• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Como melhorar em redação a partir do seu desempenho no Enem 2017

Os espelhos de redação do Enem 2017 foram divulgados pelo MEC. Nesses espelhos, é possível conferir a versão digitalizada do texto feito pelo candidato. Além disso, o MEC também disponibiliza a chamada vista pedagógica, com a nota de cada competência avaliada (ao todo são 5) e seu respectivo comentário.

SE LIGA NOS 25 TEMAS QUE PODEM CAIR NA REDAÇÃO DO ENEM!

Se você já viu sua nota e mandou muito, parabéns! Mas se não ficou tão satisfeito com seu desempenho, os espelhos são uma ótima oportunidade para aprender com os erros antigos e melhorar a nota neste ano! Então dá uma olhada nas dicas que a gente separou para te ajudar nesse exercício:

1. Faça uma análise da sua vista pedagógica

Leia os comentários deixados na vista pedagógica. Lá, você vai entender em que quesitos perdeu pontos. A vista apresenta cada critério avaliado, com sua respectiva nota, que vai de 0 a 200, junto com um comentário que mostra exatamente onde o candidato deixou a desejar. Leia com calma os comentários da banca avaliadora e releia seu texto, identificando aquilo que foi pontuado. Na hora de escrever seus próximos textos, preste atenção para não reproduzir os mesmos erros.  

2. Entenda as competências avaliadas

A vista pedagógica também é uma boa oportunidade para entender os critérios avaliados pela banca, as chamadas competências. São elas:

  • Competência 1: avalia a adequação à norma culta, ou seja, a ortografia, pontuação e concordância.
  • Competência 2: analisa se o participante entendeu a proposta da redação e escreveu uma redação nos moldes do texto dissertativo argumentativo.
  • Competência 3: é focada na coerência, aqui a banca avalia se participante consegue defender um ponto de vista e articulou ideias que tenham a ver com seu posicionamento.
  • Competência 4: avalia a coesão textual, ou seja, se o aluno conseguiu fazer a ligação entre as partes do texto.
  • Competência 5: é focada na proposta de intervenção que deve ser apresentada na conclusão.

3. Treine seu ponto fraco

Depois de identificar quais foram os critérios que você deixou a desejar e entender bem o que cada uma das competências avalia, é hora de treinar para melhorar o seu desempenho. Ao longo do ano, quando estiver escrevendo as redações, lembre dos critérios que te tiraram pontos e se certifique de que está atento em melhorá-los.

4. Procure espelhos de redação de outros participantes

Além de fazer essa auto avaliação, entendendo em que quesitos você precisa melhorar e onde já tá indo bem, uma boa dica é olhar os espelhos de redações de outros participantes que mandaram bem. Lendo redações bem avaliadas, você pode ter insights para as suas e, o mais importante, ver que não é preciso uma redação impecável para garantir um notão.

Agora que você já tem algumas dicas, é hora de pôr a mão na massa. Esse é o seu ano para conseguir entrar na faculdade que tanto deseja! Estamos em abril e ainda tem muito ano (e estudo) pela frente, vamos juntos?