• Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Trocar contraste

Ciências Econômicas: como estudar para o vestibular

Ciências Econômicas são um assunto bastante enriquecedor e desafiador ao mesmo tempo. Quem gosta de estudar temas como inflação, desemprego e queda de lucro tem grandes chances de se dar bem nessa área e estudar Economia, por exemplo. Por isso, vale a pena saber como estudar para o vestibular de Ciências Econômicas.

É preciso ter bastante afinidade com cálculo, estatística e pensamento lógico para estudar Ciências Econômicas. Além disso, um economista deve entender todo o contexto econômico e político de um país, bem como relações nacionais e internacionais. Em suma: ele deve compreender muitos detalhes.

A seguir, veja o que estudar para o vestibular de Ciências Econômicas.

O que estudar para prestar Ciências Econômicas

O economista precisa entender, como falamos acima, de diversos assuntos relacionados não apenas à economia, mas também ao contexto político do País e seu impacto no mercado.

Quem deseja prestar o vestibular para Ciências Econômicas deve entender que a faculdade englobará pontos como contabilidade geral, análise macroeconômica e finanças de empresas. Por isso, é fundamental entender alguns conceitos relacionados a esses temas.

A graduação de Economia oferece um currículo que vai do micro ao macro. Assim, esse profissional tem uma visão ampla, mas, ao mesmo tempo, específica quando necessário.

Como tem o objetivo de estudar a forma como a sociedade produz, distribui e consome bens, materiais e serviços, a graduação de Economia engloba Ciências Exatas, Humanas e Políticas.

Quando estuda essas matérias, o aluno consegue interpretar as diversas formas do pensamento econômico e sua evolução no Brasil e no mundo. Além disso, é preciso focar em conceitos de Contabilidade, Matemática, Cálculo e Administração Financeira.

Oportunidades para quem estuda Ciências Econômicas

Quem se forma em Economia tem oportunidades tanto no âmbito privado quanto no público. Por isso, esse profissional tem diversas possibilidades, que também pode acompanhar processos de importação e exportação, acordos internacionais entre empresas e fazer auditorias.

O economista está envolvido em ações que necessitam de um olhar preciso e responsável sobre cenários presentes e futuros. Se optar por trabalhar no mercado financeiro, esse profissional orientará o investimento de empresas ou clientes, podendo também trabalhar no levantamento de dados e análise de risco de companhias.

Após conseguir um currículo de destaque, o economista pode entrar na vida pública e até exercer cargos públicos. Isso porque, se tiver uma carreira consolidada, tem um olhar panorâmico da situação financeira de cidades, estados e países.

O curso de Ciências Econômicas aborda, além de Matemática Financeira, Estatística e Econometria. Além disso, traz disciplinas que ensinam a entender as correntes do pensamento econômico e a evolução econômica, social e histórica brasileira e internacional.

O que um economista pode fazer

Alguém que estudou Ciências Econômicas pode atuar em diferentes áreas e negócios. Os principais são:

  • Comércio internacional: planejar e promover negócios entre empresas de diferentes países, estudando mercados e viabilizando operações de importação e exportação;
  • Economia agroindustrial: estudar e planejar transações do agronegócio, analisando a demanda de produtos;
  • Economia ambiental: criar projetos ambientais em indústrias, ONGs e órgãos públicos. Fazer análises de impacto ambiental;
  • Mediação e arbitragem: ajudar a resolver litígios comerciais entre empresas, recorrendo ou não à Justiça;
  • Mercado financeiro: analisar o mercado e indicar os melhores investimentos. Operar na bolsa de valores ou em corretoras;
  • Perícia: consultoria e apuração em operações financeiras para fins judiciais ou extrajudiciais;
  • Pesquisa: levantar a variação de preços, de custos e outras informações para indicadores econômicos;
  • Planejamento estratégico: avaliar as oportunidades e os riscos de mercado de uma organização, orientando aquisições e fusões;
  • Políticas públicas: definir a política econômica de municípios, de estados ou do país.

Que tal se preparar para o vestibular de Ciências Econômicas com o Descomplica? Com nosso curso preparatório online, a faculdade dos seus sonhos fica cada vez mais perto!

👉 Estude para o Enem de graça com o Descomplica! Clique aqui e saiba como!