Quer receber materiais gratuitos e conteúdos exclusivos? 😉

Insira seu e-mail e receba todas as novidades sobre o Enem 2020 em primeira mão

Como funciona o cálculo das notas do Enem?

O cálculo das notas do Enem é algo que traz muitas dúvidas aos estudantes, principalmente quando os gabaritos são liberados, não é mesmo? Afinal de contas, nesse exame, cada questão vale determinada quantidade de pontos e é preciso saber disso para fazer seus cálculos.
Como funciona o cálculo das notas do Enem?

Ilustração: stories via freepik

Acha que foi bem no Enem? Mandou bem em uma disciplina e foi mal na outra e precisa conferir o peso de cada uma na nota final? A gente te ajuda a entender como funcionam dos cálculos das notas!

Como é feito o cálculo da nota do Enem

Quem faz o Enem costuma ficar muito ansioso para conhecer seu resultado, né? Se esse for o seu caso, é muito importante entender como funciona a pontuação do exame e saber que apenas o gabarito não permite que você saiba a sua nota.

Sério isso? COMO ASSIM?

Infelizmente, essa é a real. Isso porque a nota do Enem é calculada pela Teoria de Resposta ao Item (TRI). Essa metodologia considera a consistência dos acertos e não a quantidade de itens acertados.

Com a TRI, quanto mais os participantes acertarem uma questão, menor será a pontuação atribuída a ela após o exame. Por isso, aquelas perguntas mais “cabeludas” terão pontuação mais alta para quem as acertar.

Quem, por outro lado, acertar muitas questões consideradas como difíceis, a TRI entende que o estudante chutou demais e, por isso, receberá pontuação menor. Se tiver mais dúvidas, confira nosso artigo completo sobre o TRI.

Por essas e outras variantes, é impossível calcular sua nota do Enem sozinho. Isso porque você não tem como saber quais são as questões mais simples e as consideradas mais difíceis.
E a redação? Também é avaliada dessa forma?

A resposta é não. A redação, ao contrário das questões, não é corrigida utilizando a TRI. Aqui, os textos são corrigidos por dois corretores, que podem dar nota de zero a 200 pontos.

Se houver divergência entre as notas desses especialistas, um terceiro avaliador fica responsável por chegar à nota final.

Como posso saber se fui bem o Enem?

Em geral, a média dos exames do Enem fica perto dos 500 pontos. Essa é a média dos participantes (que não zeraram a redação).

Como não é possível você conhecer sua nota com base apenas no gabarito, é importante você entender quais são as notas maiores e menores. Assim, você já consegue ter uma ideia da sua colocação.

Tendo como base o Enem de 2019, o balanço foi o seguinte:

  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias teve nota menor de 327,9 e maior de 860,9
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias obteve 315,9 de menor e 835,1 como máxima
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias registrou 322 e 801,7 no outro extremo
  • Matemática e suas Tecnologias teve média de 359 como nota menor e 985,5 como maior

Quem deseja entrar em programas como o ProUni, o FIES ou o SiSU precisa ter notas mínimas para concorrer a uma vaga ou receber financiamento.

No caso do ProUni e do FIES, por exemplo, para concorrer às bolsas de estudo e ao financiamento é preciso que a média seja de, pelo menos, 450 pontos. A nota da redação nunca pode ser zero.

Há algumas universidades que estabelecem pesos para cada uma das provas do Enem, variando de acordo com o curso.

Já que não é possível conhecer sua nota do Enem com antecedência, a dica é relaxar. Estudou, se preparou e deu o máximo de si na prova? Agora é hora de relaxar e esperar os resultados!