Quer receber materiais gratuitos e conteúdos exclusivos? 😉

Insira seu e-mail e receba todas as novidades sobre o Enem 2017 em primeira mão

Redação: o que não fazer no Enem

Saiba agora que erros você não pode cometer de jeito nenhum na Redação do Enem!

Faltam menos de 2 meses para o Enem e a Redação está deixando muita gente desesperado. Se esse é o seu caso, estamos aqui para te mostrar que não precisa ter medo! Fazer um texto nota mil é questão de treino e muita atenção. 😉

BAIXE AQUI 25 TEMAS QUE PODEM CAIR NA SUA REDAÇÃO DO ENEM

Se você quer arrasar e fazer uma dissertação-argumentativa para banca nenhuma botar defeito, não cometa os erros a seguir! Confira agora o que não fazer na Redação do Enem:

Deixar de interpretar a frase-tema

A frase-tema aparece na proposta de Redação e é aquela que resume o assunto que você deve abordar no seu texto. É essencial que você tire alguns minutinhos para ler, reler e pensar bem sobre o que a frase-tema está te dizendo. A partir dessa reflexão, você pode planejar um texto que tenha um direcionamento tudo a ver com ela.

Ou seja, nada de sair escrevendo assim que bater o olho no tema da Redação, hein! Tenha bastante atenção ao interpretar a frase-tema. Garanta que você entendeu exatamente o que ela está propondo – se a banca julgar que você fugiu ao tema, sua nota pode diminuir bastante ou até ser zerada 🙁

Não apresentar uma tese consistente na Redação

A Redação do Enem é do estilo dissertativo-argumentativo. Um ponto muito importante nesse tipo de texto é a tese e ela deve apresentar um ponto de vista – ou seja, você deve escolher se é a favor ou contra a situação-problema apresentada na proposta de Redação.

Por exemplo: o tema é Armamento Civil. Você deve dizer na tese se concorda ou discorda com o armamento de civis e construir toda sua argumentação em cima disso.

Por isso, é super importante criar uma tese bem embasada e consistente. Seu discurso deve mostrar claramente de qual lado você está e dar espaço para desenvolver sua argumentação e convencer seu leitor ao longo do texto.

Não articular as etapas do texto

A sua Redação no Enem deve ter introdução (com tese!), desenvolvimento e conclusão. As etapas do texto devem conversar entre si, sendo complementares – e não blocos de texto independentes, que não tenham nada a ver uns com os outros.

Isso quer dizer que você deve defender uma única ideia – sua tese! – ao longo do texto, abordando-a de diferentes maneiras de acordo com cada etapa do texto:

  • Na introdução, você vai apresentar sua tese e contextualizar o assunto.
  • No desenvolvimento, apresentar argumentos que comprovem e defendam a tese que você apresentou na introdução.
  • Na conclusão, é hora de fechar os pontos que você levantou durante o texto (que tem tudo a ver com a tese!) e apresentar uma proposta de intervenção para a situação-problema.  

Deixar de usar agentes interventores

Na sua proposta de intervenção não rola só colocar uma sugestão rápida e pronto, viu? É super importante que ela apresente uma explicação embasada e coerente com sua tese e argumentos do que pode ser feito. Além disso, você deve apresentar, no mínimo, um agente interventor para a proposta.

Esse agente interventor pode ser “quem”, “o que” ou “como”. A definição de (pelo menos) um deles é o que vai mostrar para a banca que você pensou na viabilidade da sua proposta de intervenção – ou seja, como funcionaria se fossemos usá-la “no mundo real”.

Por exemplo, se você propôs instalar mais escolas de nível técnico no Brasil inteiro, deve dizer pelo menos:

  • “Quem será o responsável por isso” – o governo? Ou será aberto para iniciativa privada?
  • “O que será feito” – o objetivo da instalação das escolas.
  • “Como será feito” – o dinheiro para a construção sairá de onde?

Argumentar de forma ofensiva e sem embasamento

A argumentação é uma parte essencial da Redação do Enem! Você deve ficar muito atento para justificar todas as informações e dados apresentados e, principalmente, mostrar como tudo isso fortalece sua tese.

No Enem, argumentos sem fundamento, que só emitem sua opinião sem comprová-la, não tem vez. Argumentação baseada em ofensas também irão diminuir sua nota, ok? E lembre-se que ferir os direitos humanos zera a Redação, hein!

Agora que você já sabe tudo que não pode errar de jeito nenhum na Redação do Enem já está pronto para conquistar o seu tão sonhado mil! Fique calmo, tenha muita atenção, leia a proposta com calma e arrasa! 😀