• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Currículo para Jovem Aprendiz: saiba como montar

Que tal se tornar um Jovem Aprendiz, hein? É comum que jovens aprendizes sejam efetivados pelas empresas depois de formados e construam uma carreira incrível. Mas, para isso, é importante saber como montar um currículo para Jovem Aprendiz.

Um aprendiz é aquele profissional recém-inserido no mercado de trabalho. Geralmente, ele atua em diversos setores dentro da empresa e vai se aperfeiçoando na área escolhida. 

Ele pode realizar tarefas administrativas e aprender com os profissionais mais experientes, então, essa oportunidade precisa ser bem aproveitada!

Como funciona a lei para trabalhar como Jovem Aprendiz

No Brasil, existe a Lei do Aprendiz, aprovada no ano 2000 e regulamentada em 2005. Ela rege os limites de funções, a proteção e todos os outros assuntos sobre os trabalhadores dessa classe.  

A lei diz o seguinte: é considerado aprendiz o trabalhador com idade entre 14 e 24 anos vinculado a um contrato de aprendizagem. 

Além disso, ela prevê que a contratação deste profissional é obrigatória para empresas de médio e grande porte, que precisam destinar de 5% a 15% dos cargos ocupados.   

Quanto à jornada de trabalho dos aprendizes, ela deve ser menor do que a prevista pela CLT. 

Esses profissionais não podem ultrapassar seis horas de carga horária, exceto os que tenham completado o Ensino Fundamental e se, no tempo de trabalho, estiverem inclusas as aulas teóricas.

O contrato de trabalho para jovens aprendizes não pode ser maior do que dois anos de atuação e não pode ser prorrogado em hipótese alguma.  

Em geral, jovens aprendizes atuam nas seguintes funções:

  •  Assistência administrativa;
  • Secretariado;
  • Escritório.

Nesses postos, eles adquirem vivência e conhecimento para definirem qual área pretendem seguir em suas carreiras.

Quero ser um Jovem Aprendiz: como montar um currículo?

As vagas para Jovem Aprendiz, como já dissemos, são obrigatórias nas empresas. Por isso, é provável que você encontre algumas oportunidades bacanas no mercado.

Para montar um bom currículo de Jovem Aprendiz, é importante destacar os seguintes pontos:

  • Suas habilidades, objetivos e características que estejam ligadas ao setor em que deseja atuar;
  • Atividades de voluntariado e extracurriculares;
  • Habilidades como boa comunicação verbal e escrita, atendimento ao público, etc.;
  • Certificações de cursos livres;
  • Idioma e seu nível;
  • Conhecimentos em informática;
  • Experiências no exterior.

O currículo ideal para um Jovem Aprendiz deve ressaltar sua formação acadêmica e as principais competências. Isso porque, em geral, essas pessoas ainda têm pouca experiência profissional. 

Além disso, as informações precisam ser claras e objetivas. Erros de ortografia e de edição são PROIBIDOS neste documento, tá? Revise mil vezes, por favor!

Dicas para montar um currículo para Jovem Aprendiz

Para fazer um bom currículo de Jovem Aprendiz, é importante, antes de mais nada, colocar onde estuda ou onde estudou, e quando iniciou e terminou cada curso.

Além disso, outros pontos são essenciais e não podem faltar. Saca só!

1. Escolaridade

Insira a sua escolaridade de forma correta e atualizada, especificando o nome da sua instituição de ensino, o curso que você faz, o ano ou semestre que está cursando e o total de anos ou semestres do curso.

2. Objetivos

Neste campo, coloque “Jovem Aprendiz” para que os recrutadores te encontrem mais facilmente quando estiverem buscando alguém para essa vaga.

3. Atenção ao português

Preste MUITA atenção aos erros de português. Ninguém quer um aprendiz que escreva mal, com texto cheio de erros de ortografia e gramática. 

Se estiver com dúvidas, espere! Peça ajuda, busque a forma certa de escrever na internet ou fale com um professor antes!

4. Cursos complementares

Coloque informações sobre cursos complementares que você tenha feito. Nome, data e um pequeno resumo são legais. Cursos de idioma, especialização em alguma coisa ou até um cursinho básico de informática valem a pena.

5. Participação em palestras

As palestras que você assistiu também são importantes. Descreva quais foram elas, quando ocorreram e que tipo de conhecimento elas trouxeram para sua vida. Isso ajuda a mostrar que você está disposto a aprender e adquirir conhecimento.

 6. Cursos online

Cursos online são muito importantes hoje em dia. Se você fez cursos a distância sobre administração de tempo ou marketing pessoal, por exemplo, vale colocar no currículo para Jovem Aprendiz.

7. Atividades complementares ou voluntárias

Atividades complementares são muito interessantes para o currículo de um Jovem Aprendiz. Trabalhos voluntários também são muito bem vistos e devem ser destacados. 

Ter histórias pra contar é super importante na hora de criar um currículo para Jovem Aprendiz.

Ah! E se você estiver no processo de preparação para o Enem, que tal contar com o melhor parceiro de estudos da vida? O Descomplica tá nessa pra te ajudar a tirar um notão! Conheça nossos planos de aulas online para o Enem e só vem!