Quer receber materiais gratuitos e conte√ļdos exclusivos? ūüėČ

Insira seu e-mail e receba todas as novidades sobre o Enem 2018 em primeira m√£o

O financiamento do Fies

Como funciona o financiamento no Fies

Segundo o MEC, existe uma certa porcentagem do valor total do seu curso que √© poss√≠vel financiar. N√£o existe um valor m√≠nimo e nem um valor m√°ximo, j√° que essa porcentagem √© definida de acordo com a renda familiar mensal bruta per capita (que, na real, √© a renda total da sua fam√≠lia dividida pelo n√ļmero de pessoas que moram com voc√™) e pela porcentagem da sua renda que √© comprometida com o pagamento da mensalidade da faculdade.

 

Tem uma fórmula bem louca que explica esse cálculo do percentual de financiamento, dá só uma olhada:

Mas, na prática, o que você precisa saber é:

tabela-financiamento-fies

 

Informa√ß√Ķes importantes:

  • O estudante pode escolher uma porcentagem de financiamento inferior √† disponibilizada!
  • O percentual de financiamento pode ser modificado diante das algumas condi√ß√Ķes. O valor poder√° ser reduzido por meio de uma solicita√ß√£o no per√≠odo de aditamento do contrato. Al√©m disso, o percentual tamb√©m poder√° ser aumentado, por√©m somente o estudante bolsista parcial do ProUni poder√° elevar o percentual de financiamento do FIES quando do aditamento de renova√ß√£o semestral, desde que a bolsa do ProUni seja no mesmo curso e IES onde possui o financiamento estudantil.
  • A taxa de juros do Fies √© de 6,5% ao ano para todos os cursos!

Cursos que podem ser financiados pelo Fies

S√≥ podem ser financiados os cursos de gradua√ß√£o com conceito maior ou igual a tr√™s no Sistema Nacional de Avalia√ß√£o da Educa√ß√£o Superior (SINAES), que sejam, claro, cursos das institui√ß√Ķes de ensino participantes do Fies e tenham vagas dispon√≠veis no Fies Sele√ß√£o.

No portal do SisFies, voc√™ pode descobrir se o curso e institui√ß√£o dos seus sonhos participa do processo. √Č s√≥ seguir os passos:

  • Na op√ß√£o UF (a primeira), escolha o estado
  • Na op√ß√£o Munic√≠pio (a segunda), escolha a cidade
  • Na op√ß√£o Institui√ß√£o (a terceira), voc√™ encontrar√° a lista das universidades dessa regi√£o que aceitam o Fies; procure com calma aquela que voc√™ mais quer!
  • Na op√ß√£o Local de oferta (a quarta), escolha o endere√ßo da institui√ß√£o selecionada ‚Äď algumas delas contam com v√°rios campi, por isso s√£o distribu√≠das em locais diferentes, ok?
  • Clique em pesquisar!

Então, você terá acesso à lista completa dos cursos disponíveis na instituição de sua escolha. Você também pode conferir o turno, tipo de curso (bacharelado ou licenciatura), regime (semestral ou anual) e pode até simular seu financiamento.

Se o seu curso ainda n√£o possui avalia√ß√£o no Sinaes, mas est√° autorizado para funcionamento pelo MEC, tranquilo! Ele tamb√©m poder√° ser financiado pelo programa! ūüôā

 

Não se esqueça: só é permitido se inscrever em apenas um curso e turno para participar do processo seletivo do Fies, ok?

O uso de fiador na contratação do financiamento

Alunos bolsistas parciais do Prouni, alunos matriculados em cursos de licenciatura e alunos que tem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio NÃO precisam apresentar um fiador.

Se nenhum dos casos acima é o seu, para contratar um financiamento é exigido que você tenha um fiador (alguém que assegure que vai cobrir as suas despesas, caso aconteça algum imprevisto e você não possa pagar as mensalidades). Nesse caso, existem dois tipos de fiança: a convencional e a solidária.

Mas fique atento! As pessoas com as características a seguir NÃO podem ser fiadoras:

  • C√īnjuge ou companheiro (a) do estudante;
  • Estudante benefici√°rio do¬†Programa de Cr√©dito Educativo¬†– PEC/CREDUC, salvo no caso de quita√ß√£o total do financiamento;
  • Cidad√£o estrangeiro, exceto cidad√£o portugu√™s que comprovadamente possua a concess√£o dos benef√≠cios do Estatuto da Igualdade, conforme Decreto n¬ļ 3.927, de 10 de setembro de 2001, comprovada por meio da carteira de identidade de estrangeiro emitida pelo Minist√©rio da Justi√ßa;
  • Estudante que possua financiamento vigente concedido no √Ęmbito do Fies.

Contratando o financiamento

Se voc√™ tiver suas informa√ß√Ķes validadas e tudo certinho, pronto! Esse √© o sinal de que voc√™ chegou √† etapa final! Agora, sim, voc√™ poder√° contratar o financiamento. Atualmente, a Caixa Econ√īmica Federal e o Banco do Brasil s√£o os Agentes Financeiros do programa. Nesse momento, voc√™ (e talvez o seu fiador tamb√©m) dever√£o comparecer ao agente financeiro do Fies escolhido no ato da sua inscri√ß√£o no SisFies em at√© 10 dias, que ser√£o contados a partir do terceiro dia √ļtil seguinte √† valida√ß√£o da sua inscri√ß√£o pela Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento (CPSA) do Fies, para formalizar a contrata√ß√£o do financiamento.

 

Não dê mole: o prazo que você tem para validar sua documentação junto à CPSA e para comparecer à instituição bancária parece longo, mas não é. Finais de semana e feriados também entram nessa conta, e o tempo começa a correr desde a conclusão da inscrição no Fies e validação da inscrição na CPSA. Melhor não perder tempo, né?

 

Se voc√™ j√° pagou alguma mensalidade do semestre, relaxa, n√£o tem ca√ī! Ao contratar o financiamento, a sua institui√ß√£o de ensino tem que devolver o dinheiro das mensalidades pagas.

O que é Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA)

Algu√©m tem que ser respons√°vel por validar as informa√ß√Ķes entregues pelos estudantes na hora da¬†inscri√ß√£o¬†no Fies, certo? Pois √©, √© exatamente esse o trabalho da Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento (CPSA). Al√©m disso, essa comiss√£o tamb√©m cuida do processo de¬†aditamento¬†‚Äď que tem mais ou menos a ver com os reajustes aplicados no seu contrato do Fies durante a sua gradua√ß√£o.

Cada instituição de ensino participante do Fies deve ter uma CPSA, formada por cinco membros, sendo duas pessoas representantes da instituição de ensino, duas pessoas para representar a entidade máxima de representação estudantil da instituição e uma pessoa para representar o corpo docente da instituição de ensino.

O que é aditamento

Aditamento pode parecer uma coisa assustadora, mas ele é nada mais nada menos que a renovação do seu financiamento!

Ele deve ser realizado a cada semestre e serve para confirmar algumas informa√ß√Ķes importantes. Voc√™ precisar√° dizer se est√° mesmo matriculado na institui√ß√£o de ensino, quais s√£o os valores das mensalidades cobradas pelo seu curso na institui√ß√£o e qual √© a sua renda fixa para garantir o pagamento.

Aditamento simplificado e aditamento n√£o simplificado

O aditamento simplificado √© quando n√£o h√° nenhuma mudan√ßa nas cl√°usulas contratuais do seu financiamento. J√° o aditamento n√£o simplificado √© o contr√°rio: nele ocorrem altera√ß√Ķes no contrato.

Como solicitar aditamento de renovação semestral

O aditamento de renovação semestral, simplificados e não simplificados, deve ser feito por meio do SisFies, a partir de uma solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) e uma confirmação sua.

 

Assim que a CPSA solicitar o aditamento, você deve seguir esses passos:

  • No site do SisFies, clique na op√ß√£o Aditamento de Contrato
  • O sistema te pedir√° seu login, com n√ļmero do CPF e senha. Se voc√™ n√£o tiver uma senha ainda, v√° para Primeiro Acesso SisFies, aonde voc√™ cadastrar√° uma.
  • Na sua conta do SisFies, escolha a op√ß√£o Comprovante de Aditamento
  • Confira se os dados cadastrados no SisFies est√£o certinhos e a√≠‚Ķ
  • Se estiver tudo ok, confirme a solicita√ß√£o de aditamento em at√© 20 vinte dias e, depois, v√° at√© √† CPSA da sua institui√ß√£o para receber seu Documento de Regularidade de Matr√≠cula (DRM). Ele deve ser assinado pelo presidente ou vice-presidente da Comiss√£o!
  • Se tiver algum erro, cancele a solicita√ß√£o de aditamento e entre rapidinho em contato com a CPSA para que eles possam corrigir seus dados. A√≠, ent√£o, solicite o rein√≠cio do processo de aditamento.

Entendendo os diferentes casos de suspens√£o tempor√°ria do contrato de financiamento estudantil

Primeiro, vamos entender o que é a suspensão temporária. Ela é uma paralisação do financiamento por um período de tempo, mantendo a duração regular do curso, para que sejam realizados cálculos de amortização Рou seja, o valor da dívida Рdo financiamento.

Confira as principais informa√ß√Ķes sobre a suspens√£o tempor√°ria do contrato de financiamento estudantil:

  • O estudante pode solicitar a suspens√£o tempor√°ria do contrato atrav√©s do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), at√© o 15¬ļ (d√©cimo quinto) dia dos meses de janeiro a maio, para o 1¬ļ semestre, e de julho a novembro, para o 2¬ļ semestre. A suspens√£o s√≥ passar√° a ter validade a partir do primeiro dia do m√™s seguinte ao qual o pedido foi feito
  • Caso o estudante queira fazer a suspens√£o tempor√°ria do semestre para o qual n√£o houve renova√ß√£o do financiamento, ele poder√° solicit√°-la em qualquer m√™s do semestre a ser suspenso
  • √Č poss√≠vel suspender o financiamento por at√© 2 (dois) semestres consecutivos
  • A suspens√£o deve ser aprovada pela CPSA, a Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Acompanhamento da institui√ß√£o de ensino ao qual o estudante est√° vinculado
  • Em casos espec√≠ficos, analisados e validados pela CPSA, o estudante pode conseguir a suspens√£o por mais um semestre; se a institui√ß√£o de ensino encerrar as atividades com reconhecimento do MEC, o estudante pode conseguir at√© mais 2 (dois) semestres de suspens√£o.
  • A suspens√£o pode ser solicitada pelo agente operador, caso n√£o aconte√ßa a renova√ß√£o semestral do financiamento durante o prazo estabelecido

Como é que acontece o encerramento do contrato de financiamento estudantil?

Concluiu o seu período de utilização do financiamento? Não precisa solicitar o encerramento do contrato! As fases de carência e amortização (que envolvem o pagamento do que resta da dívida) serão iniciadas automaticamente.

Para quem quer pedir um encerramento antecipado, √© necess√°rio acessar o Sistema Informatizado do Fies (SisFies). O prazo para a solicita√ß√£o ser feita √© at√© o 15¬ļ dia dos meses de janeiro a maio e de julho a novembro de cada ano. Quem optar pelo encerramento antecipado deve escolher uma das op√ß√Ķes abaixo:

  • liquidar o saldo devedor do financiamento no ato da assinatura do Termo de Encerramento
  • permanecer na fase de utiliza√ß√£o do financiamento e cumprir as fases de car√™ncia e amortiza√ß√£o de acordo com as condi√ß√Ķes do contrato
  • antecipar a fase de car√™ncia do financiamento e cumprir a fase de amortiza√ß√£o de acordo com as condi√ß√Ķes do contrato
  • antecipar a fase de amortiza√ß√£o do financiamento e efetuar o pagamento das presta√ß√Ķes de acordo com as condi√ß√Ķes do contrato

Se o contrato for garantido por fiança convencional ou solidária, será necessária a assinatura do fiador no Termo de Encerramento, exceto se o estudante pagar o que falta do valor do financiamento no ato da assinatura do Termo.

Informação importante: quem já utilizou e encerrou o financiamento através do Fies, não poderá solicitar de novo!

Dilatação do prazo de financiamento

Dilatação de prazo de utilização do financiamento é um aumento do prazo do financiamento por até dois semestres consecutivos. Ou seja, se você não terminar a faculdade no prazo, pode solicitar a dilatação para continuar a ter o financiamento.

Esse pedido pode ser feito atrav√©s do¬†Sistema Informatizado do Fies¬†(SisFies). Aten√ß√£o para o prazo: ele s√≥ pode ser feito entre o primeiro dia do √ļltimo m√™s do semestre de encerramento do curso e o √ļltimo dia do primeiro trimestre do semestre de refer√™ncia da dilata√ß√£o. O pedido vai ser validado pela¬†Comiss√£o Permanente de Supervis√£o e Avalia√ß√£o¬†(CPSA) da institui√ß√£o de ensino em at√© 5 (cinco) dias e, depois, o estudante j√° pode fazer a renova√ß√£o do seu contrato de financiamento!

Mais sobre enem

√öltimas novidades

D√ļvidas frequentes

1.
Tenho bolsa de 50% no Prouni. Posso financiar a outra metade pelo Fies?

Sim, isso é possível! Se você tem bolsa de 50% pelo Prouni, também pode se inscrever no FIES (Financiamento Estudantil do Governo Federal) para concorrer ao financiamento da outra metade do valor da mensalidade.

Procure se informar no site do Fies, porque é preciso atender a alguns requisitos e exigências para fazer uso dos dois programa ao mesmo tempo.

2.
O que é renda familiar? Como calcular?

Para concorrer √† bolsa parcial ou integral √© preciso informar (e comprovar!) sua renda. Calcul√°-la √© bem simples: voc√™ deve calcular a renda bruta mensal da sua fam√≠lia e dividir o valor obtido pelo n√ļmero de pessoas que mora junto com voc√™. Assim, voc√™ ter√° o valor da renda per capita.

Vale lembrar que você deve considerar como família um grupo formado por uma ou mais pessoas moradoras do mesmo domicílio, o que pode incluir também outras pessoas que contribuam para a renda da sua família ou tenham despesas pagas por ela.