce econômico da colonização portuguesa no Brasil entre os séculos XVI e XVII.

UM RESUMO COMPLETO SOBRE INDUSTRIALIZAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ TE ESPERANDO BEM AQUI.

Não deixe de conferir também os exercícios de vestibular sobre o tema para testar seus conhecimentos. 🙂

Continue estudando
Post do blog

Exercícios Resolvidos: Industrialização Brasileira

Leia o resumo “Organização do território e Industrialização Brasileira” e resolva os exercícios abaixo.
artigo
Post do blog

A industrialização brasileira durante o governo militar

O resumo sobre a Industrialização Brasileira durante os Governos Militares que vai salvar a sua prova da escola ou do vestibular está te esperando bem aqui.
artigo