Quer receber materiais gratuitos e conteúdos exclusivos? 😉

Insira seu e-mail e receba todas as novidades sobre o Enem 2019 em primeira mão

Como fazer a inscrição no Prouni

Passo a passo da inscrição no Prouni

O processo seletivo do Prouni acontece duas vezes ao ano; uma no primeiro semestre e outra no segundo. A inscrição é online, gratuita e todas as instituições que participam do programa devem disponibilizar um espaço com internet para que os candidatos possam efetuá-la!

 

Para fazer parte do processo, você só precisa ir até o site do Prouni dentro do período de inscrições e cadastrar os dados pedidos pelo sistema, como seu CPF, data de nascimento, número de inscrição e senha da última edição do Enem.

 

Depois disso é só escolher, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno, de acordo com as bolsas disponíveis. As notas de corte de cada curso são calculadas a partir do segundo dia de inscrição e durante esse período o candidato poderá monitorar sua colocação e, assim como no Sisu, alterar suas opções de curso se quiser. No fim do prazo, será levada em conta apenas a última escolha feita e os estudantes serão classificados de acordo com as suas notas no Enem.

 

Se você foi pré-selecionado, parabéns! O próximo passo é ir até a instituição de ensino na qual você foi aprovado para confirmar suas informações de inscrição – eles precisam ter certeza de que está tudo certo para que você possa receber o benefício. Além disso, a universidade pode ter uma etapa de processo seletivo próprio, por isso você precisa comparecer para confirmar sua participação. Isso deve ser feito nas datas determinadas pelo MEC, fique atento aos prazos hein!

 

A partir daí é responsabilidade da instituição de ensino registrar sua aprovação ou reprovação no Sistema Informatizado do Prouni (Sisprouni) e emitir os Termos de Concessão de Bolsa ou Termos de Reprovação.

 

É importante checar com bastante atenção as informações disponíveis no site do Prouni! Alguns cursos exigem requisitos extras para a matrícula, por isso, procure saber em qual caso você se encaixa. Todas as informações dadas no momento da inscrição precisarão ser comprovadas para que você tenha direito à bolsa!

Quem pode se inscrever no Prouni?

Para participar do Prouni, você precisa, antes de tudo, ter feito a edição mais recente do Enem, não ter diploma de ensino superior e possuir renda familiar de, no máximo, três salários mínimos por pessoa. Também não vale estar matriculado em alguma instituição de ensino superior! Lembrando que se você fez o Enem, sua nota média deve ser maior que 450 e maior que zero na redação, ok?

 

As bolsas também variam de acordo com o seu perfil socioeconômico: você deve ter renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa para concorrer às bolsas de 100% ou renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa para bolsas de 50%.

 

Você cumpre todos esses requisitos? Então, além disso, deve se encaixar em pelo menos um desses perfis, se liga:

  • Perfil 1: ensino médio completo em escola da rede pública;
  • Perfil 2: ensino médio completo em escola da rede particular com bolsa de 100%;
  • Perfil 3: parte do ensino médio em escola da rede pública, parte em escola da rede particular com bolsa de 100%;
  • Perfil 4: portador de necessidades especiais;
  • Perfil 5: professor contratado de escola da rede pública. Nesse caso, você pode concorrer apenas a vagas em cursos de licenciatura e o critério de renda não é levado em conta!

 

Lista de documentos

Preenchendo todos os requisitos exigidos pelo Prouni, você precisa prová-los, certo? Para isso, existe uma série de documentos que o coordenador do Prouni pode te solicitar.

Fique calmo, você não precisa levar todos os documentos! Se o coordenador do Prouni te pedir o comprovante de algumas das categorias abaixo, você só vai precisar apresentar um dos documentos listados em cada categoria.


Documentos de identificação do candidato e dos membros do seu grupo familiar

  • Carteira de Identidade
  •  Carteira Nacional de Habilitação (novo modelo, no prazo de validade!)
  • Carteira Funcional emitida por repartições públicas ou por órgãos de classe dos profissionais liberais, com fé pública reconhecida por Decreto
  • Identidade Militar
  • Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) (se você for estrangeiro!)
  • Passaporte emitido no Brasil
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

 

Comprovantes de Residência

  • Contas de água, gás, energia elétrica ou telefone (fixo ou móvel)
  • Contrato de aluguel em vigor (com firma do proprietário do imóvel reconhecida em cartório!) junto a um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone
  • Declaração do proprietário do imóvel confirmando a residência (com firma reconhecida em cartório!) junto a um dos comprovantes de conta de água, gás, energia elétrica ou telefone em nome do proprietário do imóvel
  • Declaração anual do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF)
  • Demonstrativo ou comunicado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ou da Receita Federal do Brasil (RFB)
  • Contracheque emitido por órgão público
  • Boleto bancário de mensalidade escolar, de mensalidade de plano de saúde, de condomínio ou de financiamento habitacional
  • Fatura de cartão de crédito
  • Extrato ou demonstrativo bancário de outras contas, corrente ou poupança
  • Extrato ou demonstrativo bancário de empréstimo ou aplicação financeira
  • Extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)
  • Guia ou carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) ou do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA)

 

Comprovantes de Rendimentos

Os comprovantes de rendimentos dizem respeito ao estudante e aos integrantes do seu grupo familiar.

Esses documentos variam de acordo com o tipo de atividade: para cada atividade, há algumas possibilidades de comprovantes de renda e você deve apresentar, no mínimo, um deles! Mas não esqueça, quem decide qual deles será necessário é o coordenador do Prouni.

Os tipos de atividades são:

  • Assalariados
  • Atividade Rural
  • Aposentados e pensionistas
  • Autônomos
  • Profissionais liberais
  • Sócios e dirigentes de empresas
  • Rendimentos de aluguel ou arrendamento de bens móveis e imóveis

 

Comprovante de separação, divórcio ou óbito dos pais

  • Comprovante de separação ou divórcio dos pais ou certidão de óbito (no caso de um deles não constar do grupo familiar do estudante, por essas razões).
  • Se a ausência de um dos pais do estudante não for comprovada por nenhum dos documentos acima, deve ser apresentada uma declaração de duas pessoas que confirmem a situação, a critério do coordenador do Prouni.

 

Comprovante de pagamento de pensão alimentícia

  • Cópia de decisão judicial, acordo homologado judicialmente ou escritura pública determinando o pagamento de pensão alimentícia, caso ela tenha sido abatida da renda bruta de membro do grupo familiar

 

Comprovantes de Ensino Médio

  • Comprovantes dos períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em escola pública, quando for o caso
  • Comprovante de percepção de bolsa de estudos integral durante os períodos letivos referentes ao ensino médio cursados em instituição privada, emitido pela própria instituição, quando for o caso
  • O estudante que tenha cursado o ensino médio no exterior deverá apresentar as vias originais dos documentos citados nos itens acima e suas versões traduzidas para o português, por tradutor juramentado
  • Para a comprovação de conclusão do ensino médio, o estudante poderá apresentar as vias originais de conclusão com base no resultado do Enem, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) ou dos exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino. Neste caso, o estudante não poderá ter cursado, em algum momento, o ensino médio em escola particular, apenas se tiver sido na condição de bolsista 100% da própria escola

 

Comprovante de professor de educação básica

  • Comprovante de efetivo exercício do magistério na educação básica pública integrando o quadro de pessoal permanente da instituição

 

Comprovante de deficiência

  • Laudo médico atestando a espécie e o grau da deficiência

 

Como calcular a renda familiar

Para concorrer à bolsa parcial ou integral é preciso informar (e comprovar!) sua renda. Calculá-la é bem simples: você deve calcular a renda bruta mensal da sua família e dividir o valor obtido pelo número de pessoas que mora junto com você. Assim, você terá o valor da renda per capita!

 

Vale lembrar que você deve considerar como família um grupo formado por uma ou mais pessoas moradoras do mesmo domicílio, o que pode incluir também outras pessoas que contribuam para a renda da sua família ou tenham despesas pagas por ela.

Existe taxa de inscrição no Prouni?

Não, a inscrição no Prouni é grátis, feita online e você não precisa pagar nada.

Fica a dica: todas as instituições participantes do programa devem fornecer um espaço com acesso à internet para quem quiser se inscrever.

Mais sobre enem