• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Quais foram as questões anuladas do Enem 2020?

Não é raro que o Enem cancele uma ou mais questões do exame após elas gerarem debates ou causarem dupla interpretação. No Enem 2020, após a divulgação do gabarito, os estudantes perceberam a anulação de duas perguntas: uma sobre Ciências da Natureza e outra em Matemática.

É importante entender o porquê de as questões do Enem terem sido anuladas e como isso impactará na nota final dos candidatos. Por isso, vale a pena conferir em qual caderno de prova elas estavam e como ficam os resultados após essa mudança no Enem 2020.

Quais foram as questões anuladas no Enem 2020

As provas do Enem têm as mesmas questões para todos os candidatos. O que acontece é que a ordem de aplicação varia de acordo com a cor do caderno de questões. 

As duas questões que foram anuladas no Enem 2020 tratavam da alteração cromossômica no café arábica e de probabilidade em uma brincadeira de amigo secreto.

Elas podem ser encontradas nos seguintes cadernos:

  • Prova amarela: questão 114 em ciências da natureza e 141 em matemática
  • Prova azul: questão 135 em ciências da natureza e 157 em matemática
  • Prova cinza: questão 129 em ciências da natureza e 156 em matemática
  • Prova rosa: questão 94 em ciências da natureza e 143 em matemática

A primeira questão anulada no Enem 2020 é a seguinte:

Primeira questão cancelada do Enem 2020 - Artigo: Quais foram as questões anuladas do Enem 2020?

Segundo professores do Descomplica e especialistas, essa pergunta poderia gerar conflito nas respostas. 

Já a questão de Matemática, abaixo, falava sobre probabilidades em uma brincadeira de amigo secreto. Ela também poderia gerar dupla interpretação e, por isso, foi removida.

Segunda questão cancelada do Enem 2020 - Artigo: Quais foram as questões anuladas do Enem 2020?

Como a anulação das questões impacta o resultado da prova

O método Teoria de Resposta ao Item (TRI) aplicado na correção do Enem não considera o número de acertos do candidato, mas, sim, a coerência do seu desempenho, verificando se ele apenas “chutou” ou realmente acertou as perguntas.

Isso significa que, muitas vezes, dois candidatos podem ter acertado o mesmo número de questões e, ainda assim, terem notas diferentes. Se um aluno acertar as 5 questões mais difíceis, mas errou as mais fáceis, o TRI reconhece isso como um chute e sua pontuação é reduzida.

Por outro lado, um candidato que acertou as mais difíceis e as mais fáceis comprova que realmente estudou e, por isso, tem notas maiores.

A anulação das questões não impacta no resultado dos candidatos, uma vez que a anulação vale para todos e o peso dessas perguntas será o mesmo para os estudantes.

A previsão, segundo o Inep, é de que o resultado do Enem 2020 seja divulgado no dia 29 de março. Cerca de 60 dias depois, os inscritos poderão ver o espelho da redação.

Como a anulação afeta a reaplicação do Enem 2020

Estudantes que foram diagnosticados com Covid-19 ou outra doença infectocontagiosa nos dias de aplicação do Enem e não puderam comparecer à prova tiveram a chance de pedir a reaplicação do Enem 2020.

Quem tiver o pedido aceito, poderá fazer as provas em 23 e 24 de fevereiro, mas a prova não será impactada pela anulação das questões, uma vez que as questões aplicadas serão outras.

Quer saber tudo sobre o Enem e ainda fazer o melhor curso preparatório? Se liga no Descomplica! Temos os melhores conteúdos e programas de aulas online pra te ajudar a arrasar no exame!