• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

A prova do Enem será seriada? Saiba tudo aqui!

Enem seriado? Seriado tipo Netflix? O que é isso, gente?

Você provavelmente se fez essas perguntas quando ficou sabendo do novo Enem seriado, mas relaxa que não tem nada de série de terror, não (ufa). Na verdade, o Enem seriado foi uma mudança anunciada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e faz parte de um pacote de mudanças para 2021.

Ele consiste no seguinte: alunos do Ensino Médio farão uma prova ao final de cada ano e a nota final poderá ser usada em programas como SiSu e ProUni, por exemplo. 

O Enem seriado já começa a valer para estudantes do 1º ano do Ensino Médio a partir de 2021. Se liga como vai funcionar!

O que é o Enem seriado e o que muda para os estudantes

O Enem seriado é a aplicação de provas anuais para avaliar o conteúdo de cada ano do Ensino Médio. Dessa forma, a nota final do Enem corresponderá à média do desempenho do aluno em cada uma dessas três avaliações.

A partir de 2021, a nota do Enem será composta pelas provas do 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio.

Acha complicado? Que nada! Vai facilitar a vida dos alunos!

Hoje em dia, o Enem é composto por uma prova apenas, aplicada ao final do Ensino Médio e com duração de dois dias. Ali, o estudante tem uma única chance de comprovar seus conhecimentos e, se falhar, não tem volta. 

Já com o Enem seriado, as provas anuais abordam conteúdos antes esquecidos pelas provas do Enem e, mais do que isso, avaliam o conhecimento dos alunos sobre mais conteúdos ensinados durante o Ensino Médio. Ele pretende fazer uma avaliação completa do processo de aprendizado do aluno, em vez de considerar apenas o terceiro ano.

Como funcionará o Enem seriado

O Enem seriado funcionará assim: a partir de 2021, alunos do Ensino Médio das redes pública e privada participarão de provas anuais para avaliar seus conhecimentos referentes aos anos em que estão.

Depois, as notas das provas do primeiro, segundo e terceiro ano farão parte da pontuação final, ou seja, a nota do Enem seriado. Com ela, o estudante poderá se inscrever em programas do Governo como o Sisu ou o Prouni.

Ah, mas e o Enem tradicional? Acabou?

Segundo o Inep, o Enem tradicional segue existindo, mesmo com o surgimento do Enem seriado. Dessa forma, o aluno terá a opção de participar de ambos os modelos, tendo ainda mais chances de conquistar um bom desempenho e conseguir uma vaga na faculdade que deseja.

A partir de 2021, o Enem seriado será opcional aos alunos do primeiro ano, porém a intenção é que ele se torne obrigatório aos alunos do Ensino Médio após alguns testes.

Aliás, você sabia que já existem outros tipos de provas seriadas no Brasil? A Universidade de Brasília, por exemplo, tem esse sistema. Os candidatos fazem uma prova ao final de cada ano do Ensino Médio para, então, gerarem uma pontuação final. A Universidade de Pernambuco (UPE), Universidade Federal de Roraima (UFRR) e a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) também fazem isso.

E aí? Curtiu a novidade do Enem seriado? Pode parecer estranho à primeira vista, mas ela vem para ajudar os estudantes! 

Prepare-se para o Enem da melhor forma com o Descomplica. Conheça nossos programas de aulas online e conquiste uma vaga na faculdade dos seus sonhos!