• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Modernismo: resumo para se dar bem no Enem

Ah, o Modernismo… Essa coisa linda que transformou o contexto artístico e cultural urbano, passando por Literatura, Artes Plásticas, Arquitetura e Música. Esse movimento teve diversas fases e surgiu em um contexto específico. No nosso resumo sobre Modernismo para o Enem, você fica sabendo de tudo!

No Brasil, ele surgiu em 1922, na Semana de Arte Moderna, e se inspirou muito nas novas tendências europeias. Com impacto sobre diversas correntes de pensamento e artes até hoje, o Modernismo é assunto recorrente no Enem.

Quer entender tudo sobre o tema e arrasar no Enem? A gente te ajuda! Se liga no resumo sobre Modernismo e veja nosso mapa mental sensacional pra turbinar os estudos!

Modernismo: resumo sobre como ele surgiu

O pontapé inicial do Modernismo no Brasil foi a Semana de Arte Moderna de 1922, que aconteceu de 11 a 18 de fevereiro. Ela, inclusive, transformou o contexto artístico e cultural urbano, tanto nos aspectos da Literatura, quanto das Artes Plásticas, Arquitetura e Música. 

À época, a Semana de Arte Moderna buscava uma renovação para criar uma arte essencialmente brasileira – mesmo que inspirada nas tendências europeias. E o resultado não podia ter sido melhor: o Modernismo nasceu!

Acontece que, como tudo na vida, o Modernismo passou por algumas dificuldades antes de ser aceito pela galera. Os conservadores paulistas não queriam a Semana de Arte Moderna, pois sentia sua sensibilidade artística afrontada.

Em meio a essa bagunça toda foi que surgiu o Modernismo: um contexto repleto de agitações políticas, sociais, econômicas e culturais. Vanguardas artísticas desprendidas da tradição, das regras e da disciplina. 

Basicamente, o Modernismo deriva da necessidade de transformação sentida pela nova geração intelectual brasileira. Era hora de abandonar antigos valores estéticos e implementar algo totalmente novo.

Conhecer o Modernismo, suas fases e como ele teve impacto no Brasil é algo fundamental se você quiser fazer uma boa prova no Enem! 

Qual era o principal objetivo do Modernismo?

No Brasil, o descontentamento e a necessidade de mudança sobre os quais falamos acima foi muito explorado na área literária, com ênfase na poesia.

Movimentos como o Futurismo, o Cubismo e o Expressionismo começavam a influenciar os artistas brasileiros, com destaque para Oswald de Andrade, 

Guilherme de Almeida e Manuel Bandeira. 

Na pintura, influenciada pelo cubismo, expressionismo e futurismo, destacou-se Anita Malfatti. 

De forma resumida, o Modernismo no Brasil busca romper padrões e promover o novo, inovar, romper com tradições antigas. Mas será que deu certo?

Pré-Modernismo: qual era o contexto à época

O cenário mundial era mais ou menos esse, quando o Modernismo estava prestes a surgir: 

Na Europa, a expansão imperialista, iniciada no século XIX, levou à corrida armamentista e à Primeira Guerra Mundial (1914-1918). Depois, houve um fortalecimento dos movimentos nacionalistas e do fascismo, culminando na Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

No campo científico, Albert Einstein divulgava a sua teoria da relatividade, em 1905. Sigmund Freud discutia o inconsciente e forjava as bases da psicanálise. 

Além disso, as inovações tecnológicas passavam a fazer parte da vida das pessoas, bem como as máquinas. Diante da vida moderna, os artistas sentiram-se inspirados a criar uma “nova arte”, radical e crítica.

No Brasil, a República Velha chegava ao seu fim com os movimentos tenentistas no início da década de 1920. Em 1924, a Coluna Prestes, de viés comunista, liderada por Luís Carlos Prestes, iniciava sua marcha, que durou dois anos, para convocar o povo a revoltar-se contra as elites.

Em 1929, com a quebra da Bolsa de Nova Iorque, a economia brasileira ficou muito prejudicada e, no ano seguinte, quando Getúlio Vargas perdeu as eleições para Júlio Prestes, o presidente Washington Luís foi deposto por um golpe de estado, e Vargas tomou posse até 1945.

Pesado, né? Era coisa pra caramba acontecendo ao mesmo tempo!

Características do Modernismo

De forma geral, o Modernismo reúne as seguintes características:

  • Antiacademicismo
  • Experimentalismo
  • Crítica à tradição
  • Nacionalismo
  • Desconstrução
  • Renovação estética
  • Fragmentação
  • Liberdade formal
  • Liberdade de criação
  • Espírito anárquico
  • Temática sociopolítica

O que foi a primeira fase do Modernismo (1922-1930)

A primeira fase do Modernismo teve o objetivo principal de solidificar o movimento renovador, por meio da divulgação das obras e das ideias modernistas. 

Este período deu origem a obras que tinham o objetivo de colocar fim no complexo de colonizados; criticar nosso passado histórico e acabar com o apego aos valores estrangeiros. Logo, tudo estava relacionado ao nacionalismo.

Um acontecimento muito importante foi a publicação da revista Klaxon, lançada para dar continuidade ao processo de divulgação das ideias modernistas. A partir daí, surgiram quatro movimentos culturais: o Pau-Brasil, o Verde-Amarelismo, a Antropofagia e a Anta.

Neste resumo sobre Modernismo para o Enem, a gente fala sobre cada um deles. Olha só:

Pau-Brasil: defendia a criação de uma poesia primitivista, construída com base na revisão crítica de nosso passado histórico e cultural e na valorização das riquezas e contrastes da realidade e cultura brasileiras.

Antropofagia: baseado nos rituais antropofágicos dos índios brasileiros, em que devoravam seus inimigos para lhes extrair força, Oswald de Andrade propunha a devoração simbólica da cultura do colonizador europeu, sem perder nossa identidade cultural.

Verde-Amarelismo e Anta: defendiam um nacionalismo ufanista, com inclinação para o nazifascismo.

Os principais escritores da primeira fase modernista foram Oswald de Andrade, Mário de Andrade, Manuel Bandeira, Alcântara Machado, Menotti del Picchia, Raul Bopp, Ronald de Carvalho e Guilherme de Almeida.

O que foi a segunda geração modernista (1930-1945)

Este movimento trouxe algumas mudanças e inovações, incorporando:

  • O mundo contemporâneo
  • O sentido existencial
  • Conflito espiritual
  • Sociopolítica
  • Liberdade formal

Os principais autores e obras da segunda fase do Modernismo brasileiro foram Carlos Drummond de Andrade, Vinicius de Moraes, Cecília Meireles, Jorge de Lima (1893-1953) e Murilo Mendes. 

Resumo sobre pós-Modernismo para o Enem 

A terceira geração modernista (ou Pós-Modernismo) engloba as produções literárias realizadas entre 1945 e 1978. De forma resumida, ela pode ser definida assim:

Poesia da geração de 1945

  • Volta do rigor formal
  • Preocupação com a materialidade do texto poético: ritmo e espaço
  • Valorização da construção do poema: racional e planejada
  •  Ampliação do poder de significação da palavra e do texto
  • Temas sociais, morais e políticos

Principais autores e obras da poesia no Pós-Modernismo

  • João Cabral de Melo Neto (1920-1999): Morte e vida severina (1955)
  • Ferreira Gullar (1930-2016): Poema sujo (1976)

Concretismo

  • Experimentalismo
  • Foco no espaço
  • Ruptura radical com a poesia intimista
  •  Aspecto verbivocovisual: semântico, sonoro e visual
  • Multiplicação das possibilidades de leitura

Principais autores e obras do concretismo no Pós-Modernismo

  • Décio Pignatari (1927-2012): Poesia pois é poesia (1977)
  • Haroldo de Campos (1929-2003): Galáxias (1984)
  • Augusto de Campos: Viva vaia (1979)

Prosa da terceira geração modernista ou do pós-modernismo

  • Liberdade e experimentação com a linguagem
  • Não convencionalismo
  • Temática do particular em diálogo com o universal
  • Fluxo de consciência
  • Fragmentação
  • Metalinguagem

Principais autores e obras da prosa no Pós-Modernismo

  • Clarice Lispector (1920-1977): A hora da estrela (1977)
  • João Guimarães Rosa (1908-1967): Grande sertão: veredas (1956)

O Modernismo no Brasil abriu portas para uma série de outros movimentos, sabia? Entender sua importância, principais autores e expoentes é muito importante pra tirar um notão no Enem.

Neste mapa mental sobre Modernismo  para o Enem, apresentamos tudo isso de forma resumida pra você entender tudinho e se preparar com nosso resumo sobre Modernismo para o Enem.

Ah! Tem um vídeo irado também pra você assistir no nosso canal com um resumo sobre o Modernismo feito por Diogo Mendes! 

E não perca as aulas online para o Enem do Descomplica. O melhor curso, com os melhores professores. É sucesso garantido!