• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

O que é Enem digital?

O Enem Digital é a nova modalidade do Exame Nacional do Ensino Médio. Ele começou a ser implementado na edição de 2020 da prova e, agora, chega à segunda edição.

Você ainda fica na dúvida sobre o que é e como ele funciona? Então se liga nas nossas dicas pra saber tudinho sobre a prova, bebê!

  • A versão digital do Enem pode ser feito de casa?
  • Qual é o melhor: Digital ou Impresso?
  • Quais são as vantagens do Digital?

Essas e outras questões fazem parte da listinha de dúvidas de um monte de estudantes, então, vale a pena esclarecer direitinho como funciona a prova, né?

O que é e como funciona o Enem Digital 2021?

O Enem Digital é a versão para computador do Enem. A intenção, segundo o Ministério da Educação, é que a versão digital da prova substitua totalmente o exame tradicional até 2026.

A prova digital pode ser feito a distância? 

Rá! Essa é a questão da galera, que quer fazer o exame de casa, mas, lamentamos dizer, amiguinho, que não rola assim!

Assim como na versão impressa do exame, as provas do Enem Digital são aplicadas nos locais de prova. Elas, inclusive, foram adaptadas neste ano para pessoas com deficiência, permitindo que os candidatos escolham, no ato da inscrição, fazer a prova  superampliada, bem como escolher locais de aplicação com acessibilidade e tempo adicional de prova.

Quando será realizado o exame digital 2021?

As datas de realização do Enem Digital são as mesmas que as do Enem escrito: nos 21 e 28 de novembro, das 13h30 às 19h no primeiro dia, e das 13h30 às 18h30 no segundo.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pelo exame, serão mais de 100 mil vagas para essa modalidade do Enem. 

O cronograma do Enem Digital 2021 é o seguinte:

As inscrições para o Enem versão Digital começaram em 30 de junho, com término em 14 de julho. No site do Inep, os candidatos precisam informar a necessidade de atendimento especializado, caso se aplique.

Para candidatos sem a isenção no valor da taxa de inscrição (R$ 85), o pagamento deve ser realizado até o dia 19 de julho e o pedido de tratamento pelo nome social pode ser feito no período de 19 a 23 de julho. 

O Enem versão digital 2021 será aplicado em dois domingos sequenciais, 21 e 28 de novembro — as mesmas datas da versão impressa do exame.

Quem pode fazer o Enem Digital 2021?

O Enem Digital 2021 é destinado a estudantes que concluem o Ensino Médio em 2021 ou já concluíram em anos anteriores.

Quem optar pela modalidade digital do Enem não poderá se inscrever também na versão do Enem impressa, hein! E, após a conclusão da inscrição, não será possível alterar a opção, então se liga!

Qual é o melhor: digital ou impresso?

Diferentemente da primeira edição digital da prova, agora, as versões impressa e digital do Enem serão iguais, então, para escolher qual é o melhor, é preciso avaliar se você prefere escrever e preencher as informações manualmente ou no computador.

No primeiro dia de prova, 21 de novembro, os candidatos terão de resolver 45 questões objetivas do conteúdo de linguagens, códigos e suas tecnologias, 45 questões de ciências humanas, além da prova de redação.

Em 28 de novembro, são aplicadas as provas de matemática e ciências da natureza e suas tecnologias, também com 45 questões cada.

O Enem será aplicado nos laboratórios dos locais de prova, em computadores monitorados por fiscais. Além da apresentação de documento oficial de identificação com foto do participante, o candidato deve usar máscara de proteção à Covid-19 durante toda a permanência em sala.

Vai fazer o Enem Digital? Prepare-se com quem manja muito do assunto, o Descomplica! Veja nossos planos de aulas online para o Enem.