• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Inscrições no Enem 2017 sobem para 6,7 milhões

Na tarde de ontem (26), o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou em coletiva de imprensa os dados compilados relativos ao ENEM 2017, depois do período de carência em que alguns candidatos puderam solicitar novamente o recurso de isenção da taxa de inscrição. Ao todo, a edição do exame contou com 7.603.291 inscrições, em que 6.731.186  foram confirmadas.

De acordo com o edital deste ano, para solicitar o recursos de isenção de taxa, os candidatos devem se encaixar nos requisitos da  Lei 12.799/2013 ou do Decreto 6.135/2007, referentes à condição socioeconômica de cada um. Dentre as inscrições confirmadas, 1.486.449 (22,1%) foram de concluintes do ensino médio que tiveram direito automático à gratuidade na taxa, enquanto a carência foi concedida para 2.322.026 (34,5%) candidatos por lei e para 923.112 (13,7%) por decreto. Cerca de 2 milhões de inscritos pagaram a Guia de Recolhimento da União (GRU).

Além disso, de acordo com o instituto, 645 pessoas solicitaram ser atendidas pelo nome social ao se inscrever na prova. O prazo estipulado para que os interessados pudessem reivindicar o direito foi entre os dias 29 de maio a 4 de junho e 303 destes pedidos foram deferidos. O recurso é válido para travestis e transexuais desde a edição de 2014, em que 95 pessoas em todo o país fizeram suas inscrições usando o nome social.

O edital lançado abril trouxe várias mudanças para a edição deste ano. A prova será aplicada em dois domingos consecutivos, 5 e 12 de novembro, terá uma versão em LIBRAS para deficientes auditivos e não contará mais como certificação do ensino médio. A função agora ficará ao cargo do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) que será realizado em outubro. O ENEM tá chegando e sua hora de entrar na universidade também! Vamos juntos rumo à aprovação? 😉