• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Enem 2018: nível de dificuldade do primeiro dia

Tudo certo, guerreirinhos? Hoje (4)  foi o primeiro dia de provas do Enem 2018. Os participantes fizeram 90 questões sobre Linguagens e Ciências Humanas. Além de, claro, também redigir um texto dissertativo argumentativo sobre a “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. Por sinal, quem esperava por esse tema, hein? 👀 Agora, falando sério, sabemos que os nervos estão à flor da pele nesse período pós-prova. 

✨CONFIRA SUAS RESPOSTAS NO GABARITO ENEM 2018✨

Mas como o Descomplica só solta da sua mão na hora da aprovação, resolvemos pedir reforço. Perguntamos para os nossos mestres que fizeram a prova como é que foi este babado. As questões estavam mais difíceis? Teve alguma matéria que nunca tinha caído antes? Pode ficar tranquilo que eles contaram tudo para gente! Vem conferir!

Nível geral da prova

Candidatos conferem seus locais de prova para o Enem 2018. Fonte: Agência Brasil

Resumindo, a prova não trouxe surpresas.  Em comparação à edição do ano passado, o Enem 2018 não teve um caráter conteudista. Muito pelo contrário. Nossos professores afirmaram que o exame mesclou os tipos de enunciados. Houve tanto questões que exigiram um conhecimento mais técnico do candidato – mas nada impossível – quanto aquelas que buscavam avaliar habilidades e competências. Segundo o Renato Pellizzari, professor de História aqui do Descomplica sobre as questões de Humanas: “A avaliação segue a sua tendência que, para mim, sempre foi a mais equilibrada”. 

Linguagens

Sobre Linguagens: os alunos não foram surpreendidos. A prova estava “bem a cara do Enem”. Enunciados longos e vários textos marcaram presença, como de costume. 

Português

Segundo o nosso guru do Guia do Estudo Perfeito, Valladares, os conteúdos também seguiram o padrão dos anos anteriores. Houve duas questões sobre Funções de Linguagem – figurinha carimbada na prova. Patrimônio Linguístico também marcaram presença na avaliação de Português.

Porém, como o próprio Valladares também ressalta, tivemos algumas novidades. Assuntos como Artes e Educação Física apareceram na prova. Não são matérias inéditas, o ponto é que já tinha um tempinho que não marcavam presença. Ainda assim, o nível de dificuldade destas questões específicas não foi nada do comum. Um candidato com boa capacidade de interpretação conseguiu chegar a alternativa correta.

Literatura

Também não vamos esquecer dela: a linda da Literatura. 💜Por incrível que apareça, não tivemos muita cobrança sobre as escolas literárias. O Enem testa, cada vez mais, o entendimento do candidato sobre os textos apresentados. Uma curiosidade é que muitas das questões de interpretação usaram textos não literários, os ditos recortes de jornal e propagandas. Ainda assim, também vimos alguns autores clássicos sendo abordados nas questões. Entre eles: Guimarães Rosa e Graciliano Ramos.

Ciências Humanas

Já sobre a prova de Ciências Humanas: as questões apresentaram um nível semelhante dos anos anteriores. Seguindo a tendência de 2017, o exame apostou nos temas queridinhos. 

História

Uma boa palavra que define a prova de História é o equilíbrio. Como o próprio Pelli havia dito, as questões mesclaram conhecimento técnico com interpretação de texto. Tivemos uma questão sobre a Invasão Holandesa no Nordeste, assunto que não aparecia no exame há muito tempo na prova. Mas este enunciado foi um ponto fora da curva. Em geral, as questões trataram de Abolicionismo, Ditadura Militar e Primeira República. Agora, em 2018, comemora-se os 130 anos da abolição da escravatura do Brasil. Será que a banca vai tratar de efemérides? Fica aí o questionamento! 👀

Filosofia e Sociologia

Em relação à Filosofia e Sociologia, a mãezona Lara falou para você ficar despreocupado. Por mais que o nível de exigência dessas duas matérias tenha aumentado nos últimos anos, no Enem 2018 tivemos uma “freada”. Só chegar no exame e achar que ia resolver tudo na intuição não funcionou dessa vez! Mas também não havia nenhuma questão impossível de ser resolvida.

Em Sociologia, temas conhecidos, como CulturaMovimentos Sociais e Inclusão foram bastante cobrados. Já em Filosofia, certos enunciados exploraram São Tomás de Aquino e Santo Agostinho. Os pensadores do período medieval não davam suas caras no Enem há alguns anos, mas ambos sempre são uma aposta de conteúdo.

Geografia

Apenas Geografia não acompanhou o nível de dificuldade geral do exame. De acordo com o futuro presidente do Brasil, Hansen, as questões exigiram bastante dos candidatos. Principalmente, por conta dos enunciados sobre Geografia Física. Inclusive, a questão mais difícil desta disciplina envolvia duas áreas da Geografia Física – clima e características geológicas. Além disso, outros dois temas que eram quase certeza de cair na prova, como Indústria e Energia, não deram o ar da graça nesta edição.

Redação

Preparados? O tema da vez foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”! A proposta, em geral, foi imprevisível. Mas você pode conferir todas as observações, em detalhes, do nosso time de redação aqui. 😉

Plantão Descomplica: como foi o primeiro dia do Enem 2018?

Beleza! Vamos finalizar o primeiro dia de Enem 2018 com chave de ouro? Providenciamos um Plantão Descomplica edição especial sobre o exame. Nesse episódio, nossos professores deram suas considerações sobre as questões. Essa é para quem não perde nenhum detalhe, hein? Para assistir na íntegra, é só dar play no vídeo a seguir 👇

Agora deu para entender melhor a prova? Esperamos que sim! Caso você queira ficar mais tranquilo, confira seu resultado lá no Gabarito Enem 2018. Lá, dá para encontrar o gabarito completo da prova, além das respostas e comentários dos professores na íntegra!

Muita força, consegrados! A primeira parte do sonho já foi concluída! Agora é ter muito foco nessa semana de revisão de Exatas e Ciências da Natureza para o segundo dia de provas. Estamos aqui para o que você precisar. Vamos juntos? 👊🏿